Matérias Mais Lidas

Pitty tuíta que moda agora é ser roqueiro e apaga após Anitta e fãs reagiremPitty tuíta que "moda agora é ser roqueiro" e apaga após Anitta e fãs reagirem

Roger Moreira explica por que é um dos únicos artistas que ainda defende BolsonaroRoger Moreira explica por que é "um dos únicos artistas" que ainda defende Bolsonaro

A categórica opinião de Kiko Loureiro sobre SlashA categórica opinião de Kiko Loureiro sobre Slash

Titãs: o motivo pelo qual Arnaldo Antunes saiu da banda antes de TitanomaquiaTitãs: o motivo pelo qual Arnaldo Antunes saiu da banda antes de "Titanomaquia"

Guns N' Roses: DJ Ashba critica Buckethead e seu balde de frango na cabeçaGuns N' Roses: DJ Ashba critica Buckethead e "seu balde de frango na cabeça"

A banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício BrancoA banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício Branco

Ghost: banda toca música inédita e revela novo visual de Papa Emeritus; confira vídeosGhost: banda toca música inédita e revela novo visual de Papa Emeritus; confira vídeos

Como está hoje o casal que inspirou Eduardo e Mônica, da Legião UrbanaComo está hoje o casal que inspirou "Eduardo e Mônica", da Legião Urbana

Beatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NMEBeatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NME

A carinhosa opinião de Chris Cornell sobre John LennonA carinhosa opinião de Chris Cornell sobre John Lennon

Black Sabbath: 10 músicas menos conhecidas da formação clássica que todos deveriam ouvirBlack Sabbath: 10 músicas menos conhecidas da formação clássica que todos deveriam ouvir

Slash diz que ficou impressionado e orgulhoso ao ver Axl Rose como vocalista do AC/DCSlash diz que ficou impressionado e orgulhoso ao ver Axl Rose como vocalista do AC/DC

Paulo Baron: Empresário comenta a experiência de ter trabalhado com Ronnie James DioPaulo Baron: Empresário comenta a experiência de ter trabalhado com Ronnie James Dio

Pitty: debatendo com Anitta sobre liberdade sexual no Altas HorasPitty: debatendo com Anitta sobre liberdade sexual no Altas Horas

U2: Edge escolhe a melhor música gravada por outro artista (e você certamente a ouviu)U2: Edge escolhe a melhor música gravada por outro artista (e você certamente a ouviu)


Stamp

Bullet For My Vallentine: Uma apresentação impecável no RJ

Resenha - Bullet For My Valentine (Circo Voador, Rio de Janeiro, 12/07/2015)

Por Luan Gabriel Oliveira
Em 24/07/15

2 anos após o cancelamento de sua apresentação no Rock in Rio, o Bullet For My Valentine cumpre sua pendência de tocar pela primeira vez no Rio. Com nova formação devido à saída do baixista Jason James, a banda trouxe a turne do novo álbum Venom a ser lançado em Agosto, com abertura dos americanos do Motionless in White.

O primeiro ponto a se ressaltar foi a pontualidade de ambas as bandas. Exatamente às 19 horas, pôde-se escutar as primeiras notas do Motionless in White ecoarem no Circo Voador na noite de Domingo. Promovendo o último disco Reincarnate, a banda de abertura, em sua segunda passagem pelo país, demonstrou domínio do público com um set objetivo e com direito a um cover do Rammstein. Formada por Chris "Motionless" Cerulli (vocal), Josh Balz (teclado), Ryan Sitkowski (guitarra solo), Ricky "Horror" Olson (guitarra base) e Devin "Ghost" Sola (baixo), além do baterista contratado Vinny Mauro, o Motionless in White conta com 3 álbuns de estúdio e uma passagem pelo Brasil, além da atual que percorreu Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Rio. Iniciou-se o show com as novas Break The Cycle; Reincarnate e Death March, que já foram suficientes para animar o público.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Um dos pontos altos do show foi a apresentação de uma das músicas do início da carreira da banda, Abigail, presente no debut Creatures, que arrancou berros incessantes da platéia, além do mosh presente em ambos os shows da noite. O set voltou-se mais ao novo album da banda, que ainda entregou as músicas Generation Lost; Dead As Fuck e Unstoppable ao setlist, que ainda contou com três músicas do Infamous (America; If It’s Dead, We’ll Kill It e Devil’s Night). A interação com o público foi constante por parte do cantor Chris "Motionless", que a todo momento possível ordenava a platéia a pular e repetir as letras da banda, além de valorizar a banda que iria tocar após sua apresentação, o Bullet For My Valentine, momento que arrancou berros de toda a pista.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Para finalizar a consistente e calorosa apresentação, Chris anunciou que eles iriam usar três palavras em alemão por um momento, para anunciar o refrão da música do Rammstein "Du Hast", provavelmente um dos momentos mais intensos do show, e terminaram o mesmo com Immaculate Misconception, do Creatures, que deixou o público perfeitamente aquecido para a apresentação principal da noite.

Novamente, mostrando grande pontualidade, às 20:30 o Circo Voador tremeu com a introdução do show da banda galesa Bullet For My Valentine com V, que também inicia o novo álbum do quarteto, Venom, o quinto da carreira. Em meios aos berros, eis que surge a banda, formada por Matt Tuck (vocal e guitarra), Michael "Padge" Paget (guitarra solo), Michael "Moose" Thomas (bateria) e o novo integrante Jamie Mathias (baixo), efetivado em Maio de 2015. Matt dirigiu-se logo ao microfone para, ao imediato fim de V, iniciar os urros de No Way Out, também presente do novo disco, para definitivamente dar o começo à ótima apresentação.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Desde os primeiros momentos pôde-se ver a animação do público na primeira passagem do Bullet pelo Rio de Janeiro, que cantou a plenos pulmões as músicas da banda do início ao fim. Emendando com a primeira música do show, tocaram uma das preferidas da platéia, Your Betrayal, com o primeiro verso cantado inteiramente pela mesma, mostrando uma proximidade muito grande entre banda e público mesmo sendo aquela a primeira apresentação dos galeses no estado. Ao fim, Matt interage com o público para anunciar a nova Raising Hell, já presente no set da banda desde 2014, que logo emendou com a pedrada Scream Aim Fire e seu backing vocal empolgante no refrão.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ao fim, o vocalista de 35 anos lembra que essa era a primeira apresentação do grupo no Rio, e portanto eles deveriam retomar desde o primeiro dia como desculpa pela ausência às palavras do cantor, e logo puxaram a música 4 Words (To Choke Upon), do primeiro disco, The Poison, que gerou uma catarse em todos os presentes no Circo Voador. Tocaram ainda Alone, presente no terceiro CD Fever e Suffocating Under Words Of Sorrow (What Can I Do?), também do debut do grupo, antes de Matthew Tuck retornar ao palco sozinho com uma Les Paul e anunciar o momento acústico de The Last Fight, o qual, nas palavras do mesmo, esperava-se um momento especial para primeira apresentação da banda, emendando-se imediatamente após com a versão original da música. Neste momento, a banda aponta para a presença de um câmera no palco, que estava filmando as apresentações da banda pela América do Sul, perguntando como seria se os cariocas estivessem no novo clipe da banda, anunciando uma música que havia sido tocada apenas na noite anterior em São Paulo, Army Of Noise, que imediatamente cativou os presentes e abriu um mosh ainda maior que o existente em todo o show. Momento solo de Michael Paget, que demonstrou sua técnica e ainda uma presença de palco que foi uma surpresa para várias pessoas do público, visto que Padge não costuma interagir em demasia com a platéia.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Imediatamente após, Padge emendou a única música do quarto disco da banda presente no show, Dirty Little Secret do CD Temper Temper, não muito bem recebida pelo público, que não se agitou muito com a presença dela no setlist. Matt, claramente feliz com a recepção calorosa que os cariocas entregaram durante todo o show, perguntou se estávamos interessados em músicas aceleradas e pesadas devido ao incessante coro pedindo a música Hand Of Blood, do primeiro disco, que não vêm sendo tocada nos shows recentes da banda, e anunciou uma das favoritas dos fãs, Waking The Demon do disco Scream Aim Fire, segundo da carreira. A música abriu o maior mosh visto em todas as duas apresentação e permitiu uma interação constante do público, que berrou a letra da mesma a ponto de ser difícil de se ouvir a voz de Matt e de Jamie, que tomou a posição de Jason como vocalista auxiliar da banda, função muito bem cumprida, por sinal.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Ao fim, uma surpresa: The End, do debut da banda, que não era mais um costume da mesma em apresentar, levando o público a pular do início ao fim. Após o típico momento de espera para o bis, permeado de gritos pelas músicas Tears Don’t Fall e Hand Of Blood, os galeses retornaram ao palco com o coro da nova música You Want A Battle? (Here’s A War), que impressionantemente foi cantada por todo o público, apesar do pouco tempo que a música fora lançada. Para finalizar a apresentação, a já considerada clássico pelos fãs da banda, Tears Don’t Fall, para coroar a primeira passagem da banda por terras cariocas, levando todos presentes ao delírio.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Em suma, o Bullet apresentou um set com um pouco de todos os discos de sua carreira, em um show empolgante e com raríssimas falhas técnicas. O baixista Jamie Mathias foi muito bem recebido pelos fãs e cumpriu muito bem sua função no baixo e no vocal, que não perde em nada para Jason James. Ao fim do show, Matt ainda anuncia que retornarão ao Rio o mais cedo possível e desculpou-se pela longa espera aos fãs cariocas dos galeses, que se deleitaram naquela noite de Domingo no dia 12 de Julho com uma apresentação impecável do Bullet For My Valentine.

Setlist Motionless in White
1-Break The Cycle
2-Reincarnate
3-Death March
4-America
5-Abigail
6-If It’s Dead, We’ll Kill It
7-Unstoppable
8-Devil’s Night
9-Generation Lost
10-Dead As Fuck
11-Du Hast
12-Immaculate Misconception

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Setlist Bullet For My Valentine
1-No Way Out
2-Your Betrayal
3-Raising Hell
4-Scream Aim Fire
5-4 Words (To Choke Upon)
6-Alone
7-Suffocating Under Words Of Sorrow (What Can I Do)
(Acoustic Intro For The Last Fight)
8-The Last Fight
9-Army Of Noise
(Guitar Solo)
10-Dirty Little Secret
11-Waking The Demon
12-The End
BIS
13-You Want a Battle? (Here’s a War)
14-Tears Don’t Fall

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Vocalista do BFMV diz que se vacinar é a melhor coisa que a banda e a equipe podem fazerVocalista do BFMV diz que se vacinar é a melhor coisa que a banda e a equipe podem fazer

Os 10 melhores álbuns lançados em 2021, na opinião de Mateus RibeiroOs 10 melhores álbuns lançados em 2021, na opinião de Mateus Ribeiro

Vocalista do BFMV diz que se tornou headbanger por causa do Metallica e do Black AlbumVocalista do BFMV diz que se tornou headbanger por causa do Metallica e do "Black Album"

Metal: as 35 melhores músicas lançadas em 2021, segundo o staff do site LoudwireMetal: as 35 melhores músicas lançadas em 2021, segundo o staff do site Loudwire

Kill The Lights: banda de ex-integrantes do BFMV lança novo single, "Chasing Shadows"

Rock e metal: 7 álbuns de destaque lançados nesta sexta-feira (5/11) para você ouvirRock e metal: 7 álbuns de destaque lançados nesta sexta-feira (5/11) para você ouvir

Bullet For My Valentine: ouça o álbum autointitulado da banda, lançado nesta sexta-feira

Bullet For My Valentine: Matt Tuck explica como banda chegou na sonoridade do novo álbumBullet For My Valentine: Matt Tuck explica como banda chegou na sonoridade do novo álbum

Metal: 6 discos que serão lançados em novembro e merecem a sua atençãoMetal: 6 discos que serão lançados em novembro e merecem a sua atenção

Bullet For My Valentine: "lançaremos um disco raivoso"; ouça prévia da nova fase

Bullet For My Valentine: lançado vídeo oficial de Rainbow Veins, do próximo álbumBullet For My Valentine: lançado vídeo oficial de "Rainbow Veins", do próximo álbum

Lançamentos: 10 músicas de rock e metal desta semana que merecem destaqueLançamentos: 10 músicas de rock e metal desta semana que merecem destaque

Bullet For My Valentine: banda lança "Rainbow Veins", faixa do próximo álbum


Bullet For My Valentine: As 10 músicas que mudaram a vida de Matt TuckBullet For My Valentine: As 10 músicas que mudaram a vida de Matt Tuck

Bullet For My Valentine: a melhor música de cada álbum de estúdioBullet For My Valentine: a melhor música de cada álbum de estúdio

Bullet For My Valentine: depondo sobre masturbaçãoBullet For My Valentine: depondo sobre masturbação


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaOut
Os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista