[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

Resenha - Estreito - Rodox

Por Rafael Carnovale
Postado em 16 de março de 2002

Nota: 6

Um cd polêmico. É a primeira impressão que vem à cabeça quando se ouve o primeiro solo do vocalista Rodolfo Abrantes. Passada a poeira da sua saída do Raimundos, a polêmica de sua conversão ao evangelismo e o quanto isto teria influenciado sua saída, eis que o rapaz apronta seu cd solo, sob o nome de banda RODOX, seu codinome nos últimos cds dos Raimundos. Esquecendo disto tudo, Rodolfo parece querer dar uma continuidade ao trabalho que fazia, mas com diferenças.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A primeira faixa, Olhos abertos, remete diretamente ao Nu Metal de bandas como Korn e Soulfly, sendo bem interessante. Depois entra o Hardcore assumido Não Lembro Mais, que contém influências do som Raimundos.

O disco oscila entre o hardcore explícito (Não Lembro Mais, Ao Lado do Sol, Estreito e Quem dá mais ), aonde notamos influências de bandas como Agnostic Front e o próprio Raimundos da época do Lapadas do Povo, e faixas mais Raimundas, como as punks De uma só Vez e Cego de Jericó. E Rodolfo também dá umas quedas para o Nu Metal, com claras influências de Soufly e Slipknot em Olhos Abertos, Quem dá mais, Três Reis, com guitarras pesadas e ritmo cadenciado, com vocais com efeitos ou rapeados, com pitadas de eletrônica, mas bem de leve.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Seria mais um cd do Raimundos, não fosse pelas letras, que refletem claramente a conversão de Rodolfo, e como isso mudou sua vida. Tal fato é relatado diretamente nas faixas Olhos Abertos, De uma Só vez e Cego de Jericó. Mas todas as faixas do disco têm tal característica, umas de maneira mais direta, outras de maneira mais implícita.

Destaque para a faixa Continuar de Pé, que é diferente de tudo o que Rodolfo já fez, com uma levada de sax interessante, e uma letra sobre superação pessoal (reflexo do que ele passou?), e a balada Quem Tem Coragem Não Finge, que mostra que Rodolfo pode escrever letras muito interessantes numa música mais leve, mais pop.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um cd ruim? Não. Mas Rodolfo poderia fazer melhor, principalmente se escrevesse algo menos ligado ao momento que viveu, algo mais politizado e consciente, como ele mesmo havia declarado. Mas é um bom começo.


Outras resenhas de Estreito - Rodox

Rodox: A estreia de Rodolfo Abrantes após sair dos Raimundos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Nebro - Vesperaseth

Sepultura: Em plena forma e com mais um disco brilhante

Deep Purple: Who Do We Think We Are é um álbum injustiçado?

Deep Purple: Stormbringer é um álbum injustiçado?

Megadeth: recuperando a fúria que faltava


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?
Mais matérias de Rafael Carnovale.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS