Salvanor

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Douglas Martineli, Fonte: Salvanor
Enviar correções  |  Ver Acessos

Release Oficial

A banda deu início aos trabalhos no final do ano de 1999 como uma banda cover e permaneceu assim até o ano de 2003 quando deram início às composições e foi escolhido um nome. A palavra "Salvanor" tirada do livro 'do auto da barca do inferno' do escritor Gil Vicente e vem do Dialeto "galego Português" que significa "com todo e devido respeito". As gravações do primeiro trabalho da banda duraram todo o ano de 2003, sendo finalizado e tendo seu lançamento no de ano 2004.

A banda iniciou todo o processo de divulgação em rádios, revistas especializadas e zines, tendo uma boa aceitação no circuito underground nacional, onde conseguiram vários amigos, e ajuda na divulgação. O trabalho teve uma grande aceitação mesmo não contendo uma boa qualidade de gravação.

No ano seguinte a banda é convidada a participar de uma coletânea européia, devido à divulgação do trabalho no exterior.

A coletânea Austríaca "Gladiators of Metal" chega ao Brasil em Set/2005 em sua 7º edição tendo a banda Salvanor contribuído com uma das faixas de seu demo, a faixa "Tears in vain". Tendo sido assim a única banda Brasileira a participar de tal coletânea naquele ano.

Ao mesmo tempo em que é feita a divulgação do Demo, começa a ser iniciado o processo de composição do próximo álbum, já tendo sido criados tema, letras e algumas músicas. No meio do ano de 2005 a banda entra em estúdio novamente para o inicio dos trabalhos de seu primeiro Álbum intitulado "Scars In Soul" contendo dessa vez 09 faixas, sendo 8 faixas inéditas e uma revisão de uma das faixas da Demo, a música "what we do". Neste mais recente trabalho a banda foca suas influencias que vem desde o hard Rock, heavy metal tradicional passando pelo thrash e power metal 80's, dando assim uma identidade ao trabalho.

A banda já não conta com a mesma formação do 1º trabalho, tendo mantido em seus postos somente três músicos de tal formação.

O álbum Scars in Soul contou com a participação de alguns músicos e amigos da banda residentes também na cidade de Araçatuba, o Guitarrista Junior Skalla, os tecladistas Angelo Moreno e Marcelo Santiago e o baixista Fernando Barbosa, já que o baixista atual Luiz Monteiro ainda não havia se juntado a banda.

O trabalho foi lançado no dia 09 de Setembro de 2006 e teve o seu show de lançamento em um teatro de sua Cidade de origem o trabalho da prensagem conteve alguns erros por parte da empresa na qual foi confeccionado as 1º(primeiras) mil cópias do trabalho, contendo alguns erros de digitação em algumas letras e no trabalho gráfico, coisa que só ocorreram nas primeiras mil cópias! Mais não afetando a expectativa do trabalho.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Salvanor"


Metallica: a capa do Death Magnetic lembra uma vagina?Metallica
A capa do "Death Magnetic" lembra uma vagina?

Whiplash.Net: Por que o site republica matérias antigas?Whiplash.Net
Por que o site republica matérias antigas?

Pink Floyd: o maior concerto de rock já produzidoPink Floyd
O maior concerto de rock já produzido

Galeria de fotos: 13 motivos para gostar de Rock N RollGaleria de fotos
13 motivos para gostar de Rock N Roll

Humor: oito razões pra dormir com um bateristaHumor
Oito razões pra dormir com um baterista

Hole: como está hoje a garota da capa do disco de 1994?Hole
Como está hoje a garota da capa do disco de 1994?

Jared Dines: as guitarras mais feias que ele já viuJared Dines
As guitarras mais feias que ele já viu


Sobre Douglas Martineli

Publicitário, "zineiro", redator nas horas vagas, palpiteiro (crítico sem credibilidade), ex-vocalista e apreciador do bom heavy metal brasileiro desde o primeiro contato em meados de 2001, sem restrições de ventertes.

Mais matérias de Douglas Martineli no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336