RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Def Leppard e Mötley Crüe: pouco público mas muito espetáculo do Def Leppard

Resenha - Def Leppard e Mötley Crüe (Allianz Parque, São Paulo, 07/03/2023)

Por Diego Camara
Postado em 10 de março de 2023

Faltou gente para encher o Allianz Parque na noite de terça-feira. O dia obviamente já não é dos melhores para um show do gênero, e mesmo a grande promoção de ingressos não foi o bastante para atrair os fãs. Mas quem esteve lá pode ver um show espetacular do Def Leppard, daqueles que mostram que o bom e velho Hard Rock continua firme e forte. Confira abaixo os principais detalhes do show, com as imagens de Fernando Yokota.

Fotos: Fernando Yokota

Logo quando se entrou no Allianz Parque era possível ver que as coisas estavam um pouco diferentes. Quando se caminha pelos corredores do estádio, com várias das lanchonetes fechadas no caminho até a entrada da Pista Premium, já era possível notar um vazio pouco comum ao estádio que sempre está abarrotado de gente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O palco foi posicionado distante da comum área do anfiteatro, onde é normalmente posicionado, fora da área do gramado. E duas áreas enormes das cadeiras, travadas por um bloqueio preto, margeavam e dividiam a área das cadeiras em três: uma central e uma a cada lado, reduzindo a ocupação destes setores pela metade. Isso tudo era mais que natural: o Def Leppard não é uma banda com uma quantidade de fãs tão grande no Brasil para encher um estádio – quem diria todos os que se imaginavam inicialmente para esta tour. É, para o público brasileiro, uma banda de lugar fechado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O show do Mötley Crüe se iniciou com um leve atraso de alguns minutos, nada que deixasse o público nervoso. O som alto do palco foi impressionante desde a primeira música, mas o que mais impressionou é que os sons dos instrumentos pareciam claramente pouco equalizados para o espaço: os vocais ficaram como que espremidos entre os instrumentos, e a bateria não soava tão limpa quanto deveria para o gênero.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mesmo com o som a desejar um pouco, se viu um público afinado com a banda, que cantou todos os principais hits e se apaixonou pela desenvoltura do vocalista Vince Neil, extremamente carismático. O público se animou bastante, especialmente na frente do palco, em músicas como "Live Wire" e o clássico "The Dirt", onde cantaram junto com Neil quase a música inteira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O show pegou maior potência na sua parte final, com uma leve melhorada do som do palco e com alguns dos maiores sucessos da banda. O público cantou com muita vontade "Same Ol’Situation", que animou bastante os fãs da banda. A seguinte, "Girls Girls Girls" teve uma belíssima construção do palco com as duas grandes garotas robóticas infláveis, mostrando que a potência da turnê vai além do espetáculo musical, mas muito bem construídas na área imagética.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É difícil, porém, não deixar de ficar um pouco decepcionado com a qualidade geral do show. A banda foi como um carro que patina em diversos momentos, sem sair do lugar ou travado pela lama. Óbvio que a questão do Mötley Crüe nunca foi o virtuosismo técnico mas sim a imagem da banda perante o seu público – uma imagem extremamente desgastada, que atualmente não reflete mais os valores da sociedade atual – mas é difícil não ver que a banda envelheceu mal também musicalmente, especialmente quando comparamos ela com a que veio logo em seguida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Setlist Mötley Crüe:

Intro: Breaking News Report

Wild Side
Shout at the Devil
Too Fast for Love
Don't Go Away Mad (Just Go Away)
Saints of Los Angeles
Live Wire
Looks That Kill
The Dirt (Est. 1981)
Guitar Solo
Rock and Roll, Part 2 / Smokin' in the Boys Room / Helter Skelter / Anarchy in the U.K. / Blitzkrieg Bop
Home Sweet Home

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Intro: T.N.T. (Terror 'n Tinseltown)
Dr. Feelgood
Same Ol' Situation (S.O.S.)
Girls, Girls, Girls
Primal Scream
Kickstart My Heart

O Def Leppard também subiu ao palco com 5 minutos de atraso, mas foi só a banda subir ao palco para que o grande espetáculo da noite começasse. Que explosão de som quando Joe Elliot começou com "Take What You Want". O som estava bem mais baixo, perfeito para o tamanho do público e o espaço do campo, e a limpeza dele surpreendeu, com os instrumentos soando em perfeita consonância.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O público curtiu muito e dançou com alegria na pista. "Animals" foi uma das preferidas dos fãs, que cantaram junto o refrão. Logo em seguida, "Foolin’" foi outro sucesso que tirou aplausos do público. Joe Elliot é sem dúvidas o destaque da banda, com vocais que parecem não ter envelhecido, estando parados no tempo em algum momento da década de 80.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Há de se ressaltar o extremo profissionalismo de todo o Def Leppard, que transforma o conjunto em uma grande obra de arte no palco. A banda realmente entrega tudo de si, com especial destaque para Rick Allen nas baquetas, que puxa o tempo das músicas e dita a velocidade da banda. Ele dominou em músicas como "Kick" e "Armageddon It", com grande maestria.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No meio do show foi a hora das baladas, com a banda abrindo com "Love Bites", em uma performance extremamente emotiva nos vocais, que fez o público cantar junto, preenchendo o ar do Allianz com as vozes dos fãs. Logo depois vieram "This Guitar" e "When Love and Hate Collide", onde o intimismo do violão e um extremo e belíssimo solo de guitarra coroaram a execução da banda, sem dúvidas um dos momentos mais lindos do show.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |

Com a apresentação voltando ao hard rock e as músicas rápidas, se encaminhando para o final do show, a banda soltou alguns dos seus grandes sucessos. Começando por "Rocket", com mais uma grande cantoria do público. "Hysteria", outra das favoritas dos fãs, foi um convite para que todos dançassem na pista ao ritmo da música.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando o show já se encaminhava para o final, foi com os clássicos do "Pyromania" que a banda resolveu fechar o espetáculo. Primeiro puxada por "Rock of Ages" e fechando com "Photograph", o disco que abriu o mundo para o Def Leppard foi a encantadora assinatura da banda no final do show.

O resultado foi mágico, com a banda tirando tudo que a produção da Live Nation pode oferecer em São Paulo. Fica a imaginação de como o Def Leppard poderia ter até respondido melhor em um show fechado, com um público mais próximo e concentrado, o show teria sido ainda mais memorável.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Setlist Def Leppard:

Take What You Want
Let's Get Rocked
Animal
Foolin'
Armageddon It
Kick
Love Bites
Promises
This Guitar
When Love and Hate Collide
Rocket
Bringin' On the Heartbreak
Switch 625
Hysteria
Pour Some Sugar on Me
Rock of Ages
Photograph

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Alter Bridge: show prova que podem carregar a bandeira do Rock

A primeira noite do Rock in Rio com AC/DC e Scorpions em 1985


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.
Mais matérias de Diego Camara.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS