Resenha - Wages Of Sin - Arch Enemy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Após o maravilhoso "Burning Bridges", o Arch Enemy lançou, infelizmente só no Japão, o ao vivo "Burning Japan Live". Agora a banda dos irmãos Chris e Michael Amott lança esse tão esperado Wages Of Sin. Com a entrada da vocalista Angela Gossow (sim!, uma mulher cantando no Arch Enemy) a banda volta com energia redobrada neste excelente lançamento. Para quem achou que Angela não iria segurar a barra, ela é talvez mais agressiva e potente que o vocalista anterior.

Veraneio Vascaína: Uma ácida crítica à polícia brasileiraNinguém é perfeito: os filhos "bastardos" de pais famosos

Como sempre nos discos da banda, encontramos nas 11 faixas um peso absurdo aliado a uma técnica perfeita, mantendo o Arch Enemy como uma das melhores bandas da atualidade dentro do heavy metal. É riff atrás de riff, solo atrás de solo, um trabalho impecável das guitarras, baixo e bateria (uma "cavalice" a bateria desse CD!!!!), além de vocais endiabrados, fazendo uma parede sonora que só o Arch Enemy consegue fazer.

Não diria que a banda é puramente death metal (nem death metal melódico), porque o Arch Enemy é muito mais pesado que as bandas de death melódico (ouçam "Dead Bury Their Dead"), mas também traz muitas melodias e elementos que vão desde o heavy mais tradicional até o trash, com passagens que chegam a lembrar a fase áurea do Slayer.

Todas músicas merecem destaque, mas é impossível não citar a primeira "Enemy Within", "Ravenous" (com um riff maravilhoso), "Savage Messiah" e a porrada "The First Deadly Sin". Grande produção, grandes músicos, grandes composições e mais um disco indispensável na discografia de qualquer pessoa que goste de música pesada. Esperaremos ansiosamente o próximo lançamento.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Arch Enemy"


Revolver Music Awards: Confira quem ganhou as premiaçõesRevolver Music Awards
Confira quem ganhou as premiações

The Agonist: Alissa descreve demissão como pior traição da vidaThe Agonist
Alissa descreve demissão como "pior traição da vida"


Veraneio Vascaína: Uma ácida crítica à polícia brasileiraVeraneio Vascaína
Uma ácida crítica à polícia brasileira

Ninguém é perfeito: os filhos bastardos de pais famososNinguém é perfeito
Os filhos "bastardos" de pais famosos


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

adGooILQ