Foo Fighters: Londres recebe o 1º show oficial em dois anos

Resenha - Foo Fighters (NME Awards, Arena Wembley, London, 25/02/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Adriana Farias
Enviar correções  |  Ver Acessos

Garganta arrasada, pé machucado e corpo dolorido. Esse foi o resultado depois de duas horas eletrizantes de FOO FIGHTERS na última sexta-feira (25) no show de encerramento do "NME Awards", na Arena Wembley, em Londres.

Raul Seixas: Por trás da letra de "Carimbador Maluco"Veraneio Vascaína: Uma ácida crítica à polícia brasileira

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dave Grohl fez por merecer o título de "Gênio" - recebido na quarta-feira (23) na festa de premiação dos melhores do ano da revista inglesa "New Musical Express" - e mostrou porque 2011 será decisivo para o FOO FIGHTERS. "Vocês acreditam que este é o nosso primeiro show oficial em dois anos?", gritou o vocalista. "É bom pra caramba estar de volta!"

Foto: WENN.com
Foto: WENN.com

A beira de lançar o sétimo disco depois de quase quatro anos, "Wasting Light" contará com onze faixas inéditas e esta previsto para sair no dia 12 de abril. O álbum marca o retorno de Pat Smear - o guitarrista deixou o FOO FIGHTERS em 1997 com o disco "The Colour and the Shape".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A frente de um letreiro luminoso gigante com as iniciais "FF" - mostrando a onipotência da banda -, Dave Grohl entrou no palco com a sua tradicional Gibson azul e disparou o show com a inédita "Bridge Burning", mas foi só na sequência que o público realmente fervou.

"All My Life" deu o empurrão para o primeiro grande bate-cabeça do show. O estudante chileno Matías Jimenez, 26, saiu da roda quase inconsciente depois de ter se machucado com uma cabeçada que levou no rosto. "Estou destruído, mas a emoção de ter visto FOO FIGHTERS pela primeira vez não tem preço!", disse o fã.

Foto: WENN.com
Foto: WENN.com

Foto: WENN.com
Foto: WENN.com

Longe de ser o único estrangeiro em meio a 12 mil fãs, o FOO FIGHTERS deu a dimensão de quão cosmopolita é a capital inglesa. "Learn To Fly" e "Generator" eram cantadas nos mais diferentes sotaques. Chilenos, espanhois, venezuelanos, italianos, portugueses e brasileiros tinham as músicas na ponta da língua.

Soando com garra e sintonia, as explosivas "Breakout" e "Everlong" colocaram em dúvida a idade real de Dave Grohl. Enlouquecido, mas sem perder o tom, o vocalista corria de um lado a outro do palco, gritava, esperneava, socava a guitarra e fazia graça com o baterista Taylor Hawkins. Custava a acreditar que o músico tinha acabado de completar 42 anos.

Foto: WENN.com
Foto: WENN.com

Para testar a reação do público diante do novo repertório "White Lemo", "Rope" e "These Days" também entraram no set list. As faixas dividiram o público entre aqueles que não faziam idéia do que estavam ouvindo e outra meia duzia que sabia de cor a letra de "Rope" - primeira música de trabalho do novo disco. O single foi lançado oficialmente no dia 1º de março.

"This is a Call" e a calibrada "Best of You", hits que consagraram a banda no cenário internacional, foram escolhidas para encerrar o show. Dave Grohl and cia. se despediram calorosamente do público finalizando o show com a certeza de que o FOO FIGHTERS continua entre as maiores bandas de rock da atualidade. Agora é cruzar os dedos e esperar o grupo desembarcar no Brasil, quem sabe para o Rock in Rio!

Foto: M.Jimenez
Foto: M.Jimenez

Confira o set list:

Bridge Burning / Wasting Light (2011)
All My Life
Times Like These
White Limo / Wasting Light (2011)
Learn to Fly
My Hero
Rope / Wasting Light (2011)
Generator
The Pretender
Up in Arms
Long Road to Ruin
Cold Day in the Sun
Stacked Actors
These Days / Wasting Light (2011)
Breakout
Monkey Wrench
Hey, Johnny Park!
Everlong

Bis
Young Man Blues (The Who cover)
Skin and Bones
This is a Call
Best of You

Também se apresentaram no "NME Awards Big Gig" as bandas NO AGE (Los Angeles), BAND OF HORSES (Seattle) e o rapper CEE LO GREEN (Atlanta).

Foto: M.Jimenez
Foto: M.Jimenez



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Foo Fighters"


Nirvana: Dave Grohl fala de quando mostrou uma canção sua para Kurt CobainNirvana
Dave Grohl fala de quando mostrou uma canção sua para Kurt Cobain

Taylor Hawkins: Só espero que o Foo Fighters termine antes de ficar ruimTaylor Hawkins
"Só espero que o Foo Fighters termine antes de ficar ruim"


Raul Seixas: Por trás da letra de Carimbador MalucoRaul Seixas
Por trás da letra de "Carimbador Maluco"

Veraneio Vascaína: Uma ácida crítica à polícia brasileiraVeraneio Vascaína
Uma ácida crítica à polícia brasileira


Sobre Adriana Farias

Nascida em São Paulo, Adriana Farias é jornalista pela PUC-SP e autora do livro-reportagem ¨London Calling - histórias de brasileiros em Londres¨. A jornalista já foi produtora na RedeTV! e repórter da emissora PlayTV na área cultural, locais em que coleciona entrevistas importantes com grandes nomes do heavy/rock nacional e internacional, como Joey DeMaio (Manowar), David Bryan (Bon Jovi), Crashdïet, Kings of Leon, The Dickies, Kid Vinil, Angra, Sepultura entre outros. Com apenas 16 anos a autora deu início a sua colaboração ao Whiplash!, entre suas reportagens mais importantes constam os textos analisando a grande imprensa no quesito heavy/rock e a cobertura de mega shows no Brasil e na Europa. Atualmente, a jornalista tem uma dupla jornada como editora de texto na TV Cultura e repórter na Folha de S.Paulo. Entre em contato com a jornalista no blog meonthestreet.

Mais matérias de Adriana Farias no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline