Em 14/12/2011 | 2012: 20 bandas inéditas que poderiam vir ao Brasil

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

2012: 20 bandas inéditas que poderiam vir ao Brasil


  | Comentários:

A lista a seguir, classificada em ordem alfabética, enumera uma série de bandas - algumas mais novas, algumas extremamente antigas - que jamais tocaram em terras brasileiras. Serve como sugestão para produtores e também para fãs, principalmente para aqueles que saem de determinado show falando para quem quiser ouvir "foi o melhor show da minha vida" e, quando a mesma banda retorna ao Brasil no ano seguinte, diz "Ah! De novo!? Fala sério!", e não vai ao show. Ok, em alguns estados, como São Paulo, ultimamente há tantos shows que é impossível ter tempo e/ou dinheiro para ir a todos que interessam, mas que o comportamento do brasileiro em relação aos shows às vezes é estranho, isso é fato, e será debatido a seguir em alguns dos comentários sobre as bandas. Algumas provavelmente são desconhecidas o suficiente para desencorajar o investimento dos produtores. No entanto, festivais servem exatamente para isso. No meio de grandes bandas se encaixam algumas de menor expressão e todos podem assistir às bandas que curtem. Fica aí a sugestão.

Vale lembrar que o BLACK SABBATH não foi citado, pois já veio ao Brasil "disfarçado" de HEAVEN & HELL devido a problemas jurídicos. Mas, obviamente, não deixa de ser uma opção interessante, e certamente é uma das mais desejadas pelos brasileiros. ALTER BRIDGE também não foi citada, pois a banda anunciou uma pausa para 2012, retomando as atividades somente em 2013.

AIRBOURNE

Banda australiana com muita influência de seus conterrâneos do AC/DC, vem fazendo grande sucesso junto aos fãs de hard rock e recebendo elogios de bandas com as quais já tocou junto, incluindo ROLLING STONES e MOTLEY CRUE. Suas músicas são bastante utilizadas em jogos populares, tais como Medal of Honor: Airborne, Madden NFL 08, Madden NFL 09, NASCAR 08, NASCAR 09, Tony Hawk's Proving Ground, Need for Speed: ProStreet, Need For Speed: Undercover, Skate, Grand Theft Auto IV, NFL Tour, NHL 08, NHL 09, Burnout Paradise, WWE Smackdown vs Raw 2009, Rock Band, Rock Band 2 e Guitar Hero World Tour.

AMARANTHE

Banda formada por integrantes suecos e dinamarqueses, toca death metal melódico com influências de música eletrônica. Possui uma formação bastante interessante, com três vocalistas: uma voz limpa feminina, uma voz limpa masculina e uma voz gutural masculina. Tais características provavelmente a classificam em uma nova vertente do metal. Sua vocalista, Elyze Ryd, esteve este ano no Brasil como convidada do KAMELOT, juntamente com Simone Simons (EPICA) e Fabio Lione (RHAPSODY OF FIRE). Quem presenciou a apresentação em São Bernardo, garante que ela simplesmente ofuscou a Simone o que, convenhamos, não é muito fácil. Por tudo isso esta é, na opinião do autor desta matéria, a banda mais interessante da lista.

ARKONA

Banda russa de folk metal cujas letras trazem grande influência do folclore russo e da mitologia eslava, enquanto sua música incorpora instrumentação tradicional russa. Há ainda presença constante de coros, algo também típico da música russa. Todas as composições da banda são cantadas e nomeadas em russo, sendo seus álbuns também batizados nesta língua e com todas as escritas em alfabeto cirílico. Dois shows estavam agendados para 2011, mas foram cancelados devido ao adiamento da turnê sul-americana. Mais de seis meses se passaram desde então e nada foi remarcado.

CHICKENFOOT

Superbanda formada pelo vocalista Sammy Hagar (ex-VAN HALEN e MONTROSE), o baixista Michael Anthony (também ex-Van Halen), o guitarrista JOE SATRIANI e o baterista Chad Smith (RED HOT CHILI PEPPERS). Está em atividade desde 2008 e tem dois álbuns lançados, mas ainda não estreou em terras sulamericanas e, portanto, jamais tocou no Brasil.

CRIMZON LAKE

Banda atual de Paul Day, que construiu uma carreira completamente desatrelada do fato de ser o primeiro vocalista do IRON MAIDEN. Embora não tenha gravado nenhum álbum com o Maiden ele, para quem não sabe, é o verdadeiro autor da música "Strange World", gravada no primeiro e auto-intitulado álbum, que foi apresentada como se fosse uma composição de Steve Harris. O não reconhecimento, que reflete no não pagamento dos devidos direitos autorais, sempre foi uma mágoa que, no entanto, não o impediu de seguir em frente com uma carreira interessante, que inclui bandas como WILDFIRE, MORE, SWEET e, agora, Crimzon Lake, cuja principal característica é o hard rock de qualidade, com influências britânicas, enraizadas em composições virtuosas do final dos anos 70 e início dos anos 80.

http://www.crimzonlake.com/media.html

FREEDOM CALL

A primeira vez que ouvi esta banda foi através de uma seleção das dez melhores músicas de power metal compiladas por um usuário do Youtube, e logo pensei que parecia o GAMMA RAY sem o Kai Hansen nos vocais. Mais tarde, fui procurar por mais informações na internet e, surpreso, constatei tratar-se de um projeto em paralelo do baterista do Gamma Ray, Daniel Zimmermann. A música utilizada na compilação, "Warriors", gravada no álbum "Eternity", lançado em 2002, tem um refrão que gruda na cabeça como se fosse chiclete.

GOLDEN EARRING

Fundada em 1961, esta banda holandesa é a mais antiga desta lista. Apesar de já ter uma boa agenda de shows na Europa para 2012 e de ser cultuada até hoje tanto na Europa - já conquistou na Holanda mais de 30 discos de ouro e outros tantos de platina - quanto nos EUA, onde já fizeram 13 turnês, e dos 32 álbuns lançados, ainda trata-se de uma banda a debutar em território nacional.

LEATHERWOLF

Se você pensa que o Iron Maiden inovou quando passou a contar com 3 guitarristas em sua formação, saiba que esta banda norteamericana formada em 1981 já fazia isso mais de 15 anos antes. Atuando bem em vários estilos, incluindo heavy metal, hard rock, rock progressivo e power metal, parecia ter tudo pra dar certo nos anos 80. No entanto, a carreira inconstante fez com que houvesse um intervalo de mais de 15 anos entre os álbuns de estúdio "Street Ready", lançado em 1989, e "World Asylum", lançado em 2006.

MANEGARM

Banda sueca de viking/black metal, cuja idéia inicial era tocar o mais rápido e primitivo possível, mas sempre mantendo as letras em sua língua nativa. No entanto, com o decorrer do tempo o som se modificou, acrescentando elementos como vocais femininos, vocais limpos e melodias mais lentas, o que levou a um resultado bastante interessante.

PRAYING MANTIS

Banda de Dennis Stratton, guitarrista que ficou conhecido por ter tocado no primeiro álbum auto-intitulado do Iron Maiden, sendo substituído antes da gravação do álbum seguinte, Killers, por Adrian Smith. Dennis toca nesta banda desde 1990 e possui uma carreira consistente, também desatrelada ao seu passado com o Iron Maiden. Mesmo assim, nenhum produtor se interessou, ainda, em traze-lo para o Brasil. Seria uma bela participação se fosse convidado para o Maiden Day, evento realizado anualmente desde 2010 e que tem se revelado um sucesso de público.

RACER X

Banda de Heavy Metal formada em 1985 nos Estados Unidos. Foi fundada pelo guitarrista Paul Gilbert que, mais tarde, alcançou grande sucesso com a banda de hard rock MR. BIG e pelo baixista Juan Alderete, que atualmente toca na banda THE MARS VOLTA. Scott Travis, baterista do JUDAS PRIEST, também participa, juntamente com o vocalista Jeff Martin.

REVAMP

Quase tivemos a oportunidade de acompanhar em 2011 algumas apresentações da nova banda de Floor Jansen, ex AFTER FOREVER. Mesmo com shows agendados, a turnê sulamericana foi cancelada devido à sindrome do burn-out que atingiu a vocalista, deixando-a afastada dos palcos por mais de cinco meses. Floor só voltou a se apresentar ao vivo em dezembro, em participação única e especial com o MAYAN, projeto de Mark Jansen que conta também com a participação de membros do EPICA, e ex membros do DELAIN e After Forever. Com vocais perfeitos e afinadíssimos, Floor mostrou ao público que já está em forma para voltar ao trabalho. Portanto, aguardamos o reagendamento dos que deveriam ter acontecido neste ano.

RUNNING WILD

Uma das mais conhecidas desta relação, a veterana banda alemã de heavy/speed/power foi formada em 1976. Após lançar quase 15 álbuns de estúdio, anunciou sua despedida oficial em 2009 mas, em outubro de 2011, anunciou seu retorno à atividade no site oficial, através de um vídeo gravado por seu líder Rolf Kasparek. Também foi anunciado um novo álbum, "Shadowmaker", que será lançado em abril de 2012.

SIX HOUR SUNDOWN

Embora muita gente torça o nariz quando ouve falar de Lauren Harris, a verdade é que sua banda faz um rock'n'roll básico muito bem feito. As mesmas pessoas que metiam o pau em sua banda original, hoje veneram Richie Falkner após sua brilhante participação como guitarrista do Judas Priest. Quem se propuser a ouvir sem preconceito, simplesmente desprezando o fato de que Lauren é filha de um dos melhores, senão o melhor, compositores de metal de todos os tempos, certamente conseguirá se divertir.

SONS OF SEASONS

Após construir uma carreira sólida e consistente com a extinta banda METALIUM, o vocalista Henning Basse veio ao Brasil pela primeira vez com o Mayan, projeto de Mark Jansen que conta também com a participação de membros do Epica, e ex membros do Delain e After Forever. Após incendiar o público presente com performance irretocável, ficou aquele gosto de "quero mais", mas provavelmente é chegada a hora de ve-lo atuar com sua própria banda, embora infelizmente não com a que projetou para o cenário do metal.

THE WHO

Beira o inacreditável, mas depois dos anos recentes, onde bandas médias e grandes que nunca tocaram no Brasil deram, enfim, as caras por aqui, tais como TWISTED SISTER, ZZ TOP ou RINGO STARR, a veteraníssima banda britânica, formada em 1964, ainda figura como a estrear em terras brasileiras. Embora com dois dos membros originais já falecidos, Keith Moon (baterista, em 1978) e John Entwistle (baixista, em 2002), Roger Daltrey (vocais, gaita e guitarra) e Pete Townshend (guitarra e vocais) seguem com a banda que, como os ROLLING STONES, parece desafiar quaisquer limites da longevidade, já que está prestes a completar 50 anos em atividade.

TRILLIUM

Após anos atuando em participações especiais de bandas como Epica, After Forever, Kamelot, AVANTASIA, EDGUY, SHAAMAN, ANDRÉ MATOS, MOB RULES, ASRAI e VIRGO, entre outros, a cantora pop norteamericana Amanda Somerville foi convertida de vez ao mundo do metal. Após seu dueto com Michael Kiske, ex vocalista do HELLOWEEN, lançado em 2010 sob o nome "Kiske/Somerville", ela reaparece, finalmente com seu primeiro projeto próprio orientado ao metal, Trillium, que conta também com participações de Sascha Paeth, Michael Rodenberg, Sander Gommans e Jørn Lande.

TURISAS

Banda finlandesa de Folk Metal sinfônico fundada em 1997, cujo nome oriunda de um monstro marinho da mitologia finlandesa, algumas vezes considerado um deus da guerra. Apesar de ter passado por um aperto em 2005, quando o guitarrista George Laakso sofreu um acidente de carro e, devido à extensão de sua lesão medular, viu-se forçado a sair da banda no ano seguinte, a banda continuou firme e, em 2011, apresentou ao mundo seu terceiro trabalho em estúdio.

UNISONIC

A banda atual de Michael Kiske, ex vocalista do Helloween, conta agora também com Kai Hansen, ex Helloween, atual Gamma Ray, além de ex integrantes do PLACE VENDOME, antiga banda de Kiske que também nunca deu as caras no Brasil. Embora o trabalho do Unisonic ainda seja pouco conhecido no Brasil, seu ponto positivo é que o line-up dispensa comentários e apresentações. O ponto negativo é que o público brasileiro ultimamente parece ignorar as carreiras de integrantes que saíram de bandas consagradas. Enquanto shows do STRATOVARIUS sempre atraem um bom número de pagantes, que aparentemente cobre o investimento da produção em traze-los ao Brasil, Timo Tolkki (note-se: responsável por cerca de 80% das composições do Stratovarius) amargou públicos pífios com as bandas em que esteve após sua saída, REVOLUTION RENAISSANCE e SYMFONIA. O mesmo aconteceu com ROSS THE BOSS, que tocou para as moscas no último sábado, enquanto a banda que o projetou, MANOWAR, lotou o Credicard Hall no ano passado - em um show para se esquecer, diga-se de passagem, pois foi totalmente focado no material mais novo, enquanto os clássicos foram solenemente ignorados.

WOLFSBANE

Banda que se tornou conhecida mundialmente em 1994, quando o Iron Maiden anunciou que o escolhido para substituir Bruce Dickinson era o então vocalista do Wolfsbane, Blaze Bayley. Após a saída do Iron Maiden, quatro anos depois, Blaze construiu uma carreira solo que só não foi brilhante porque era dele, o homem que ousou substituir Bruce Dickinson. Fosse qualquer outro vocalista cantando as mesmas músicas, e provavelmente seria reconhecido como um dos grandes nomes do metal moderno. Mas como era Blaze, e o Iron Maiden é uma das bandas mais populares do planeta, muitos fãs assumiram uma postura quase infantil, como se dissessem "O Blaze é feio, chato e bobo, não ouvi o que ele fez após deixar o Iron Maiden, nem vou ouvir". Abalado por diversos problemas de saúde e financeiros, além de algumas desgraças particulares, como a trágica perda da esposa em 2008, Blaze enfim retornou para a banda em que iniciou sua carreira. E, embora seja um dos artistas mais injustiçados do planeta, felizmente tem gente querendo ve-lo no Brasil novamente, desta vez com a banda que o fez impressionar Steve Harris.

Outras bandas poderiam ser citadas, tais como BLINK-182, ENSIFERUM, GHOST, HEAVENLY, LEGION OF THE DAMNED, PICTURE, RISING DREAM, e algumas mais. No entanto, uma primeira lista com 20 bandas parece suficiente, ao menos para iniciar uma discussão sobre o tema. E você? Quem você quer ver no Brasil em 2012, que nunca nos visitou?!

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Matérias e Biografias

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Adriano Ribeiro

Adriano Ribeiro é fã xiita do Iron Maiden, daqueles que não perdoa até hoje Bruce e Adrian por terem saído da banda - e não importa se voltaram. Nas horas vagas, tem como hobby conhecer seus ídolos na música, conseguindo com eles fotos e autógrafos.

Mais matérias de Adriano Ribeiro no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas