Resenha - End of an Era - Nightwish

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Paulo Finatto Jr.
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Muito se especulou sobre a possibilidade desse lançamento. O Nightwish, através de Tuomas Holopainen, afirmou ter encontrado dificuldades contratuais com o empresário e marido de Tarja Turunen, o que impossibilitaria o lançamento tanto do CD como do DVD “End of an Era”. Mas, felizmente, os fãs da banda podem agora ter em sua coleção mais essa memorável apresentação, independentemente de ser a última com Tarja nos vocais.
Nightwish: nasce a filha de Floor Jansen e Hannes Van DahlDimebag Darrell: em 1993, citando suas 12 músicas favoritas

Não poderia ter sido escolhido um nome melhor para álbum. “End of an Era” representa com bastante fidelidade a importância desse disco. É o fim de uma era, é o fim de anos de glorioso sucesso. Tarja Turunem é a identificação do Nightwish para muitos, e será muito difícil, nos primeiros momentos, aceitar uma substituta de tamanho carisma e de tamanha qualidade como cantora. Mas de qualquer forma, é impossível negar que o Nightwish sempre foi um exemplo de banda em cima do palco. A banda sempre foi um exemplo tanto de profissionalismo como de perfeição. E com o “End of an Era” a coisa não é diferente. Estamos diante de um disco sensacional.

Quem aqui no Brasil presenciou a turnê de “Once”, ou uma das apresentações da banda no festival Live n’ Louder, irá deliciar-se com as músicas desse ao vivo. Lá estão as “novas” “Dark Chest of Wonders”, e “Planet Hell”, sendo essa última, perfeita para os shows da banda, um dos melhores momentos da apresentação, sem dúvida. É aqui que temos a união perfeita entre a voz de Tarja com a de Marco Hietala, que para mim sempre foi muito marcante dentro do Nightwish, muito mais como vocalista do que como baixista. Depois de faixas como “Ever Dream”, “The Kinslayer” e “The Phantom of the Opera”, temos um dos momentos mais esperados da apresentação: a música “The Siren”, apontada por muitos como um dos destaques de “Once”, e que por muito tempo ficou de fora dos shows. E aqui nesse “End of an Era”, é a perfeita oportunidade para conferirmos ela ao vivo. Depois de “Sleeping Sun”, Tarja deixa o palco para o cover da noite. E se por muito tempo a música escolhida da turnê foi “Symphony of Destruction”, do Megadeth, para os últimos shows da turnê a escolhida foi uma do Pink Floyd. “High Hopes” pode ter ficado um pouco estranha na opinião de muitos, pode até não agradar tantos outros, mas é uma faixa cadenciada e muito boa para a voz de Hietala. Dando continuidade, temos “Bless the Child” e fechando o primeiro CD, “Wishmaster”, o grande clássico do Nightwish.

Abrindo o segundo CD, temos “Slaying the Dreamer”, mais uma faixa dos dois últimos álbuns do Nightwish – o que confirma a minha teoria – de a banda ter se tornado gigante a partir de 2002. Outro momento esperado é a faixa seguinte, “Kuolema Tekee Taiteilijan”, uma balada cantada em finlandês e que também foi incluída apenas nesses últimos shows da turnê. “Nemo”, o ‘hit’ de “Once” dá seqüência ao show, enquanto que “Ghost Love Score” vem logo após, sendo para mim, um dos momentos mais esperados. Um exemplo claro de maturidade musical de Tuomas como compositor, e um exemplo claro de excelência do Nightwish como banda. “Stone People” não é uma música nova, mas trata-se de uma introdução para “Creek Mary’s Blood”, outra novidade no ‘set’ desse show especial. E, para fechar a apresentação com chave de ouro, “Over the Hills and Far Away” e outro ‘hit’, “Wish I Had an Angel”.

Com tantas ótimas composições e com uma apresentação digna de um ícone do metal contemporâneo, o Nightwish não merece outra nota que não seja um dez. Um lançamento impecável, um registro histórico do que foi uma das mais competentes bandas de metal melódico. Aguardamos agora, o novo Nightwish, a nova vocalista e um novo álbum. O que podemos esperar? Ainda é cedo para perguntar, e ainda mais cedo para responder.

Site oficial: www.nightwish.com

Line-up:
Tarja Turunen (vocal);
Emppu Vuorinen (guitarra);
Marco Hietala (baixo/vocal);
Tuomas Holopainen (teclado);
Jukka Nevalainen (bateria).

CD 1:

01. Dark Chest of Wonders
02. Planet Hell
03. Ever Dream
04. The Kinslayer
05. The Phantom of the Opera
06. Siren
07. Sleeping Sun
08. High Hopes
09. Bless the Child
10. Wishmaster

CD 2:

01. Slaying the Dreamer
02. Kuolema Tekee Taiteilijan
03. Nemo
04. Ghost Love Score
05. Stone People
06. Creek Mary’s Blood
07. Over the Hills and Far Away
08. Wish I Had an Angel

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de End of an Era - Nightwish

Resenha - End of an Era - Nightwish

Tarja Turunen
Cantora esclarece post sobre novo álbum

Nightwish: nasce a filha de Floor Jansen e Hannes Van DahlNightwish: inseto que vive nas sombras ganha nome de TuomasNightwish: inseto é batizado com nome em homenagem a TuomasNightwish: Uma banda com infinitas qualidades!Todas as matérias e notícias sobre "Nightwish"

Nightwish
A história da estátua de anjo na capa do álbum "Once"

Arch Enemy e Nightwish
Muito além das diferenças

Tarja Turunen
A agressão de um fã durante show no México em 2000

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Nightwish"

Dimebag Darrell
Em 1993, citando suas 12 músicas favoritas

Ritchie Blackmore
Ele está gordo e tocando mal, diz baixista do Aerosmith

Vinil
Maior coleção do mundo está à venda mas ninguém quer

Ave, Satan!: As dez melhores músicas sobre o InfernoW. Axl Rose: o som de 25 mil dólares da BMW do vocalistaSepultura: vídeo de Andreas e seu filho tocando "Seek & Destroy"Rolling Stones: O que acontece se Keith Richards for picado pelo Aedes Aegipty?Slash: o que ele pensou quando ouviu o "Chinese Democracy"Lady Gaga: cantora reverencia Maiden e Ozzy em vídeo

Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre Paulo Finatto Jr.

Mais matérias de Paulo Finatto Jr. no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online