Dúvida: o que é hard rock e o que é heavy metal quando falamos dos anos 1970?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em termos históricos, a grande maioria dos pesquisadores aponta o disco de estreia do Black Sabbath como o marco zero do heavy metal. Lançado em 13 de fevereiro de 1970, uma sexta-feira 13, o álbum merece, com toda justiça, essa reverência.

5000 acessosBlack Sabbath: show causou dor de cabeça ao time do São Paulo5000 acessosAs regras do Power Metal - Parte I

Mas o fato é que já existia rock pesado antes do primeiro LP do Black Sabbath, e, obviamente, continuou existindo depois. No entanto, é extremamente difícil definir o que era metal e o que era hard rock naquela período. Aqui, um adendo: apesar de ter adquirido um significado diferente a partir dos anos 1980, com o surgimento da cena glam californiana de nomes como Mötley Crüe, Poison e outros, o termo 'hard rock' será utilizado nesse texto como definição para o rock pesado produzido nas décadas de 1960 e 1970 por grupos pioneiros como Cream, Jimi Hendrix, Led Zeppelin e outros. Pessoalmente, uso esse significado para o gênero até hoje, e para o pessoal da cena de Los Angeles e derivados prefiro utilizar definições como glam metal e hair metal.

Voltando, quando olhamos para trás e ouvimos os discos lançados pelas bandas que faziam rock pauleira lá na década de 1970, é bastante difícil definir o que poderia ser classificado como hard rock e o que seria heavy metal. Em certos aspectos, é uma definição até mesmo subjetiva em alguns casos. E não que ela precise necessariamente ser feita, mas ajuda a classificar os artistas para quem quer se aprofundar na trajetória e desenvolvimento de ambos os gêneros.

Embora as origens exatas do que viria a se definir como heavy metal sejam difíceis de se definir (o som do guitarrista norte-americano Link Wray lá na década de 1950, citado por diversos músicos como inspiração, seria um desses inícios), é correto afirmar que o gênero deu os primeiros passos para o seu desenvolvimento durante a década de 1960, influenciado por grandes bandas de blues rock e hard rock como Rolling Stones, The Who, Cream, Jimi Hendrix Experience e Led Zeppelin. Ainda que o senso comum aponte o Black Sabbath como a primeira banda a soar totalmente de acordo com o então novo gênero, grupos como Blue Cheer, Uriah Heep, Deep Purple e Grand Funk Railroad apresentavam elementos que fizeram a ligação entre o hard rock e o metal.

Musicalmente, o heavy metal caracterizava-se pelos riffs distorcidos, bateria agressiva e vocais vigorosos, resultando em uma demonstração de força bruta em forma sonora. Liricamente, as letras exploravam temas que contrastavam com os assuntos abordados no rock em geral, falando sobre assuntos sombrios e pesados como drogas, guerras, morte e suicídio. A postura anti-religião também é recorrente, com a figura do demônio transformando-se em um símbolo onipresente e primordial para o gênero, incorporando a mensagem de individualidade e anti-conformidade que o heavy metal construiu ao longo dos anos.

Já o hard rock surgiu na segunda metade dos anos 1960, fruto do rock de garagem e do blues rock. Artistas que exploravam essas sonoridades começaram a soar cada vez mais pesados, levando ao nascimento de um novo gênero musical que tinha como características marcantes as agressivas performances vocais, guitarras cheias de distorção e o uso constante de power chords. Nomes como The Who, Cream, Jimi Hendrix Experience, Vanilla Fudge e Steppenwolf foram pioneiros no estilo e influenciaram profundamente as gerações posteriores.

Apesar de todos esses parágrafos explicativos, concordo que, na prática, as coisas acabam se confundindo e se misturando um pouco. O jornalista Eddie Trunk usou uma boa definição para separar os estilos, classificando como hard rock aquele som que te puxa pra cima e tem um clima mais festeiro, e heavy metal como aquela música mais sombria e agressiva. Um bom começo, mas que acaba não expressando a plenitude tanto do hard quanto do metal.

E essa confusão acaba gerando uma dificuldade muito grande na hora de definir o que é hard rock e que é heavy metal naqueles discos pesadões (e fantásticos) gravados durante os anos 1970. O Loudwire, por exemplo, não coloca o Led Zeppelin como metal por entender que a banda tinha muita influência de blues e spirituals, gênero musical nascido dos cantos religiosos dos escravos vindos da África e que chegaram aos Estados Unidos nos anos 1800.

De modo geral, acho que um dos pontos que ajudam a definir melhor o que é hard rock e o que é heavy metal é o distanciamento do blues. Mesmo o Black Sabbath apresentando elementos do estilo, foi afastando o rock de suas origens bluesy que nomes como Judas Priest e Rainbow moldaram o que seria conhecido como metal. Ao inserir riffs e arranjos de guitarras mais ambiciosos e complexos, inspirados em bandas de hard rock como o Wishbone Ash e o Thin Lizzy, e até de nomes vindos do rock sulista norte-americano como Allman Brothers e Lynyrd Skynyrd, a turma de Rob Halford e Ritchie Blackmore influenciou de maneira profunda tudo que veio depois. O uso de melodias de guitarra, de harmonias construídas através da interação entre dois instrumentistas, foi um fator marcante. Mas como diferenciar essas guitarras gêmeas das que já eram feitas pelos próprios Wishbone Ash e Thin Lizzy, então? Pela agressividade e intensidade do UFO, por exemplo, e pelas melodias mais sombrias e épicas do Priest e do Rainbow, também.

Recentemente, o TeamRock publicou uma lista com os dez discos essenciais do metal setentista elaborada por Malcolm Dome, um dos nomes mais respeitados e conhecidos do jornalismo rock inglês - leia a matéria aqui. Pessoalmente, eu trocaria algumas das escolhas de Dome por outras, assim como você provavelmente fará o mesmo com as minhas escolhas. Pelas razões expostas neste texto até agora, não classifico Deep Purple, Kiss, Van Halen e Scorpions como heavy metal. Pra mim, todas elas são bandas de hard rock. Poderia trocar os discos desses grupos na lista de Dome por trabalhos de nomes como o UFO (a ausência mais sentida na lista, na minha opinião), Sir Lord Baltimore, Budgie, Bang, Riot, Saxon, Samson e outros.

Caso elaborasse uma lista com os discos essenciais do metal setentista, ela seria essa (optei por seguir a metodologia adotada pelo Team Rock, incluindo apenas um título de cada banda):

Black Sabbath - Black Sabbath (1970)
Lucifer's Friend - Lucifer's Friend (1970)
Sir Lord Baltimore - Kingdom Come (1970)
Budgie - Never Turn Your Back on a Friend (1973)
UFO - Phenomenon (1974)
Judas Priest - Sad Wings of Destiny (1976)
Rainbow - Rising (1976)
Rush - 2112 (1976)
Motörhead - Overkill (1979)
Riot - Narita (1979)

Em relação ao hard rock, os discos essenciais lançados durante a década de 1970 seriam esses na minha opinião (também com apenas um título por banda):

Free - Fire and Water (1970)
Mountain - Climbing! (1970)
Led Zeppelin - IV (1971)
The Who - Who's Next (1971)
Deep Purple - Machine Head (1972)
Wishbone Ash - Argus (1972)
Alice Cooper - School's Out (1972)
Captain Beyond - Captain Beyond (1972)
Uriah Heep - Demons and Wizards (1972)
Grand Funk Railroad - We're and American Band (1973)
Kiss - Kiss (1974)
Queen - A Night at the Opera (1975)
Ted Nugent - Ted Nugent (1975)
Aerosmith - Rocks (1976)
Thin Lizzy - Jailbreak (1976)
Van Halen - Van Halen (1978)
Cheap Trick - Heaven Tonight (1978)
Scorpions - Taken by Force (1978)
AC/DC - Highway to Hell (1979)

E para deixar tudo mais completo, acho que vale a pena também citar aqueles que considero os discos essenciais do hard rock dos anos 1960 (também apenas um por banda):

Cream - Disraeli Gears (1967)
Jimi Hendrix Experience - Are You Experienced (1967)
Blue Cheer - Vincebus Eruptum (1968)
Steppenwolf - Steppenwolf (1968)
Jeff Beck - Truth (1968)
Led Zeppelin - Led Zeppelin II (1969)
Grand Funk Railroad - Grand Funk (1969)
The Stooges - The Stooges (1969)
The Who - Tommy (1969)

E pra você, quais são os elementos que diferenciam o que é hard rock e o que é heavy metal quando falamos de discos lançados durante os anos 1970? Nas décadas seguintes a diferença ficou mais clara, mas e lá na névoa setentista, como isso se dava? Conte pra gente e liste os seus discos preferidos do período nos comentários.

Comente: Quais são os elementos que diferenciam o que é hard rock e o que é heavy metal quando falamos de discos lançados durante os anos 1970?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 29 de novembro de 2016


Black SabbathBlack Sabbath
Show causou dor de cabeça ao time do São Paulo

1924 acessosCypress Hill: "Alice in Chains fez igual ao AC/DC e Black Sabbath"1171 acessosLoudwire: em vídeo, dez bandas extintas que o mundo quer de volta48 acessosEm 20/10/1998: Black Sabbath lança o álbum ao-vivo Reunion0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Quando tudo começa bemQuando tudo começa bem
Dez fantásticas canções que abrem álbuns

Zakk WyldeZakk Wylde
Reiterando comentário sobre fase Dio do Sabbath

Black SabbathBlack Sabbath
$60.000 para fazer o Vol. 4 e $75.000 em cocaína

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"0 acessosTodas as matérias sobre "Cream"0 acessosTodas as matérias sobre "Judas Priest"0 acessosTodas as matérias sobre "Aerosmith"0 acessosTodas as matérias sobre "Jimi Hendrix"


HumorHumor
Roupas de seda? Espadas? Você precisa ser épico!

Oh, não!Oh, não!
Clássicos que foram "estragados" pelo tempo

HumorHumor
Quais são os rockstars mais chatos do mundo?

5000 acessosMusas do Metal: as bandas que elas ouvem quando estão em casa5000 acessosGuitarras: as 15 músicas mais complicadas para tocar5000 acessosFree: a paixão de Dave Murray por Paul Kossoff5000 acessosOzzy Osbourne: "Sharon é má e trapaceira", diz ex-baterista5000 acessosBeatles e Floyd: Veja aponta PT como responsável pelas separações5000 acessosKerry King: pensou em abandonar tudo por causa do Limp Bizkit

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online