Matérias Mais Lidas

imagemHumberto Gessinger faz símbolo do "L" do Lula com a mão em show e fãs vibram

imagemBill Hudson diz que tatuagem pode ter sido entrave para entrar no Megadeth

imagemMarcos Mion conta história de encontro (e manjada) com Bon Jovi no banheiro

imagemA curiosa opinião de Ozzy sobre cover do Metallica para "Sabbra Cadabra"

imagemEdgard Scandurra, do Ira!, explica atual sumiço do rock nas rádios brasileiras

imagemTaylor Hawkins: Ele estava cansado e pronto pra abandonar o Foo Fighters

imagemBruce Dickinson diz o que o surpreendeu quando retornou ao Iron Maiden

imagemA curta e interessante lista de músicas do Iron Maiden escritas por Dave Murray

imagemO que mais impede Kiko Loureiro de voltar ao Angra? (Não tem nada a ver com o Megadeth)

imagemLuísa Sonza posta fotos com camiseta da banda de death metal Morbid Angel

imagemOzzy Osbourne revela o único integrante de sua banda que saiu "do jeito certo"

imagemSimone Simons compartilha foto inusitada; "Caminhoneira de dia e cantora à noite"

imagemAutor de "God Save The Queen", Johnny Rotten diz que sente orgulho da Rainha Elizabeth

imagemIan Gillan conta como foi sua primeira saída do Deep Purple, em 1973

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores


Stamp

Accept: A passagem da Blind Rage Tour pelo Rio de Janeiro

Resenha - Accept (Imperator, Rio de Janeiro, 09/04/2016)

Por Marcelo Prudente
Fonte: Rockbizz
Em 20/04/16

Há poucas certezas no mundo em que podem se firmar como regra, e uma delas é, sem dúvida, que a banda alemã, Accept, é a sua melhor aposta se o seu objetivo é se divertir em uma noite de sábado embalado numa trilha sonora de primeira. E foi dessa forma que o público carioca festejou a noite de ontem, (9), quando os alemães deram uma aula do que é o heavy metal.

Ainda na divulgação do ótimo álbum "Blind Rage", a banda conseguiu arquitetar um repertório onde fora apresentado o suprassumo da atual fase, bem como os clássicos dos anos 1980, o que garantiu alegria dos fãs, que embora não lotasse as dependências do Imperator, agitaram e vibraram do primeiro ao último acorde da noite.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Se a lição era para ensinar o que é o metal, então nada melhor que rechear a aula com canções do teor de "Stampede", "Stalingrad", "Teutonic Terror", "London Leatherboys", "Dying Breed", "No Shelter" e "Midnight Mover", que fácil, fácil, ganharam eco na aplicada turma.

A legitimação do grande sucesso da atual fase do Accept pode ser diretamente atribuída à genialidade de Wolf Hoffmann (guitarra) e Peter Baltes (baixo) ao integrar à banda o ex-TT Quick, Mark Tornillo (vocal) – completa a banda Uwe Lulis (guitarra) e Christopher Williams (bateria). Não há a intenção de depreciar, tampouco paliar o trabalho dos vocalistas predecessores, mas é fato que Mark Tornillo trouxe dose extra de energia e talento ao som dos alemães, sendo uma das raras exceções onde o vocalista substituto consegue sobrepor o cantor "clássico".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Canções tidas como clássicas como "Fast as a Shark", "Metal Heart", "Balls to the Wall", "Restless and Wild" e "Son of a Bitch" ganharam acolhida perfeita na interpretação e voz de Tornillo, e na noite de ontem o vocalista teve como segunda voz os fãs cariocas, que cantaram cada verso e refrão provando também seu poderio sonoro.

Com quase duas horas de aula – ou show – o Accept provou o porquê de tanta adulação por parte do público e mídia. A banda está mais afiada do que nunca, e a prova foi os sorrisos estampado no rosto de quem se propôs sair de casa numa noite de sábado para assistir uma prazerosa aula de heavy metal.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Aos que cismam que apenas o ‘lineup’ clássico é digno de atenção e renegam a nova/atual fase do grupo o que lhes restam é o lamento. Já o público que consente "o novo Accept" e não pôde comparecer ao show, fica a certeza do breve retorno da banda aos palcos cariocas, visto a satisfação de se apresentar na cidade.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

PRB
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Quando UDO se arriscou no hard rock com "Faceless World" (vídeo).

Accept encerra um ciclo com "Too Mean to Die"

Accept: metal em alto nível com "The Rise of Chaos" (vídeo).

Udo estreiou "de verdade" em "Mean Machine"

Accept tentou repetir o sucesso com "Stalingrad" (vídeo).

Accept: tentando não se repetir em "Blind Rage" (vídeo)

UDO: o início da carreira solo do ex-vocalista do Accept com "Animal House" (vídeo)

Accept: Udo se despede da banda com o álbum "Predator" (vídeo).

Accept: falhando ao tentar ser a versão alemã do Def Leppard (vídeo)




Sobre Marcelo Prudente

Marcelo Prudente, 28 anos, nascido em Volta Redonda/Rio de Janeiro. É profissional da área de Comunicação, trabalha com Publicidade e Jornalismo. Começou a tomar gosto pela música quando criança por influência dos pais e tio. Louco pela carreira do velho madman, Ozzy Osbourne. Curte também Iron Maiden, Kiss, Rammstein, Rob Zombie, Alice Cooper, etc. E já perdeu a conta dos bons shows que já assistiu e dos ótimos discos que tem. Para mais informação: http://rockonstage.blogspot.com/. Long live to Rock n' Roll.

Mais matérias de Marcelo Prudente.