Matérias Mais Lidas

Jon Schaffer: nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadoraJon Schaffer
Nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadora

Greta Van Fleet: Robert Plant odeia aquele vocalistaGreta Van Fleet
Robert Plant "odeia" aquele vocalista

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Megadeth: Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia darMegadeth
Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia dar

Megadeth: Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiroMegadeth
Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiro

Pearl Jam: exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processoPearl Jam
Exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processo

Joe Lynn Turner: detonando gravadora por continuar projeto Sunstorm sem eleJoe Lynn Turner
Detonando gravadora por continuar projeto Sunstorm sem ele

Metallica: veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da bandaMetallica
Veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da banda

Iron Maiden: As faixas do clássico The Number Of The Beast, da pior para a melhorIron Maiden
As faixas do clássico "The Number Of The Beast", da pior para a melhor

Nervosa: Banda lança videoclipe de Under RuinsNervosa
Banda lança videoclipe de "Under Ruins"

Loudwire: o melhor álbum de thrash metal de cada ano, de 1983 até 2020Loudwire
O melhor álbum de thrash metal de cada ano, de 1983 até 2020

Foo Fighters: Dave Grohl queria que Lemmy estivesse vivo para ouvir músicaFoo Fighters
Dave Grohl queria que Lemmy estivesse vivo para ouvir música

Pantera: as cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da RevolverPantera
As cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da Revolver

Lista: 10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hojeLista
10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hoje

Bon Jovi: Fear Factory fez a banda mudar de estúdio durante gravação de These DaysBon Jovi
Fear Factory fez a banda mudar de estúdio durante gravação de "These Days"


Matérias Recomendadas

Top 5 Pantera: About.com elege os cinco melhores álbuns da bandaTop 5 Pantera
About.com elege os cinco melhores álbuns da banda

Capas de álbuns: 30 das piores artes da históriaCapas de álbuns
30 das piores artes da história

Separados no nascimento: Ritchie Blackmore e Mr. BeanSeparados no nascimento
Ritchie Blackmore e Mr. Bean

Humor: Os roqueiros mais chatos das redes sociaisHumor
Os roqueiros mais chatos das redes sociais

Guitar World: revista elege os 50 guitarristas mais rápidosGuitar World
Revista elege os 50 guitarristas mais rápidos

Tunecore
Malvada

Blaze Bayley: Carisma e qualidade musical em Porto Alegre

Resenha - Blaze Bayley (Obra Club, Porto Alegre, 26/06/2016)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Rister
Enviar Correções  

Fotos: Marcelo Schimidt, Facebook

No último domingo (26/06), Porto Alegre recebeu o show do ex-vocalista do IRON MAIDEN, BLAZE BAYLEY. O músico está em turnê divulgando seu mais recente álbum intitulado "Infinite Entanglement". O evento aconteceu no Obra Club (antigo Beco), no bairro Independência.

Era uma noite fria na cidade e outro grande festival de Heavy Metal tinha sido realizado mais cedo, mesmo assim o público compareceu. O local não lotou, mas quem estava lá curtiu e apoiou como verdadeiros fãs da música pesada. A noite começou com os shows das bandas MARENNA e GUEPPARDO.

Rodrigo Marenna, vocalista da banda LACROSS, lançou em 2015 seu primeiro trabalho solo, o EP "My Unconditional Faith", lançado no Brasil, Japão, Europa e EUA. O show fez parte da divulgação deste trabalho, Marenna acompanhado de sua excelente banda subiu ao palco depois das 20h e logo se fez notar a qualidade ímpar do grupo. Além de músicas presentes no trabalho citado ("You Need To Believe", "Life Goes On" e "Keep On Dreaming"), a banda executou faixas que farão parte do próximo lançamento ("Never Surrender" e "No Regrets") e versões para "Anytime Anywhere" do GOTTHARD e "Blood Pollution", famosa canção da banda fictícia STEEL DEAGON do filme Rock Star. Um fato curioso aconteceu logo no início do show, uma das cordas do baixo arrebentou e o baixista Arthur Appel finalizou a apresentação com o instrumento de Rafael Yadek, baixista da banda GUEPPARDO, que se apresentaria em seguida. "Assim é o Rock, uma banda segurando a mão da outra e todas crescendo juntas, a gente agradece o apoio!", foram as palavras de Rodrigo Marenna para agradecer a ajuda de Rafael, com humildade e mostrando o pensamento que todos que estão envolvidos no cenário rocker deveriam ter. A banda se despediu do público com a certeza que cumpriu o seu papel.

MARENNA DEIXOU UMA ÓTIMA IMPRESSÃO AO PÚBLICO DE PORTO ALEGRE
MARENNA DEIXOU UMA ÓTIMA IMPRESSÃO AO PÚBLICO DE PORTO ALEGRE
MARENNA ENCERRANDO SUA PARTICIPAÇÃO COM CHAVE DE OURO
MARENNA ENCERRANDO SUA PARTICIPAÇÃO COM CHAVE DE OURO

O próximo show ficou a cargo da banda GUEPPARDO, que está promovendo o seu primeiro álbum completo, "Fronteira Final" de 2015. Além disso, o grupo também está apresentando ao público o seu novo vocalista, Maurício Osório. O músico passa a impressão que já canta na banda há anos, tamanha a desenvoltura e a performance que exerce durante as canções. O entrosamento do quarteto é evidente e músicas como "Fúria e Paixão", "Planeta Proibido", "Chuva", "Nada a Perder", "Anjos e Demônios" e a já clássica "Fissura Total" passam toda a energia que só uma grande banda de Hard Rock consegue transmitir para a plateia. O grupo encerrou no domingo uma verdadeira maratona com três shows em três dias, os outros foram realizados na sexta-feira (24) também em Porto Alegre e no sábado (25) em São Leopoldo. Mesmo assim, a banda não demonstrou cansaço e agitou até o fim do show, com direito a solos de bateria e de guitarra. O Grupo segue para a Argentina, onde vai representar a música pesada gaúcha em dois festivais.

GUEPPARDO QUEBRANDO TUDO
GUEPPARDO QUEBRANDO TUDO
PERŸ RODRIGUEZ DA BANDA GUEPPARDO
PERŸ RODRIGUEZ DA BANDA GUEPPARDO

Eis que chega a hora do show da lenda, um dos três vocalistas que possuem em seu currículo discos gravados com uma das maiores bandas de Heavy Metal da história. BLAZE BAYLEY, o homem que esteve à frente do IRON MAIDEN de 1994 a 1999. Comparações com outros vocalistas se fazem desnecessárias, deve-se ter em mente o contexto histórico desfavorável que a banda e o próprio metal enfrentavam na época.

O cantor esbanjou carisma e qualidade musical, mexendo com o público o tempo todo, entre músicas de toda a sua carreira solo e de seu último álbum ("Human", "Silicon Messiah", "Gosth in the Machine", "Calling You Home", "Independence") não podiam faltar canções da Donzela de Ferro que ganharam vida com sua voz ("Man on the Edge", "Lord of the Flies", "Futureal", "Virus"), vale destacar a grande interpretação cheia de emoção da música "The Clansman". O show ainda teve espaço para versões de "Warchild" e "Fear Of The Dark" que combinaram muito com o tom de voz sombrio do músico. A interação com a platéia foi um dos pontos fortes, o cantor chegou até a gravar um vídeo com seu celular enquanto os fãs gritavam e correspondiam a altura, tornando o espetáculo completo.

BLAZE é um daqueles vocalistas que fazem o show com a mesma empolgação para um estádio lotado ou para uma casa de shows pequena. Ele encara o público nos olhos e cativa à todos com sua performance e excelente técnica vocal. Após finalizar a apresentação, o cantor desceu do palco e foi para o bar, onde tirou fotos e deu autógrafos para quem quisesse, mais um exemplo de seu carisma e de sua humildade.

MAURÍCIO OSÓRIO, NOVO VOCALISTA DA GUEPPARDO MOSTRANDO SUA ADMIRAÇÃO POR BLAZE
MAURÍCIO OSÓRIO, NOVO VOCALISTA DA GUEPPARDO MOSTRANDO SUA ADMIRAÇÃO POR BLAZE
BLAZE BAYLEY E RODRIGO MARENNA
BLAZE BAYLEY E RODRIGO MARENNA

A noite ainda contaria com o show da banda canadense IRON KINGDOM, que estava acompanhando Blaze em sua passagem pelo país. Por se tratar de um domingo, ter passado da meia noite e precisar acordar cedo na segunda-feira, infelizmente eu não consegui ficar para acompanhar esta última apresentação.

Vale ressaltar a ótima estrutura da casa, a qualidade do som, a escolha das bandas convidadas e também ao entusiasmo do público, que mesmo em pequeno número, faz a sua parte e prestigiou o espetáculo com muita emoção. Com certeza, quem esteve presente, guardará na memória com carinho os momentos vividos nesta grande noite.


Outras resenhas de Blaze Bayley (Obra Club, Porto Alegre, 26/06/2016)

Blaze Bayley: Resenha e fotos do show em Porto Alegre


Stamp
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Blaze Bayley: novo álbum será lançado em abril; confira capa e tracklistBlaze Bayley
Novo álbum será lançado em abril; confira capa e tracklist


Blaze Bayley: breve comentário sobre discos gravados com o MaidenBlaze Bayley
Breve comentário sobre discos gravados com o Maiden

Blaze Bayley: Bruce Dickinson sempre apoiou minha carreira soloBlaze Bayley
Bruce Dickinson sempre apoiou minha carreira solo


Rob Halford: 11 coisas que você não sabia sobre eleRob Halford
11 coisas que você não sabia sobre ele

Deep Purple: o riff de Smoke on the Water foi criado por Tom Jobim?Deep Purple
O riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?


Sobre Mateus Rister

Jornalista, assessor de comunicação/imprensa e músico. Apaixonado por Rock And Roll, cinema e contracultura. Dono do blog insanityrecords.com.br e incentivador de cenário musical autoral.

Mais matérias de Mateus Rister no Whiplash.Net.