Raimundos: "Me Lambe" é a única música cuja letra tem um problema, diz Canisso

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda
Enviar Correções  

Existe, há algum tempo, certas discussões a respeito das letras do Raimundos terem "envelhecido mal", devido a expressões e até temáticas específicas não serem mais tão aceitas nos dias de hoje. Há quem diga que canções como "Me Lambe" e "Esporrei na Manivela" incentivam pedofilia e assédio sexual, por exemplo.

Raimundos: Rodolfo e Digão revelam, em live, que fizeram as pazesSeparados no nascimento: Sebastian Bach e Fernanda Lima

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com exceção do ex-vocalista Rodolfo Abrantes, que declara se arrepender das composições, os músicos da banda sempre defenderam as canções criadas no passado. Eles já disseram, em diferentes ocasiões, que as letras serviam como um "teste" para saber até onde ia a democracia do Brasil - até então, relativamente nova, uma década após o fim da ditadura militar.

Raimundos: Japinha, do CPM 22, fala sobre letras polêmicas dos colegasRaimundos
Japinha, do CPM 22, fala sobre letras polêmicas dos colegas

Raimundos: segundo site, Me Lambe apoia e estimula assédio sexualRaimundos
Segundo site, "Me Lambe" apoia e estimula assédio sexual

Porém, na última quinta-feira (11), o baixista Canisso reconheceu, pelo Twitter, que uma das músicas do Raimundos tem um problema: "Me Lambe". Composta por Rodolfo com o guitarrista (e hoje vocalista) Digão e o baterista Fred, a canção apresenta seu interlocutor apaixonado por uma moça mais jovem.

Trechos como "Eu acho que com a sua idade já dá pra brincar de fazer neném" e "Acho que ela viajou que eu era um picolé - me lambe" não geraram tanta controvérsia na época do lançamento. Porém, com o passar dos anos, os debates a respeito dessa canção em especial se intensificaram.

Ao responder um fã que disse que o Raimundos não deveria mudar seu repertório, nem deixar que "a chatice do mundo" os atingisse, Canisso disse: "Algumas são besteiras inofensivas, todo mundo sabe e 'perdoa'. O caso de 'Me Lambe' é diferente. Apesar de ser zoeira, ela toca num ponto bastante complicado. Pessoas se ofendem, não traz nada de bom... o mundo mudou, eu mudei também. F*da-se essa música".

Outra internauta perguntou, então, de onde saiu a inspiração para "Me Lambe". Canisso disse que não foi dele a ideia, já que não participou nem mesmo da gravação - o baixo foi tocado por Bi Ribeiro, d'Os Paralamas do Sucesso. "Bom, minha não foi, nem o baixo eu gravei... Eu sempre achei essa música UM c*, pop demais, tentando ser radiofônica. Foi o começo de tudo de ruim, que culminou na saída do Rodolfo", afirmou.

Em outra mensagem, sem responder a nenhum seguidor, Canisso declarou que o Raimundos nunca quis ofender nenhuma pessoa. "Raimundos é a minha vida, a trilha sonora do meu romance com a Dree, criei meus filhos e os sustento com ela, não sinto nada além de amor e orgulho por essa banda, sempre!!! Falamos merda em algumas letras pra chocar e divertir, NUNCA pra ofender ninguém", disse.

Mais tarde, o assunto voltou a ser abordado por Canisso, após um internauta citar que o álbum "Lapadas do Povo" não teria nenhuma letra problemática, mesmo nos dias de hoje. "A única música que eu acho que tem algum problema, apesar de que na história o protagonista sai preso e algemado, é a bosta de 'Me Lambe'... envelheceu bem mal", comentou o baixista.

Questionado se faria algo diferente com o Raimundos nos dias de hoje, Canisso foi categórico ao responder: "Talvez maneirar na putaria". Ele também revelou: "Fui meio contra desde o início. Sabia que nosso caminho seria mais difícil por causa da censura velada que sempre sofremos".

Assista ao clipe de "Me Lambe":




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Raimundos: Rodolfo e Digão revelam, em live, que fizeram as pazesRaimundos
Rodolfo e Digão revelam, em live, que fizeram as pazes

Raimundos: morre Bessanger Abrantes, parente que inspirou Puteiro Em João PessoaRaimundos
Morre Bessanger Abrantes, parente que inspirou "Puteiro Em João Pessoa"

Raimundos: Canisso adoraria possibilidade de tour ao lado de RodolfoRaimundos
Canisso adoraria possibilidade de tour ao lado de Rodolfo

João Rock: evento online terá CPM 22, Humberto Gessinger, Raimundos e maisJoão Rock
Evento online terá CPM 22, Humberto Gessinger, Raimundos e mais

Raimundos: banda está suspensa após clima piorar com posts de Digão, diz CanissoRaimundos
Banda está "suspensa" após clima piorar com posts de Digão, diz Canisso

Raimundos: Digão faz postagem em suas redes sociais e pede desculpasRaimundos
Digão faz postagem em suas redes sociais e pede desculpas

Digão: ele promete guitarra pra quem provar que ele fez campanha pro BolsonaroDigão
Ele promete guitarra pra quem provar que ele fez campanha pro Bolsonaro

Raimundos: Sou péssimo comentarista político por pegar pesado nas convicçõesRaimundos
"Sou péssimo comentarista político por pegar pesado nas convicções"

Raimundos: Canisso se manifesta sobre opiniões políticas de DigãoRaimundos
Canisso se manifesta sobre opiniões políticas de Digão

Raimundos: Digão responde a críticas e diz que prefere dar ouvidos aos RamonesRaimundos
Digão responde a críticas e diz que prefere dar ouvidos aos Ramones


Raimundos: Digão questiona Joelma após ela usar jaqueta de bandas punkRaimundos
Digão questiona Joelma após ela usar jaqueta de bandas punk

Raimundos: Eu perdoei, mas eu não esqueci, diz DigãoRaimundos
"Eu perdoei, mas eu não esqueci", diz Digão


Separados no nascimento: Sebastian Bach e Fernanda LimaSeparados no nascimento
Sebastian Bach e Fernanda Lima

Milhões: Os eventos com maior público da história da músicaMilhões
Os eventos com maior público da história da música


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor