Produção - Gírias e expressões

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simão
Enviar correções  |  Ver Acessos

Um certo dia, em um festival de bandas, o organizador do evento pergunta para um músico: - Olá, você é quem vai tocar hoje à noite? - Sim - responde o amigo músico. - Trouxe o "Stage Map"? - Trouxemos... Mas já havíamos mandado tudo com antecedência para sua equipe, inclusive o "Rider Técnico" e o "Input List". - "Ok". Vou dar uma olhada; devo ter deixado junto com o "Release" de vocês. - responde o organizador.

Andre Matos: "Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!"Musos do Heavy Metal: Agora é a vez das garotas!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Depois de algum tempo, com todos os músicos no palco acertando os últimos detalhes na passagem de som, um deles pergunta para o Técnico de Som:

- Posso ligar meu teclado no "Direct Ibox"?
- Sem problemas, inclusive o "AC" esta aí do lado.
- Eu queria mais som no "P.A", pode ser? - Pergunta o vocalista.
- Não dá, o volume geral já está saturando, o que posso fazer é dar mais volume no "Side Fill".
- Acho que a microfonia está vindo dos "Over Heads". - diz o baterista.
- Pede para o "Roadie" arrumar a posição do "Mic" e me dê um sinal quando estiver tudo "Ok". - Fala o técnico.

Não se assuste, isso não é aula de inglês nem um novo dialeto. Simplesmente é uma conversa muito comum nos palcos da vida. A influência da língua inglesa está presente em muitas coisas que fazemos hoje em dia.

Na música não é diferente, por isso é importante estar atualizado com a linguagem desenvolvida no meio musical e se adaptar para não ficar "pagando mico".

Não tente inventar um novo vocabulário só para mostrar que você é muito experiente, nem rejeite a linguagem utilizada por achar que fere os princípios dá ética de um Brasileiro patriota. O mais importante é:

APRENDA A SE COMUNICAR E DAR SOLUÇÕES PARA OS PROBLEMAS.

Agora veja alguns termos muito utilizados no cenário musical e seus significados:

A.C - (Corrente Alternada) Ponto de voltagem indicado por 110v ou 220v.
ADAT - Gravador digital da fabrica Alesis (Oito canais) que utiliza fita S-VHF.
ÁUDIO - Tudo que se refere a som captado.
BANANA - Conhecido também como plugue P-10 ou plugue de guitarra.
BANHEIRA - Caixa onde se pluga os cabos de microfones e instrumentos.
BOOM - Pedestal Boom-Jirafa - Pedestal comprido muito usado em novelas.
BRILHO - Gíria. Agudos, freqüências altas.Ex: Mais brilho igual a mais agudo.
CASE - Estojo, rack ou embalagem especial para proteção de equipamentos.
COMPRESSOR - Efeito que comprime o áudio, melhorando o nível de sinal.
DA CAPO - Termo italiano que significa - Do Começo.
DI BOX - (Direct Injection Box) Pequena caixinha que regula a impedância e polaridade do sinal mandado do instrumento direto para a mesa de som.
EAR MONITOR - Sistema de retorno individual parecido com aparelho auditivo.
FADE IN - Aumentar gradativamente o volume.
FADE OUT - Abaixar gradativamente o volume.
FLAT - Ponto inicial da escala dos equipamentos eletrônicos.Zero.
INPUT LIST - Endereçamento de canais de áudio para: microfones, instrumentos, etc.
MIC - Microfone.
MIXER - Significa pequenas mesas de som.
O.V.N.I - Gíria. Coisa ou algo muito sensacional, "de outro mundo".
OVER ALL - Microfone para captação geral de um determinado ambiente ou palco.
OVER HEAD (O.H) - Dois microfones colocados acima dos pratos de bateria.
P.A. - (Public Address) Colunas ou caixas de som viradas para o público.
PELINHO / CABELO - Gíria. Quer dizer - Só um pouquinho!
PRATICÁVEIS - Plataformas fixas que elevam do chão o instrumento ou músico.
RÉGUA DE AC - Gíria. Extensão de energia elétrica com varias tomadas.
RELEASE - Documento com informações, fotos e histórico da banda ou projeto.
RIDER TÉCNICO - Lista de equipamentos utilizados pela banda, ex: mix, mic, efeitos, etc.
ROADIE - Ajudante do músico que monta, desmonta e regula os instrumentos.
RODAR LAMPADA - Gíria. Complicar ou fazer hora. Equivale à gíria "cozinhar o galo".
SIDE FILL - Caixas laterais de palco, sempre denominadas (L) Left e (R) Right.
STAGE MAP - Mapa de palco.
STAGE MONITORS - Caixas de retorno de som utilizadas no palco.
TRIGGER - Dispositivos eletrônicos de contato sensíveis a vibrações.
XLR OU CANON - Conector de três pinos usado em mic.(Canon é uma das marcas).

Ai vai meu conselho:
Preste atenção aos diálogos de técnicos e montadores de palco, converse, seja simpático e lembre-se que antes de começar a balbuciar as primeiras palavras, você teve que ouvir muitos sons estranhos e sem sentido, para depois de um tempo começar a entender os seus significados. Divirta-se. Na próxima edição estaremos montando um Kit-Divulgação, ou seja, Cd Demo, como fazer um Release, como divulgar, etc...

"Se fores inconstante como a água, não chegarás ao alto" - Marden.


Produção

Produção - Apresentação

Produção - Política na Música

Produção - A propaganda é a alma do negócio

Produção - Direção de Shows

Produção - Cuidado com o golpe do registro de bandas

Produção - Escolhendo um estúdio

Todas as matérias sobre "Produção"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Produção"


Andre Matos: Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!Andre Matos
"Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!"

Musos do Heavy Metal: Agora é a vez das garotas!Musos do Heavy Metal
Agora é a vez das garotas!


Sobre Rodrigo Simão

Produtor e Tecladista das bandas Dr Sin e Colony.

Mais matérias de Rodrigo Simão no Whiplash.Net.

adGoo336