Samsung E- Festival Instrumental 2018: resenha e fotos

Resenha - Samsung E Festival (Anfiteatro Pôr do Sol, Porto Alegre, 10/11/2018)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Karen Waleria
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.











No último sábado, dia 10 de novembro, aconteceu o primeiro show do encerramento do "Samsung E- Festival Instrumental 2018".

O "Samsung E-Festival Instrumental" é um concurso nacional que tem como objetivo incentivar a atividade musical por meio da descoberta, premiação e mostra de novos talentos e compositores de gêneros instrumentais da música brasileira.

O evento gratuito reuniu milhares de pessoas no Anfiteatro Pôr do Sol em Porto Alegre.

O vencedor do concurso, Mazin Silva ( guitarra e viola de 10 cordas), iniciou a sua apresentação às 19h30 acompanhado por Helio Reichert ( sax e flauta), Caio Fernando ( baixo elétrico), Wiliam Goe ( bateria) e Rafa Girardi ( teclado). O músico catarinense apresentou um pequeno set que contou com três músicas autorais, entre elas, a belíssima "Pau de Fita", música vencedora do festival. Mazin foi escolhido por votação popular após ter sido indicado entre dez finalistas por um júri especializado.

A Orquestra Juvenil Heliópolis, criada pelo maestro Silvio Baccarelli e liderada pelo maestro titular Edilson Ventureli, subiu ao palco, logo após, com 60 instrumentistas com idades entre 14 e 25 anos e apresentou um repertório voltado para a temática rock. O evento contou com um setlist repleto de sucessos do gênero. Hits do Barão Vermelho, Titãs, Cazuza, Rita Lee, Legião Urbana, Paralamas do Sucesso, Cláudio Zoli receberam novos arranjos instrumentais. Veja setlist completo abaixo.

As 21 horas o eterno Barão Vermelho, Frejat, subiu ao palco. O cantor, compositor e guitarrista brasileiro fechou o evento com chave de ouro, inclusive, cantando "Blues da Piedade" música mais do que atual de sua autoria e de seu grande parceiro musical, Cazuza.

Encerrando o show Mazin Silva e banda são chamados novamente ao palco para juntamente a Frejat e à Orquestra Juvenil Heliópolis interpretarem "Pro Dia Nascer Feliz".

Quebrando o protocolo, devido a pedidos, o músico carioca retornou ao palco para uma reprise não programada da música "Amor Pra Recomeçar".

O show teve a duração de quase duas horas e mostrou a fusão do clássico com o contemporâneo, a mescla de orquestra e rock.

Abre aspas, uma orquestra não deve se limitar a apresentar somente à música clássica - a música brasileira é riquíssima e deve ser melhor aproveitada, independente de estilos, gêneros.

Como bem citou, Ventureli, esses rótulos são totalmente descartáveis. O que se viu no último sábado foi um espetáculo que emocionou o público, ao apresentar música de boa qualidade, retifico, de ótima qualidade. E é só esses dois tipos de música que existem - a música boa e a música ruim.

Falando em público, esse, foi agente ativo no espetáculo. Cantou todas as músicas apresentadas junto com a orquestra em uníssono. Fez o vocal das músicas instrumentais apresentadas.

Patrocinado pela Samsung, líder mundial em tecnologia, e realizado por meio do Ministério da Cultura e pela Dançar Marketing, o Samsung E-Festival Instrumental é a mais moderna plataforma para revelar talentos, valorizar a cultura e estimular a música independente. O projeto dá continuidade ao seu pioneirismo como concurso musical criado para a internet. Desde 2014, contabiliza mais de 3 mil artistas inscritos e mais de 80 mil internautas conectados para votar nos seus candidatos favoritos, além da presença de milhares de pessoas nos shows com os vencedores e astros da música brasileira.

Parabéns a todos os envolvidos na produção do evento.

Em tempo: Como bem lembrou, Frejat, espetáculos como este, ainda mais com entrada franca, não existiriam se não fosse a Lei Rouanet. A Lei de incentivo à cultura tem sido atacada, nos últimos meses, errôneamente.

Agora é só aguardar a nova edição do exitoso festival no ano vindouro.

O segundo show de encerramento do festival acontece no próximo dia 25 de novembro ocorre no Auditório Ibirapuera em São Paulo.

Setlist:

Andrew (Mazin Silva)
Mike (Mazin Silva)
Pau de Fita (Mazin Silva)
Esse Tal de Rock n'Roll
Homem Primata
Beth Balanço
Óculos
Amor Meu Grande Amor
Noite do Prazer
Faz Parte do Meu Show
O Tempo Não Pára
Policia
Que País é Esse
Maior Abandonado
Amor Pra Recomeçar
Blues da Piedade
Pro Dia Nascer Feliz
Amor Pra Recomeçar (reprise)

Agradecimentos à Dançar Marketing e Jéssica Barcelos (Assessoria de Imprensa)

Fotos: Sônia Butelli
https://www.flickr.com/photos/141777721@N07/



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Frejat"Todas as matérias sobre "Barao Vermelho"


Barão Vermelho: um show pra se jogar de cabeça em São PauloBarão Vermelho: novo álbum é relevante?Barão Vermelho: banda lança novo disco, e ele é surpreendenteBarão Vermelho: banda divulga o álbum Viva, primeiro em 15 anosBarão Vermelho: jornalista revela nome de novo álbum da banda

Barão Vermelho: Frejat comenta polêmica de letra com CazuzaBarão Vermelho
Frejat comenta polêmica de letra com Cazuza

Covers: blog elege os melhores da MPB em versão RockCovers
Blog elege os melhores da MPB em versão Rock

Drogas: As melhores músicas sobre o temaDrogas
As melhores músicas sobre o tema


Kiss: as 10 músicas mais demoníacas da bandaKiss
As 10 músicas mais "demoníacas" da banda

Eddie: a foto que supostamente inspirou Derek RiggsEddie
A foto que supostamente inspirou Derek Riggs

Slipknot: Demissão de Joey Jordison foi a decisão mais difícil da carreiraSlipknot
Demissão de Joey Jordison foi a decisão mais difícil da carreira

Kerrang!: os 100 melhores álbuns de Rock em lista da revistaNikki Sixx: "transei com a mulher do Bruce Dickinson"Maiores Cantores de Metal: eleição feita por revista turcaKid Vinil: cantor lutou pela vida e ficou mais de um mês internado

Sobre Karen Waleria

Blogueira gaúcha. Estudou letras. Ecleticidade musical é seu ponto forte; com uma tendência ao Rock e Metal. Já foi colaboradora em grandes sites de Rock e Heavy Metal, trabalha com divulgação de bandas e eventos. Responsável pelo blog www.karenwaleria.blogspot.com.br. Siga no Twitter @Rocksblog.

Mais informações sobre Karen Waleria

Mais matérias de Karen Waleria no Whiplash.Net.