Tradução - Great Southern Trendkill - Pantera

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Great Southern Trendkill - Pantera

Traduzido por Fernando

  | Comentários:
Imagem

THE GREAT SOUTHERN TRENDKILL

It's wearing on my mind
I'm speaking all my doubts aloud
You rob a dead mans grave
Then flaunt it like you did create

If I hit bottom and everything gone
In the great Mississippi, please drown me and run

It's digging time again
You’re nurturing the weakest trend

Those with the heart and the brain to get past this
Can spot a pathetic without even asking

Fuck your magazine
And fuck the long dead plastic scene
Pierce a new hole, if Hell was "in"
You’d give your soul

(Chorus)
The great southern trendkill
That's right,
The great southern trendkill

Buy it at a store, from MTV to on the floor
You look just like a star
It’s proof you don't know who you are

It's bullshit time again, you'll save the world within!
Your trend

Politically relieved
You’re product sold and well received
The right words spoken gold, if I was God
You’d sell your soul to...

(Chorus)

A GRANDE DESTRUIÇÃO DE MODA DO SUL

Isto está perturbando minha mente
Estou dizendo todas as minhas dúvidas em voz alta
Você rouba o túmulo de um homem morto
E depois o exibe como se você o criou

Se eu chegar ao fundo do poço e tudo se acabar
No grande Mississipi, por favor, me afunde e corra

Isto está cutucando outra vez
Você está nutrindo a tendência da fraqueza

Aqueles que usam o coração e o cérebro para superar isso
Podem distinguir um patético sem ao menos perguntar

Foda-se a sua revista
E foda-se a cena descartável
Fure um buraco novo, se o Inferno estivesse "na moda"
Você entregaria sua alma

(Refrão)
A grande destruição de moda do sul
É isso aí
A grande destruição de moda do sul

Compre em uma loja, da MTV ao chão
Você parece uma estrela
Está provado que você não sabe quem você é

É papo furado novamente, você salvará o mundo interior!
Sua tendência

Politicamente aliviado
Você é um produto vendido e bem aceito
As palavras certas falaram ouro, se eu fosse Deus
Você venderia sua alma para...

(Refrão)

WAR NERVE

Truly, fuck the world
For all it's worth, every inch of Planet Earth
Fuck myself, don't leave me out
But don't get involved, don't corner me
Inside, ulcer, unjust bastards, file out face first
Meet the lies and see what you are

(Pre)
It's forcing you down
And it's grinding against you
Let the war nerve break

(Chorus)
For every fucking second
The pathetic media pisses on me
And judges what I am in one paragraph –
Look here - Fuck you all

Expect the worse, you bleeding heart
But kill me first
Before it starts, yes my cock is getting hard
We are born different after all
Invite mayhem produce weapons
Shoot out, burn down
No CNN or media now

(Pre)
(Chorus)

All the money in the fucking world
Couldn’t buy me
One second of trust or one ounce of faith
In anything you're about
Fuck you all

Nothing is worth the sleep that I've lost
Apologies unacceptable now
A blistered revenge waits in me
This is fucking loveless
Hate
Hate mail is not read, in jail instead
Hate
The Lord knows, there's worse
Ignore, this curse
Hate

GUERRA DE NERVOS

Sinceramente, foda-se o mundo
Para tudo existe um preço, cada pedaço do Planeta Terra
Foda-se eu mesmo, não me exclua
Mas não se complique, não me encurrale
Por dentro, úlcera, bastardos injustos, saia da fila primeiro
Veja as mentiras e veja o que você é

(Pré)
Isto está te forçando a se rebaixar
E está detonando contra você
Deixe a guerra de nervos estourar

(Refrão)
Durante cada segundo
A mídia patética mija em mim
E julga o que eu sou num único parágrafo –
Olhem aqui - fodam-se todos vocês

Espere o pior, vocês de bom coração
Mas me matem primeiro
Antes que comece, sim meu pau está ficando duro
Nós nascemos diferentes afinal de contas
Peça pela mutilação, produza armas
Ao ataque, incendeie
Nenhuma CNN ou a mídia agora

(Pré)
(Refrão)

Todo o dinheiro do mundo
Não pode me comprar
Um segundo de confiança ou um pouco de fé
Em qualquer coisa que você esteja
Fodam-se todos vocês

Nada é o preço do sono que eu perdi
Desculpas inaceitáveis agora
Uma vingança empolada aguarda em mim
Isso é sem amor
Ódio
Correspondência do ódio não é lida, na prisão em vez disso
Ódio
Deus sabe, existe coisa pior
Ignore, esta maldição
Ódio

DRAG THE WATERS

A smack on the wrists
Is the word from the mouth of the outsiders
Lawyers, police
A small price to pay for the dope and the guns
And the rape, it should all be O.K.
Your father is rich, he's the judge, he's the man
He’s the God that got your sentence reduced
But in the back of his mind, he well knows what
He’d find if he looked a little deeper in you - in you

(Chorus)
Drag the waters some more
Like never before

(Chorus)

Sweet is the slice and the lips
You're gonna have that woman
She is your favorite lay
Promised you (swore) that no one had been there
And she was going to keep it that way
Let it move in, you got thin, and got high
And your money went and so did your friends
But she's by your side
And her smile cannot hide
The premonition of the beckoning end - the end

(Chorus)

In with it, out with it

PUXE AS ÁGUAS

Um beijo nos pulsos
São as palavras vindas da boca de estranhos
Advogados, policiais
Um preço baixo para pagar as drogas e as armas
E o estupro, tudo isso deveria ser permitido
Seu pai é rico, ele é o juiz, ele é o cara
Ele é o Deus que reduziu sua sentença
Mas atrás da mente dele, ele bem sabe o que
Ele encontraria se olhasse um pouco mais em você

(Refrão)
Puxe as águas um pouco mais
Como nunca antes

(Refrão)

Doce é a fatia e os lábios
Você terá aquela mulher
Ela é a sua ‘trepada’ favorita
Te prometeu (jurou) que ninguém havia transado com ela
E ela iria manter as coisas como estavam
Deixe que entrem, você tem pouca coisa, e está doidão
E o seu dinheiro acabou e então ela foi com seus amigos
Mas ela está ao seu lado
E e o sorriso dela não consegue esconder
A premonição que acena para o fim - o fim

(Refrão)

Dentro disto, fora disto

10'S

My skin is cold
Transfusion with somebody morose and old
Drop into fruitless dying
It was tempting and bared
The whoring angel rising
Now burning prayers
My silent time of losing

(Chorus)
My foes - they can't destroy my body
Colliding slowly, like life itself

Long for the blur, we cannot dry much longer
Cement to dirt, disgusted with my cheapness

(Chorus)
(Chorus)

Reaching down
Staring up (at the forgiver)

10'S

Minha pele está fria
Transfusão com alguém moroso e velho
A beira da morte, agonizando
Era tentador e simples
O anjo prostituta se levantando
Agora orações ardentes
Minha vez silenciosa de perder

(Refrão)
Meus inimigos - eles não podem destruir meu corpo
Colidindo lentamente, como a própria vida

Ansioso pela obscuridade, não podemos continuar secando
Cimentar a sujeira, repugnada com minha mediocridade

(Refrão)
(Refrão)

Esticando a mão para baixo
Olhando para cima (para aquele que perdoa)

13 STEPS TO NOWHERE

Whores
Your windows boarded up
Your private lives exposed
The talk shows pump it up
Lab rats diseased for show
We're doomed to use the slang
Outbreak of drug roulette
A church burned to the ground
Not even noticed yet

13 Steps (To Nowhere)

Whores

A backwards swastika
The black skin riddled in lead
A Nazi Gangster Jew, it beats a dog that's dead
It's in to use the slang, outbreak of gun roulette
The cross slants to the side
Will prove the damnedest yet

13 Steps - Leads to nowhere

The backlash dislocates, an untimely rein!
Grin of death
The wolf poked with the stick
Awaits with cancerous breath
(Leads to nowhere)

Outsiders still suppose
There are Holy streets to roam
The truth should not surprise
Your homes were built on lies

13 PASSOS PARA LUGAR ALGUM

Prostitutas
Suas janelas as hospedam
Suas vidas privadas se expõem
A conversa aumenta
Ratos de laboratório doentes pelo show
Nós somos julgados por usar a gíria
Explosão da roleta da droga
Uma igreja desabou em chamas
Sequer ainda notaram

13 passos (Para Lugar Algum)

Prostitutas

Uma suástica* para trás
A pele negra despedaçada em chumbo
Um Gângster Nazista Judeu, bate em cachorro morto
Está na moda usar a gíria, explosão da roleta da arma
A cruz inclina para o lado
Irá provar desde já o maldito

13 passos – não conduzem a lugar algum

O retrocesso se desloca, um reino fora de hora!
Sorriso da morte
O lobo cutucou com a vara
Esperando com uma respiração cancerosa
(Não conduz a lugar algum)

Os estranhos ainda supõem que
Existam ruas Santas para vagar
A verdade não deve surpreender
Suas casas foram construídas na mentiras

* suástica = uma cruz em forma de gama, uma figura geométrica usada como símbolo ou ornamento.

SUICIDE NOTE PT. 1

Cheap cocaine, a dry inhale
The pills that kill and take the pain away
Diet of life, shelter without, the face that cannot
See inside yours and mine

(Pre)
When I'm hiding, when I need it
It lets me breathe, for our handle on this life
I don't believe this time

(Chorus)
Would you look at me now?
Can you tell I'm a man?
With these scars on my wrists
To prove I'll try again
Try to die again, try to live through this night
Try to die again...

Forever fooling, free and using
Sliding down the slide that breaks a will
Mother’s angel, getting smarter
How smart are you to regress unfulfilled?
It's a damn shame, but who's to blame?

(Pre)
(Chorus)

NOTA DE SUICÍDIO PARTE I

Cocaína barata, uma cheirada no pó
As pílulas que matam e levam a dor embora
Dieta da vida, sem proteção, a face que não consegue
Nos ver por dentro

(Pré)
Quando me escondo, quando preciso dela
Ela me deixa respirar, nossa manivela nesta vida
Desta vez eu não acredito

(Refrão)
Você olharia para mim agora?
Você pode dizer que eu sou um homem?
Com estas cicatrizes em meus pulsos
Para provar eu irei tentar novamente
Tentar morrer novamente, tentar viver por esta noite
Tentar morrer novamente.....

Para sempre cometendo besteiras, livre e usado
Deslizando pelo declive que rompe um destino
Mãe é um anjo, ficando mais esperto
Que tipo de esperto é você que regressa não realizado?
É vergonhoso, mas quem é o culpado?

(Por)
(Refrão)

SUICIDE NOTE PT. II

Out of my mind, gun up to the mouth
No pretension, execution, live and learn
Rape and turn
Fret not family or prejudged army
This is for me, and me only, cowards only
Try it

(Chorus)
Don't you try to die?
Like me
It's livid and it's lies and makes graves

It's not worth the time to try
To replenish a rotting life
I'll end the problem, facing nothing
Fuck you off, fuck you all
Tortured history, addict of misery, this exposes me
For weakness is a magnet - watch me do it

(Chorus)

Graves descending down
Why would you help anyone who doesn't want it?
Doesn’t need it, doesn't want your shit advice
When a mind's made up to go ahead and die?
What's done is done and gone, so why cry?

(Chorus)

NOTA DE SUICÍDIO PARTE II

Doidão, armado até os dentes
Sem pretensão, execução, vivendo e aprendendo
Estuprar e voltar
Não aborrecer a família, nem prejulgar o exército
Isso é para mim, e somente eu, só os covardes
Tentam isto

(Refrão)
Você não tenta morrer?
Como eu
Está pálido e jaz, preparando o túmulo

Não vale o suor
Tentar reabastecer uma vida podre
Irei solucionar o problema, não enfrentando nada
Sumam daqui, fodam-se todos vocês
História torturada, viciada em miséria, isso me expõe
Para a fraqueza (isso) é um imã - me observe fazer isto

(Refrão)

Descendo ao túmulo
Por que você ajudaria qualquer um que não quer isto?
Que não precisa disto, não quer o seu conselho de merda
Quando uma mente está decidida a ir em frente e morrer?
O que passou, passou... então por que chorar?

(Refrão)

LIVING THROUGH ME (HELLS' WRATH)

I cannot take the take
Your condition was nod awake
A selfish cryer, boldface liar
Robbing all of what you could take in
Stabbed towards a death, a dirty smelling girl
Shit decisions, no provisions
Filling veins with juice of chaos

(Chorus)
Painted face, olive drab
Swollen hole, empty bag
Sunken eyes, whining dog
It's times like this you should pray for never
I broke your fucking mold!
Then threw away the cast
New religion and new provisions
It’s amazing, you're alive

Drop the needle
And stop what you're changing into
Erase the end dissolving, disgrace is needed more

So I mended severed ties
Through flesh we cauterized
The undeserving, sliming, writhing
I filled you up with watered promise

(Chorus)(2nd half)
Spitting teeth, oral lust, alley fuck
Angel dust, anal whore, bleeding knees
It's times like this to pray for murder

(Chorus #2)
So now I've seen it all, Hells' wrath, no
Man has greater glory
Cause now you're living through me

So I'm done with saving you
A gift unto myself, a tired savior
A wasted favor, and I'm lucky I'm alive

VIVENDO ATRAVÉS DE MIM (IRA INFERNAL)

Eu não posso agüentar a parada
Sua condição era mostrar que estava acordado
Um chorão egoísta, mentiroso descarado
Roubando tudo o que é possível roubar
Apunhalado à morte, uma garota fedendo
Decisões de merda, nenhuma providência
Veias se enchendo com suco do caos

(Refrão)
Cara pintada, cor de oliva
Buraco cheio, saco vazio
Olhos afundados, cão chorão
São tempos como este que você deveria rezar por nada
Eu quebrei a porra do seu molde!
E depois o joguei fora
Nova religião e novas provisões
É incrível, você está vivo

Solte a agulha
E pare com o que você está mudando
Apague o fim dissolvente, precisa-se de mais desgraças

Então eu costurei laços cortados
Através da carne nós cauterizamos
O desmerecedor, enlameado, entortado
Eu te enchi de promessas molhadas

(Refrão) (2º do meio)
Dentes que cospem, sexo oral, rua estreita
Pó de anjo*, prostituta anal, joelhos que sangram
São tempos assim como este para rezar por assassinatos

(Refrão #2)
Agora que vi tudo isso, ira infernal, não
O homem tem a maior glória
Pois agora você está vivendo através de mim

Por isso estou acabado por estar te salvando
Um presente para mim, um salvador cansado
Um favor desperdiçado, e eu tenho sorte, estou vivo

* Pó de anjo = apelido para uma droga, tomada em forma de pó, que causa efeitos alucinógenos.

FLOODS

A dead issue, don't wrestle with it
Deaf ears are sleeping
A guilty bliss, so inviting
(Let me in) nailed to the cross

I feel you, relate to you, accuse you
Wash away us all, take us with the floods
Then throughout the night
They were raped and executed
Cold-hearted world
Your language unheard
Of the vast sound of tuning out
The rash of negativity is seen one sidedly
Burn away the day

The nervous, the drifting, the heaving
Wash away us all, take us with the floods
Then throughout the day
Mankind played with grenades
Cold-hearted world
And at night they might bait the pentagram
Extinguishing the sun
Wash away man, take him with the floods

INUNDAÇÕES

Um assunto morto, não teime
Orelhas surdas estão dormindo
A felicidade culpada, tão sedutora
(me deixe entrar), pregado à cruz

Eu sinto você, me refiro a você, te acuso
Nos lave na roupa suja, nos leve com as inundações
Então durante a noite toda
Eles foram estuprados e executados
Mundo cruel
Sua linguagem sem um som
Do vasto som da afinação
A erupção cutânea da negatividade é vista de um lado
Queime o dia

O nervoso, o flutuante, o esforçado
Nos lave na roupa suja, nos leve com as inundações
Então durante o dia todo
A humanidade brinca com granadas
Mundo cruel
E à noite eles poderiam iscar o pentagrama
Extinguindo o sol
Lave o homem, leve-o embora com as inundações

(REPRISE) SANDBLASTED SKIN

Scrape it, grind it, peel it, hide it
The trend is over and gone forever
Shelf it, box it, save it, frame it
You won't need that anymore
It’s on sale at the dollar store
Waste of time, pantomime, circus doll
At the local mall

Exterminate, it's all fake
Exterminate, it's all fake

Sandblast yourself
Sandblast yourself
If

Sandblast
Sandblast

It's getting old, old, old

(REPRISE) JACTO DE AREIA NA PELE

Raspe-a, triture-a, descasque-a, esconda-a
A moda acabou e se foi para sempre
Na prateleira, na caixa, guarde-a, fabrique-a
Você não precisará mais dela
Ela está á venda nas lojas
Perda de tempo, mímica, boneca de circo
No shopping local

Extermine, é tudo uma farsa!
Extermine, é tudo uma farsa!

Jacto de areia em você mesmo
Jacto de areia em você mesmo
Se

Jacto de areia
Jacto de areia

Ela está ficando velha, velha, velha

THE UNDERGROUND IN AMERICA

Put in position to wage teenage mayhem
A common affair for the one who are juiced
If it is weakness that grants us the power
We thrive on what's stronger
Than most of the world

Glass breaks the dimming lights
Sweat heat and profane debate
The smart ones stay on the outside
While drunken heads and arms erupt
Centered man swings a punch
Spits a tooth, postures odd a punk rock escapade
Five bucks a head to be king dick in the crowd

We are the ones who must sport the position
Cheap beer trendy clicks
Lesbian love is accepted and right
Shaved heads meet hair in the mix
Blending the 80's and 90's with hate

Shows on dates canceled kicked out
For reasons that seem!
So unfair skin crusts against the cops
A foregone conclusion that's tired and beat
Ringworm, crabs and lice
V.D. ecstasy speed and horse
A heaven of unmatched importance
An honor of sex to be stuck by the punk
Rich homes with money and food
Abandoned for the bums on the street
A lifestyle that's unexplainable
Don’t try and save what is all meant to be

If it is free from (a) family that's seen
You can just keep it
If you must beg it's better instead
You must follow the etiquette
You know when it rains
You’re in your bed at home
You act so real when you are alone
You better not let the mohawked* crowd sees
Give it five years you'll retire your piercing
You must admit that you mimic the weaklings

O UNDERGROUND NA AMÉRICA

Posicione-se para espancar o adolescente
Um tema comum para aqueles que são oprimidos
Se for a fraqueza que nos concede o poder
Nós prosperamos no que é mais forte
Do que a maioria do mundo

O vidro quebra as luzes que escurecem
Suor quente e debate profano
Os espertos ficam do lado de fora
Enquanto os bêbados e as armas estouram
Miradas no cara que balança uma garrafa
Cospe um dente, posturas bizarras uma escapada punk
Cinco dólares uma cabeça para ser rei na multidão

Nós somos os caras que ostenta nossa posição
Cerveja barata, estalos na moda
Amor lésbico é aceito e correto
Cabeças raspadas encontram cabelo na mistura
Que mistura os anos 80' e 90’ com ódio

Shows com datas canceladas, pé na bunda
Por razões que aparentam!
Tão injustas contra os policiais
Uma conclusão inevitável, velha e surrada
Doença de pele, caranguejos e piolhos
Doença Venérea, êxtase velocidade e cavalos
Um paraíso de importância incomparável
Uma honra de sexo manter-se fiel aos punks
Casas Ricas com dinheiro e comida
Abandonadas para os vagabundos da rua
Um estilo de vida inexplicável
Não tente e salve tudo o que era para ser

Se for grátis de (uma) família que é vista
Você pode simplesmente guarda-lo
Se você deve implorar é melhor não implorar
Você tem que seguir as normas
Você sabe quando chove
Você está na sua cama em casa
Você age de forma tão realista quando você está só
É melhor você não deixar a tribo mohawked* ver
Dê cinco anos, você irá retirar o seu piercing
Você tem que admitir que você imita os fracos

* Mohawked = tribo de índios norte-americanos.








Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Pantera"

Pantera: Anselmo fala do foco na gravação do "Far Beyond Driven"
Cobain: músicos do Korn, Judas, Pantera e AIC falam sobre legado
Dimebag Darrel: uma década do seu último registro de estúdio
Guitar World: 11 Álbuns Essenciais do Thrash Metal
Pantera: remaster de Far Beyond Driven tem boas vendas iniciais
Phil Anselmo: comentando cover que o Pantera fez do Black Sabbath
Vinnie Paul: é hora de esquecer reunião e seguir em frente
Phil Anselmo: um animal enjaulado na turnê do Far Beyond Driven
Pantera: a edição de aniversário de "Far Beyond Driven"
Phil Anselmo: vídeo inusitado em homenagem a Dave Brockie do GWAR
HellYeah: banda lança duas faixas do novo álbum
Pantera: edição especial e curiosidades do "Far Beyond Driven"
Phil Anselmo: como um animal acuado em "Far Beyond Driven"
Vinnie Paul: "imitação é a maior forma de elogio"
Alice In Chains: banda comove Phil Anselmo com serenata

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Fernando

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas