Em 30/06/2013 | Para Músicos: como tirar músicas de ouvido?

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Para Músicos: como tirar músicas de ouvido?


  | Comentários:

Irei apresentar aos músicos que já conhecem um pouco seu instrumento, cinco passos para aprender a tirar músicas de ouvido, sem limitar-se apenas às cifras, tablaturas e vídeos no Youtube. Essas, podem ser ferramentas úteis, mas não são as únicas.

Para quem toca instrumentos harmônicos e/ou melódicos (guitarra, violão, teclado, baixo) é necessário conhecer alguns acordes, escalas e arpejos. Isso servirá como exercício triplo: ajudará na técnica, no treino da percepção e na memorização de onde estão e quais são as notas do seu instrumento. Não é a toa que em todos os instrumentos musicais é preciso repetir várias vezes certos exercícios. A repetição ativará a memória muscular e, com o tempo, o domínio do instrumento se transformará numa segunda natureza.

Entenda que sua percepção está, basicamente, em dois níveis: a percepção focada, que se concentra em um som específico e a dispersa, que é a responsável por camuflar o som ambiente. Imagine-se conversando com alguém em uma festa. Você precisará se concentrar na fala da pessoa (percepção focada/figura) e haverá todo o ruído da festa, com outros convidados conversando e músicas no rádio (percepção secundária/fundo).

-Primeiro Passo

Ouvir a gravação da música, com total concentração, para identificar quantos e quais instrumentos estão registrados e entender o 'mapa' da composição.

Saber quais os instrumentos gravados ajudará a entender a sonoridade e intenção da música e, também, a perceber como o seu instrumento se relacionará com os outros.

Identificar o mapa da composição é entender quantas partes há na música e como elas se interligam. É muito comum as músicas serem compostas por introdução, verso, refrão, parte B, etc. Saber onde começa e onde termina cada parte já é um trabalho de memorização, muito útil para a percepção.

-Segundo Passo

Ouvir a música e se imaginar tocando, mas ainda sem o instrumento.

Imagine que você esta com seu instrumento musical na mão. Tente visualizar e imaginar como o seu instrumento pode reproduzir o que é ouvido. Nesse estágio, quem toca guitarra, violão ou baixo já consegue identificar o ritmo no qual a mão que ataca as cordas terá que trabalhar.

-Terceiro Passo

Cante cada parte que o seu instrumento toca.

Isso ajudará a internalizar e memorizar a parte que você deseja reproduzir. Além do mais, a partir do momento que você consegue reproduzir com a voz, é possível cantar repetidamente e até com maior lentidão.

-Quarto Passo

Ligue seu instrumento e toque junto com a gravação.

Para perceber se está tocando na mesma nota que a gravação, há uma técnica chamada batimento. Imagine que duas notas iguais são como duas linhas paralelas. Se por um acaso uma delas não estiver afinada, você terá a sensação que estão ondulando. Quanto mais próximo de afinar, menor será essa sensação. Mais distante da afinação, maior a sensação de ondulação. Essa sensação será a referência para perceber quando você está tocando exatamente a mesma nota.

-Quinto Passo

Após aprender a música, ouça novamente sem o instrumento e imagine-se tocando a música.

Agora que você já sabe as partes das duas mãos, coloque a imaginação para funcionar. Ouça o timbre e a afinação do seu instrumento sem tocá-lo. Assim, você ficará mais independente dele para imaginar os sons.

Imagem

Sobre Fábio Sena

Fábio Sena, O Louco do Baixo é músico profissional. Professor de música, toca na banda Grungeria, Orquestra Filarmônica de Santo Amaro (OFISA), Bass Solo Performer e escreve no blog "O Louco do Baixo".

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Matérias e Biografias

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Fábio Sena

Fábio Sena, O Louco do Baixo é músico profissional. Professor de música, toca na banda Grungeria, Orquestra Filarmônica de Santo Amaro (OFISA), Bass Solo Performer e escreve no blog "O Louco do Baixo".

Mais matérias de Fábio Sena no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas