RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemOzzy Osbourne cancela tour europeia por conta de sua saúde; "Meu corpo ainda está fraco"

imagemA opinião de Slash sobre Dave Mustaine e "Rust In Peace", clássico do Megadeth

imagemOs 4 fatores determinantes que levaram Renato Russo a dependência química

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemMike Portnoy comprou "Piece Of Mind", do Maiden, em excursão escolar

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemRolê aleatório: Geoff Tate e Rhapsody se divertem no aeroporto

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemPara John Lennon, os Beatles poderiam ter acontecido sem George e Ringo

imagemTodos os álbuns do Ghost, do pior para o melhor, em lista do Loudwire

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemEx-guitarrista do Megadeth não liga para Mustaine e diz que está "fazendo dinheiro para ele"

imagemA medida extrema que Dio pensou em tomar por não curtir "Rainbow in the Dark"


Stamp

Resenha - Estreito - Rodox

Por Rafael Carnovale
Postado em 16 de março de 2002

Nota: 6

Um cd polêmico. É a primeira impressão que vem à cabeça quando se ouve o primeiro solo do vocalista Rodolfo Abrantes. Passada a poeira da sua saída do Raimundos, a polêmica de sua conversão ao evangelismo e o quanto isto teria influenciado sua saída, eis que o rapaz apronta seu cd solo, sob o nome de banda RODOX, seu codinome nos últimos cds dos Raimundos. Esquecendo disto tudo, Rodolfo parece querer dar uma continuidade ao trabalho que fazia, mas com diferenças.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A primeira faixa, Olhos abertos, remete diretamente ao Nu Metal de bandas como Korn e Soulfly, sendo bem interessante. Depois entra o Hardcore assumido Não Lembro Mais, que contém influências do som Raimundos.

O disco oscila entre o hardcore explícito (Não Lembro Mais, Ao Lado do Sol, Estreito e Quem dá mais ), aonde notamos influências de bandas como Agnostic Front e o próprio Raimundos da época do Lapadas do Povo, e faixas mais Raimundas, como as punks De uma só Vez e Cego de Jericó. E Rodolfo também dá umas quedas para o Nu Metal, com claras influências de Soufly e Slipknot em Olhos Abertos, Quem dá mais, Três Reis, com guitarras pesadas e ritmo cadenciado, com vocais com efeitos ou rapeados, com pitadas de eletrônica, mas bem de leve.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Seria mais um cd do Raimundos, não fosse pelas letras, que refletem claramente a conversão de Rodolfo, e como isso mudou sua vida. Tal fato é relatado diretamente nas faixas Olhos Abertos, De uma Só vez e Cego de Jericó. Mas todas as faixas do disco têm tal característica, umas de maneira mais direta, outras de maneira mais implícita.

Destaque para a faixa Continuar de Pé, que é diferente de tudo o que Rodolfo já fez, com uma levada de sax interessante, e uma letra sobre superação pessoal (reflexo do que ele passou?), e a balada Quem Tem Coragem Não Finge, que mostra que Rodolfo pode escrever letras muito interessantes numa música mais leve, mais pop.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um cd ruim? Não. Mas Rodolfo poderia fazer melhor, principalmente se escrevesse algo menos ligado ao momento que viveu, algo mais politizado e consciente, como ele mesmo havia declarado. Mas é um bom começo.


Outras resenhas de Estreito - Rodox

Resenha - Estreito - Rodox

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?
Mais matérias de Rafael Carnovale.