25/01/19 - Never Shout Never (Rio de Janeiro - RJ)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gabriel von Borell, Fonte: Queremos!, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

A produtora e plataforma global Queremos!, em parceria com a Heineken, anunciou que o Never Shout Never fará três apresentações no Brasil em Janeiro do ano que vem. O primeiro show acontecerá em Belo Horizonte (25/1), no Music Hall, depois a banda norte-americana segue para São Paulo (26/1), onde se apresentará no Espaço Via Matarazzo, e termina a mini excursão no Rio de Janeiro (27), quando subirá ao palco do Circo Voador.

Queen: "Estaríamos fazendo música se Freddie estivesse vivo, mas não sei de John"

Traduções: Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os shows fazem parte do turnê comemorativa "Throwback Tour", em homenagem aos dez anos de carreira do grupo liderado por Christofer Drew. Nas apresentações, o Never Shout Never passará por todas as fases da banda, que já soma sete álbuns de estúdio.

Os ingressos para os shows no Brasil custam R$ 80 (meia-entrada). Na capital carioca, quem levar um 1kg de alimento não-perecível no dia da apresentação pode adquirir o convite social, que custa o mesmo valor do ingresso de meia.

SERVIÇO:

Queremos! e Heineken apresentão Never Shout Never:

25/01 - Belo Horizonte - Music Hall

26/01 - São Paulo - Espaço Via Matarazzo

27/1 - Rio de Janeiro - Circo Voador




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Queen: Estaríamos fazendo música se Freddie estivesse vivo, mas não sei de JohnQueen
"Estaríamos fazendo música se Freddie estivesse vivo, mas não sei de John"

Traduções: Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismoTraduções
Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismo


Sobre Gabriel von Borell

Gabriel von Borell, nascido em 30/03/85, jornalista. Não vive sem música e também não se apega a rótulos musicais. Acredita que todo preconceito é burro, inclusive o musical. Escuta de tudo um pouco, considerando que um jornalista deve estar aberto pra conhecer e comentar sobre qualquer músico ou banda. Pode ser encontrado no Twitter em @gabrielborell.

Mais matérias de Gabriel von Borell no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL