Matérias Mais Lidas

A sincera opinião de Regis Tadeu sobre Lemmy Kilmister (Motörhead)A sincera opinião de Regis Tadeu sobre Lemmy Kilmister (Motörhead)

Marcelo Barbosa diz que seu curso online de guitarra dá mais dinheiro que o AngraMarcelo Barbosa diz que seu curso online de guitarra dá mais dinheiro que o Angra

Eric Clapton: o que ele acha de ter tirado esposa de George Harrison?Eric Clapton: o que ele acha de ter tirado esposa de George Harrison?

O dia que Jimi Hendrix abriu show com música dos Beatles e Paul McCartney assistiuO dia que Jimi Hendrix abriu show com música dos Beatles e Paul McCartney assistiu

Metallica: Cliff Burton observou Robert Trujillo durante sua audição para a bandaMetallica: Cliff Burton "observou" Robert Trujillo durante sua audição para a banda

Kiko Loureiro: o que o guitarrista do Megadeth pensa de quem o chama de arroganteKiko Loureiro: o que o guitarrista do Megadeth pensa de quem o chama de arrogante

Anthrax: Scott Ian toca Sepultura com filho virtuoso de 10 anos de idadeAnthrax: Scott Ian toca Sepultura com filho virtuoso de 10 anos de idade

Amazon: seleção de CDs, LPs e livros de rock e metal com até 75% de desconto hojeAmazon: seleção de CDs, LPs e livros de rock e metal com até 75% de desconto hoje

A opinião de Diva Satanica, da Nervosa, sobre Tatiana Shmailyuk do JinjerA opinião de Diva Satanica, da Nervosa, sobre Tatiana Shmailyuk do Jinjer

Quando Keith Moon apareceu na casa de Alice Cooper vestido de enfermeira e limpou tudoQuando Keith Moon apareceu na casa de Alice Cooper vestido de enfermeira e limpou tudo

A música do Judas Priest que reúne todos os elementos do metal, na opinião de KK DowningA música do Judas Priest que reúne todos os elementos do metal, na opinião de KK Downing

A sincera opinião de Lemmy Kilmister sobre Christina AguileraA sincera opinião de Lemmy Kilmister sobre Christina Aguilera

Marcelo D2 voltou a ouvir thrash metal por conta de Fernanda Lira, da banda CryptaMarcelo D2 voltou a ouvir thrash metal por conta de Fernanda Lira, da banda Crypta

Nirvana: o dia que Cobain se enrolou todo para explicar significado do nome da bandaNirvana: o dia que Cobain se enrolou todo para explicar significado do nome da banda

Roberto Barros decepou dedo da mão da palhetada em acidente no começo da carreiraRoberto Barros decepou dedo da mão da palhetada em acidente no começo da carreira


Yes: em Brasília, a master class de progressivo

Resenha - Yes (Nilson Nelson, Brasília, 19/05/2013)

Por Maurício Gomes Angelo
Em 22/05/13

O YES é a definição do que se convencionou chamar de "progressivo sinfônico". Depois de 45 anos de estrada, combalidos pelo tempo, a banda se mantém em pé e bem. O progressivo, em si, ainda sobrevive dos seus dinossauros e, em outra ponta, das bandas atuais geralmente calcadas no metal e/ou extremamente experimentais, misturando vários gêneros do prog, nenhuma, no entanto, a alcançar um reconhecimento sequer mediano de popularidade no mundo.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Se lá nos anos 60 e principalmente 70 o progressivo dominou boa parte dos holofotes da música, o YES foi uma das peças centrais nisso. Seus 8 discos lançados na década de 70 são um testemunho do talento e da produção incansável de uma das formações mais clássicas do rock: Jon Anderson, Chris Squire, Rick Wakeman, Bill Bruford (e logo depois Alan White) e Steve Howe. Nesta turnê no Brasil Anderson foi substituído por Jon Davison, que busca reproduzir fielmente o estilo e os vocais de Anderson, tendo muita competência pra isso.

E que privilégio é ver Squire, White e Howe ali no palco. Geoff Dowes, que substitui Wakeman, um dos responsáveis por tornar o YES o que é, um dos tecladistas mais megalomaníacos e talentosos da história do rock, não compromete em nenhum momento. Depois de inúmeras idas e vindas, Wakeman deixou o YES pela última vez em 2008.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Mas aí você tem uma reunião de gênios no que fazem interpretando 3 dos maiores discos do prog: "Close To The Edge", símbolo máximo, obra-prima absoluta, inclusive considerado pela comunidade Prog Archives (talvez a maior referência em prog na web) o maior disco de progressivo de todos os tempos e outras duas belezuras "Going For The One" e "The YES Album".

E ali, quando o show começa, ainda febril e doente, lembro porquê, apesar da minha "pouca idade" (risos) sempre fui um fanático por progressivo desde que me entendo por gente. Nunca me decepcionei ao ver esses dinossauros no palco. Nunca foi deprimente ou forçado. Ao contrário. O progressivo, essa mistura pretensiosa de "rock", que de "rock" tem muito pouco, "acentos clássicos e sinfônicos", "jazz" e muito "experimentalismo" – o excesso de aspas denota o quanto o estilo guarda uma exclusividade característica, uma poliritmia de sentidos e orientações – é um mundo em si. E o YES é um dos seus mestres.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Close To The Edge", em seus 38 minutos, é a essência da banda. A faixa-título é um testamento. E o público delira, naturalmente. Um bom público, diga-se, para os padrões de Brasília. Arriscaria pelo menos umas 5 mil pessoas no Nilson Nelson. Talvez mais. O som, ainda que longe da perfeição – e nunca será, num ginásio – estava bem aceitável, melhor que muitos outros shows que já vi ali.

"Going For The One", que já começa num quase "hard rock", puxa as coisas para outro clima, outro tipo de construção, mostrando especialmente a capacidade de Howe e da "cozinha completa" em se aventurar no que bem entendem. Depois do intervalo, "The Yes Album" volta no tempo, de 77 para 71 e dá outra visão da crueza burilada dos anos iniciais da banda. Este disco é o primeiro que revela realmente as intenções do grupo, toda sua pretensão (justificada) e sua capacidade. Como um colega afirmou no Prog Archives:

Opening on the almost 10-mins Yours is No Disgrace, a track that will become the first Yes epic that is loved by fans and still played nowadays, as is most of this album. Right from the first guitar notes, Howe shows the why of his hiring, and the show goes on with the amazing acoustic guitar solo piece of The Clap, a Django Reinhardt live-extravaganza. Another uber-Yes classic the 9-mins+ three-part Starship Trooper fills the rest of this first flawless side of vinyl, where Tony Kaye’s organ flies forward because of Howe’s more versatile nature.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O bis vem com a inevitável "Roundabout", o "hit" da banda nos bicudos anos 80 para o progressivo, o AOR (Adult Oriented Rock) do YES, o rock melódico (Antena 1, manja?) do grupo. Se os anos 80 destruíram a dignidade e o talento de muitos do prog, o YES conseguiu passar por eles conservando alguma vergonha. Como não poderia deixar de ser, "Roundabout" é um AOR temperado com o jeito YES de ser e é boa pra caramba.

Delírio total de um público privilegiado e a certeza de que ver bandas assim ao vivo é uma experiência sempre renovadora, sempre "transcendente".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Tarja Turunen lança single com guitarrista do Yes; assista clipe de Closer to the SkyTarja Turunen lança single com guitarrista do Yes; assista clipe de "Closer to the Sky"

Rick Wakeman fala sobre tour do Yes com o Black Sabbath e elogia Ozzy OsbourneRick Wakeman fala sobre tour do Yes com o Black Sabbath e elogia Ozzy Osbourne

Dream Theater: Petrucci diz que no início, banda era uma mistura entre Yes e MetallicaDream Theater: Petrucci diz que no início, banda era uma mistura entre Yes e Metallica

Ghost: Tobias Forge indica seus preferidos do punk e prog obscuro dos anos 70Ghost: Tobias Forge indica seus preferidos do punk e prog obscuro dos anos 70

Loudwire: grandes bandas que lançaram dois (ou três) ótimos álbuns no mesmo anoLoudwire: grandes bandas que lançaram dois (ou três) ótimos álbuns no mesmo ano

Yes: ícone do rock progressivo lança vídeo de Future MemoriesYes: ícone do rock progressivo lança vídeo de "Future Memories"

Pink Floyd: músicos do Yes, Dream Theater, e outras estrelas regravam o álbum AnimalsPink Floyd: músicos do Yes, Dream Theater, e outras estrelas regravam o álbum "Animals"

Yes: Novo álbum preserva parte da aura da banda


Jimmy Page: como nasceu o supergrupo XYZ, com músicos do Yes, após fim do LedJimmy Page: como nasceu o supergrupo XYZ, com músicos do Yes, após fim do Led

Para entender: o que é rock progressivo?Para entender: o que é rock progressivo?

Progressivo: análises exemplificando a guitarra progressivaProgressivo: análises exemplificando a guitarra progressiva


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Heavy Metal: O início do movimento e a origem do termoHeavy Metal
O início do movimento e a origem do termo


Sobre Maurício Gomes Angelo

Jornalista. Escreve sobre cultura pop (e não pop), política, economia, literatura e artigos em várias áreas desde 2003. Fundador da Revista Movin' Up (www.revistamovinup.com) e da revrbr (www.revrbr.com), agência de comunicação digital. Começou a escrever para o Whiplash! em 2004 e passou também pela revista Roadie Crew.

Mais matérias de Maurício Gomes Angelo.