Accept: A passagem da Blind Rage Tour pelo Rio de Janeiro

Resenha - Accept (Imperator, Rio de Janeiro, 09/04/2016)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcelo Prudente, Fonte: Rockbizz
Enviar Correções  

Há poucas certezas no mundo em que podem se firmar como regra, e uma delas é, sem dúvida, que a banda alemã, Accept, é a sua melhor aposta se o seu objetivo é se divertir em uma noite de sábado embalado numa trilha sonora de primeira. E foi dessa forma que o público carioca festejou a noite de ontem, (9), quando os alemães deram uma aula do que é o heavy metal.

Accept: banda está trabalhando em músicas de novo disco

Sexo: os clipes mais sensuais do Metal segundo a Metal Hammer

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda na divulgação do ótimo álbum "Blind Rage", a banda conseguiu arquitetar um repertório onde fora apresentado o suprassumo da atual fase, bem como os clássicos dos anos 1980, o que garantiu alegria dos fãs, que embora não lotasse as dependências do Imperator, agitaram e vibraram do primeiro ao último acorde da noite.

Se a lição era para ensinar o que é o metal, então nada melhor que rechear a aula com canções do teor de "Stampede", "Stalingrad", "Teutonic Terror", "London Leatherboys", "Dying Breed", "No Shelter" e "Midnight Mover", que fácil, fácil, ganharam eco na aplicada turma.

A legitimação do grande sucesso da atual fase do Accept pode ser diretamente atribuída à genialidade de Wolf Hoffmann (guitarra) e Peter Baltes (baixo) ao integrar à banda o ex-TT Quick, Mark Tornillo (vocal) – completa a banda Uwe Lulis (guitarra) e Christopher Williams (bateria). Não há a intenção de depreciar, tampouco paliar o trabalho dos vocalistas predecessores, mas é fato que Mark Tornillo trouxe dose extra de energia e talento ao som dos alemães, sendo uma das raras exceções onde o vocalista substituto consegue sobrepor o cantor "clássico".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Canções tidas como clássicas como "Fast as a Shark", "Metal Heart", "Balls to the Wall", "Restless and Wild" e "Son of a Bitch" ganharam acolhida perfeita na interpretação e voz de Tornillo, e na noite de ontem o vocalista teve como segunda voz os fãs cariocas, que cantaram cada verso e refrão provando também seu poderio sonoro.

Com quase duas horas de aula – ou show – o Accept provou o porquê de tanta adulação por parte do público e mídia. A banda está mais afiada do que nunca, e a prova foi os sorrisos estampado no rosto de quem se propôs sair de casa numa noite de sábado para assistir uma prazerosa aula de heavy metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Aos que cismam que apenas o ‘lineup’ clássico é digno de atenção e renegam a nova/atual fase do grupo o que lhes restam é o lamento. Já o público que consente "o novo Accept" e não pôde comparecer ao show, fica a certeza do breve retorno da banda aos palcos cariocas, visto a satisfação de se apresentar na cidade.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Accept: banda está trabalhando em músicas de novo discoAccept
Banda está trabalhando em músicas de novo disco

Arquivo do Rock: Cinco anos do festival Monsters of Rock de 2015Arquivo do Rock
Cinco anos do festival Monsters of Rock de 2015


Kai Hansen: escolhendo as dez maiores bandas de metal da AlemanhaKai Hansen
Escolhendo as dez maiores bandas de metal da Alemanha

Heavy Metal: as 10 capas mais de macho de todos os temposHeavy Metal
As 10 capas mais "de macho" de todos os tempos


Sexo: os clipes mais sensuais do Metal segundo a Metal HammerSexo
Os clipes mais sensuais do Metal segundo a Metal Hammer

Slash: chapação, a louca e atraente Fergie e Axl RoseSlash
Chapação, a louca e atraente Fergie e Axl Rose


Sobre Marcelo Prudente

Marcelo Prudente, 28 anos, nascido em Volta Redonda/Rio de Janeiro. É profissional da área de Comunicação, trabalha com Publicidade e Jornalismo. Começou a tomar gosto pela música quando criança por influência dos pais e tio. Louco pela carreira do velho madman, Ozzy Osbourne. Curte também Iron Maiden, Kiss, Rammstein, Rob Zombie, Alice Cooper, etc. E já perdeu a conta dos bons shows que já assistiu e dos ótimos discos que tem. Para mais informação: http://rockonstage.blogspot.com/. Long live to Rock n' Roll.

Mais matérias de Marcelo Prudente no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280