Resenha - Promised Land - Ferrigno Leal Kuprij

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Rotular de neoclássico um álbum que tem Vitalij Kuprij nos teclados é tão simples quanto possuir o maior arsenal bélico do planeta e brincar de "batalha (leia-se massacre) naval" contra inimigos auto construídos e treinados. Para alguns, sequer precisamos ouvir as músicas para alcançarmos tal classificação, o que de fato é lamentável e, sabemos, acontece muito por aí.

Fotos de Infância: Ozzy OsbourneSlayer: quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanista

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Promised Land" é um trabalho no qual o tecladista desenvolve sim o estilo que sempre o marcou, porém, desta feita, além dos fiéis escudeiros Philip Bynoe e Jon Doman, Kuprij vem acompanhado por dois guitarristas mexicanos, Marco Ferrigno e Javier Leal.

As guitarras aparecem bem com músicos de técnica precisa, adequada. A bateria e o baixo apenas mantêm a tradição e noção geral do que costumamos ouvir nos lançamentos do ucraniano. Contudo, ouvimos nítidas mudanças de objetivo.

O elemento cativante está nas admiráveis variações de efeitos nos teclados. Climas e harmonias fluem visando melodias marcantes, e não apenas um atestado de "shredder" para cada um dos músicos envolvidos. Sem dúvida encontram-se aqui algumas das mais belas e inesquecíveis linhas já compostas por Vitalij. Acessíveis, boas aos ouvidos, não perdendo sustância e intensidade comprovadas no decorrer de sua carreira.

Há também a famosa arte de "debulhar" o instrumento e despejar notas, mas numa demanda que claramente provém dos guitarristas 'estreantes' na ânsia de mostrarem todas as suas habilidades. Mesmo assim, eles souberam se controlar e colaboraram bastante para que "Promised Land" soasse como um disco agradabilíssimo de se ouvir, o qual, com certeza, irá agradar e deixar os fãs de Vitalij Kuprij surpresos.

Site Oficial - http://www.marcoferrigno.com

Line-Up:
Vitalij Kuprij (Teclados)
Marco Ferrigno (Guitarras)
Javier Leal (Guitarras)
Philip Bynoe (Baixo)
Jon Doman (Bateria)

Material cedido por:
Lion Music - http://www.lionmusic.com
Box 19 Godby 22 411
Aland FINLAND
Email: info@lionmusic.com
Fax - 35818 41551



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ferrigno Leal Kuprij"


Fotos de Infância: Ozzy OsbourneFotos de Infância
Ozzy Osbourne

Slayer: quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanistaSlayer
Quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanista


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336