Manifesto Bar: como foi o concurso camiseta molhada no carnaval

Resenha - Concurso Camiseta Molhada (Manifesto Bar, SP, 12/02/2013)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Carlos Clemente, Fonte: Manifesto Bar
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

O Primeiro Concurso da Camiseta Molhada do Manifesto Bar agitou o carnaval, teve Rock N' Roll, surpreendeu, superou as expectativas e provavelmente mudou a cara de quem no primeiro momento torceu o bico. Muito diferente do que se pensava, os 3 dias de evento foram marcados por diversão, muita presença feminina no Bar e claro que o Rock não foi deixado de lado.

Lemmy: "Eddie Van Halen nunca chegará aos pés de Hendrix!"Oito razões pra dormir com um baterista

No domingo, dia 12, com a casa lotada teve início a primeira eliminatória do Concurso que contou com a apresentação de 10 meninas que haviam se inscrito para participar e assim concorrer a entrada VIP no Manifesto incluindo shows internacionais, roupas Harpia Rock e um ensaio fotográfico com Edu Lawless do site Rock Express.

Sérgio, o apresentador do evento, um baixinho irreverente que lembra Astérix, foi o responsável por quebrar o gelo e tirar boas risadas do público presente. Quem estava mais próximo ao palco foi devidamente armado com "pistolas d'água" e ficaram prontos para "metralhar" qualquer camiseta branca que surgisse.

As candidatas iam descendo do camarim para o palco de acordo com a ordem de chamada do apresentador e sempre pronto para tocar a música da apresentação estava o DJ Edu Rox (Lokaos Rock Show) que criou uma marca na abertura dos 3 dias colocando o tradicional tema "Silvio Santos vem ai", o que já deixava os presentes prontos para o inicio do evento e muitas risadas.

As performances arrancaram suspiros e gritos dos marmanjos presentes, mas conquistar o público não bastava. O julgamento das apresentações ficou por conta dos jurados Joonior Joe (Banda Viva Noite), Edu Lawless (Rock Express), Andinho e a única representante feminina do júri, Jahnavi. O momento das notas era provavelmente o momento mais divertido das apresentações, o público prontamente respondia a cada ponto aplaudindo, vibrando ou tirando sarro dos jurados. Por fim duas concorrentes foram eliminadas nesse dia, perdendo o Concurso, mas ganhando fãs da plateia.

O mais curioso foi observar muitas meninas e casais no público se divertindo com as piadas do apresentador e participação dos jurados, como também apoiando cada menina que se apresentava.

O show de encerramento do primeiro dia ficou a cargo da banda So What que tocou todos os clássicos do Metallica.

Na segunda-feira, dia 11, aconteceu a segunda eliminatória onde mais duas meninas foram eliminadas. O júri nesse dia foi formado por Joonior Joe, Zé "Chuck Norris", Edu Lawless e o produtor musical Paulo Baron, que a todo momento pedia a palavra para o apresentador e interagia com o público, as apresentações mais uma vez foram marcadas por sensualidade, piadas do apresentador e olhos brilhando dos "fãs" da primeira fileira. As participantes também interagiram muito mais com o júri que liderado por Baron também ajudou a molhar a camiseta das meninas com água ou cerveja.

O público adorou pegar no pé de Joonior Joe a cada nota mais baixa de 10 que ele dava e isso fez perceber que para a galera presente todas as participantes seriam campeãs.

O encerramento do evento foi da banda Baranga que tocou seu Rock N' Roll cru cantado por todos seus fãs presentes.

A grande final aconteceu na terça-feira, dia 12, o júri sofreu mais uma pequena alteração com a saída de Zé "Chuck Norris" e volta do Andinho que trouxe um pouco mais de moral e bons costumes para os jurados. O público nesse dia já tinha escolhido suas participantes favoritas e as apoiavam em cada performance.

Sérgio chamava as meninas para o palco que mostraram que estavam dispostas a vencer e surpreender na final. Fantasia de freira, leite e chantilly e figurinos foram alguns dos artifícios utilizados pelas participantes para tentar levar o primeiro lugar.

O júri também fez sua parte no show e por ideia de Edu Lawless utilizaram garrafas de champagne para ajudar a molhar as meninas e isso combinado com a iluminação do palco deu um efeito bem interessante e que deve ter feito a alegria dos fotógrafos de plantão.

Depois de uma votação apertada o resultado foi anunciado e aconteceu um desfile das campeãs pela felicidade de todos.

Em terceiro lugar ficou Bianca, uma verdadeira freira "from hell", que demonstrou muita atitude, criatividade e valorizou o Rock N' Roll das músicas que utilizou como trilha de suas apresentações. Bianca agora terá 3 meses de entrada VIP (incluindo eventos internacionais e shows) no Manifesto + desconto de 50% em um ensaio fotográfico com Edu Lawless (Rock Express)

O segundo lugar foi conquistado pela Raquel ou simplesmente Quel. Com uma ótima performance nos três dias e criatividade que foi aumentando em cada etapa, ela se superou dentro do evento e serviu ao público e jurados desde shots de Rum Malibu até leite e chantilly que também foram muito bem utilizados para molhar a camiseta da participante. Quel faturou 6 meses de entrada VIP (incluindo eventos internacionais e shows) no Manifesto + R$150 de consumação + R$150,00 em roupas Harpia Rock + desconto de 50% em um ensaio fotográfico com Edu Lawless (Rock Express)

O primeiro lugar ficou com uma dupla: Beatriz e Gabi, mas podemos dar um destaque para Beatriz que encarou a primeira eliminatória sozinha e de tamanha timidez se apresentou com um top preto debaixo da camiseta branca, mas com o reforço de Gabi, a partir do segundo dia, a vergonha foi embora e as duas conquistaram júri, público, o apresentador e o primeiro Concurso da Camiseta Molhada do Manifesto Bar.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Baranga"


Metal SP: documentário sobre Heavy Metal em São PauloMetal SP
Documentário sobre Heavy Metal em São Paulo


Lemmy: Eddie Van Halen nunca chegará aos pés de Hendrix!Lemmy
"Eddie Van Halen nunca chegará aos pés de Hendrix!"

Oito razões pra dormir com um bateristaOito razões pra dormir com um baterista
Oito razões pra dormir com um baterista

Di'Anno: Harris é como Hitler e o Maiden é entediante!Di'Anno
"Harris é como Hitler e o Maiden é entediante!"

Dimebag Darrell: namorada fala sobre a vida e a morte do músicoAvenged Sevenfold: The Rev dizia que não passaria dos 30Os estranhos relacionamentos de Janis JoplinStewart Copeland: "Não levava Led Zeppelin a sério graças aos vocais"

Sobre Carlos Clemente

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.