Cannibal Corpse: 25 anos de Death Metal em Curitiba

Resenha - Cannibal Corpse (Music Hall, Curitiba, 22/06/2013)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Eduardo Gonçalves
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Olá a todos. Os mestres supremos do Death Metal mundial aterrissam mais uma vez em Curitiba, desta vez, trazendo sua turnê comemorativa de 25 anos de Death Metal, ou seja, 25 anos de podridão sonora regada de muitos clássicos era o que esperava o bom público presente na fria noite de sábado, 22 de junho de 2013.

Cannibal Corpse: clássico disco Torture é relançado em versão deluxe no BrasilJudas Priest: 10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal

Por volta de 20h, o Cannibal Corpse sobe ao palco, direto, sem banda de abertura nem muita frescura, mandam a insana e clássica A Skull Full Of Maggots e logo de cara, George "Corpsegrinder" Fisher e seus bastardos já ganham o público, que ensandecido, vibrava a cada martelaço dos caras.

O setlist foi recheado de clássicos, passando por todas as fases da banda, desde o primeiro Eaten Back to Life, de 1990, até o mais recente, Torture, de 2012, num total de 20 faixas que deixaram todos extasiados e com pescoços doloridos. O monstro Alex Webster é sem dúvida um dos melhores baixistas do estilo, apavorando nos graves e esbanjando muita, mas muita técnica.

Os pontos altos do show foram para Addicted to Vaginal Skin, Sentenced to Burn, Gutted, e claro, para a finaleira do show, com I Cum Blood, Encased in Concrete (esta do último álbum e que ao vivo ficou ainda mais absurda), Make them Suffer, o clássico supremo, Hammer Smashed Face, dedicada para Jeff Hanneman, guitarrista do Slayer, recém-falecido, e fechando o massacre com Stripped, Raped and Strangled de forma magistral.

Fim de festa, todos saindo extasiados e com largos sorrisos na cara, satisfeitos com o que acabaram de presenciar, que foi sem dúvida uma aula de Death Metal. Vida longa ao Cannibal Corpse! Que voltem mais vezes! Forte abraço e até a próxima.

Formação:

* George "Corpsegrinder" Fisher - Vocalista
* Pat O'Brien - Guitarrista
* Rob Barrett - Guitarrista
* Alex Webster - Baixista
* Paul Mazurkiewicz - Baterista

Setlist:

1. A Skull Full of Maggots
2. Staring Through the Eyes of the Dead
3. Edible Autopsy
4. Addicted to Vaginal Skin
5. An Experiment in Homicide
6. Sentenced to Burn
7. Gutted
8. Demented Aggression
9. Scourge of Iron
10. Disfigured
11. Evisceration Plague
12. Dormant Bodies Bursting
13. Disposal of the Body
14. Decency Defied
15. Dead Human Collection
16. I Cum Blood
17. Encased in Concrete
18. Make them Suffer
19. Hammer Smashed Face
20. Stripped, Raped and Strangled



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Cannibal Corpse"


Cannibal Corpse: clássico disco Torture é relançado em versão deluxe no BrasilCannibal Corpse: álbum "Torture" é relançado em versão deluxe no Brasil

World of Warcarft: vocalista do Cannibal Corpse é fã do jogoWorld of Warcarft
Vocalista do Cannibal Corpse é fã do jogo

Cannibal Corpse: antes da prisão, Pat dizia que alguém estava atrás deleCannibal Corpse
Antes da prisão, Pat dizia que alguém estava atrás dele

Jim Carrey: batendo cabeça ao som de Cannibal CorpseJim Carrey
Batendo cabeça ao som de Cannibal Corpse


Judas Priest: 10 fatos que comprovam que eles são Heavy MetalJudas Priest
10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal

Show de Rock: as diferenças entre os anos 80 e 2010Show de Rock
As diferenças entre os anos 80 e 2010

Metallica: ouça Nothing Else Matters em escala maiorMetallica
Ouça "Nothing Else Matters" em escala maior

Metallica: Perguntas, respostas e curiosidades diversasDave Mustaine: Maroon 5 o deixou boquiabertoQueen: primeiro frontman do Smile sentiu ciúmes da banda e de FreddieSeparadas no nascimento: Tarja Turunen e Virgem Maria

Sobre Eduardo Gonçalves

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.