RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemFatboy Slim confessa ter se arrependido de conhecer David Bowie pessoalmente

imagemA influente banda que acabou causando a "separação" do Guns N' Roses

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemO megahit dos Beatles inspirado em desenho de amiguinha do filho de John Lennon

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemOzzy Osbourne é contemplado com dois Grammy na edição de 2023 do evento

imagemAs polêmicas escolhas do Nirvana para o "MTV Unplugged in New York"

imagemAs 5 bandas confirmadas no Summer Breeze Brasil que não tocarão em outras cidades

imagemO hit da Legião Urbana que Renato Russo considerava "pretensioso e babaca"

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemNovo álbum do Angra será o melhor da era Fabio Lione, segundo Felipe Andreoli

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas

imagemLendário empresário do Kiss se manifesta sobre acusações de playback de Paul Stanley

imagemBeatles: O processo de gravação do "Let It Be", segundo o produtor George Martin

imagemKiss: Segundo Gene Simmons, Ace Frehley votou pela demissão de Peter Criss, em 1980


Stamp

Foo Fighters: Londres recebe o 1º show oficial em dois anos

Resenha - Foo Fighters (NME Awards, Arena Wembley, London, 25/02/2011)

Por Adriana Farias
Postado em 28 de fevereiro de 2011

Garganta arrasada, pé machucado e corpo dolorido. Esse foi o resultado depois de duas horas eletrizantes de FOO FIGHTERS na última sexta-feira (25) no show de encerramento do "NME Awards", na Arena Wembley, em Londres.

Dave Grohl fez por merecer o título de "Gênio" – recebido na quarta-feira (23) na festa de premiação dos melhores do ano da revista inglesa "New Musical Express" – e mostrou porque 2011 será decisivo para o FOO FIGHTERS. "Vocês acreditam que este é o nosso primeiro show oficial em dois anos?", gritou o vocalista. "É bom pra caramba estar de volta!"

A beira de lançar o sétimo disco depois de quase quatro anos, "Wasting Light" contará com onze faixas inéditas e esta previsto para sair no dia 12 de abril. O álbum marca o retorno de Pat Smear – o guitarrista deixou o FOO FIGHTERS em 1997 com o disco "The Colour and the Shape".

A frente de um letreiro luminoso gigante com as iniciais "FF" – mostrando a onipotência da banda –, Dave Grohl entrou no palco com a sua tradicional Gibson azul e disparou o show com a inédita "Bridge Burning", mas foi só na sequência que o público realmente fervou.

"All My Life" deu o empurrão para o primeiro grande bate-cabeça do show. O estudante chileno Matías Jimenez, 26, saiu da roda quase inconsciente depois de ter se machucado com uma cabeçada que levou no rosto. "Estou destruído, mas a emoção de ter visto FOO FIGHTERS pela primeira vez não tem preço!", disse o fã.

Longe de ser o único estrangeiro em meio a 12 mil fãs, o FOO FIGHTERS deu a dimensão de quão cosmopolita é a capital inglesa. "Learn To Fly" e "Generator" eram cantadas nos mais diferentes sotaques. Chilenos, espanhois, venezuelanos, italianos, portugueses e brasileiros tinham as músicas na ponta da língua.

Soando com garra e sintonia, as explosivas "Breakout" e "Everlong" colocaram em dúvida a idade real de Dave Grohl. Enlouquecido, mas sem perder o tom, o vocalista corria de um lado a outro do palco, gritava, esperneava, socava a guitarra e fazia graça com o baterista Taylor Hawkins. Custava a acreditar que o músico tinha acabado de completar 42 anos.

Para testar a reação do público diante do novo repertório "White Lemo", "Rope" e "These Days" também entraram no set list. As faixas dividiram o público entre aqueles que não faziam idéia do que estavam ouvindo e outra meia duzia que sabia de cor a letra de "Rope" - primeira música de trabalho do novo disco. O single foi lançado oficialmente no dia 1º de março.

"This is a Call" e a calibrada "Best of You", hits que consagraram a banda no cenário internacional, foram escolhidas para encerrar o show. Dave Grohl and cia. se despediram calorosamente do público finalizando o show com a certeza de que o FOO FIGHTERS continua entre as maiores bandas de rock da atualidade. Agora é cruzar os dedos e esperar o grupo desembarcar no Brasil, quem sabe para o Rock in Rio!

[an error occurred while processing this directive]

Confira o set list:

Bridge Burning / Wasting Light (2011)
All My Life
Times Like These
White Limo / Wasting Light (2011)
Learn to Fly
My Hero
Rope / Wasting Light (2011)
Generator
The Pretender
Up in Arms
Long Road to Ruin
Cold Day in the Sun
Stacked Actors
These Days / Wasting Light (2011)
Breakout
Monkey Wrench
Hey, Johnny Park!
Everlong

Bis
Young Man Blues (The Who cover)
Skin and Bones
This is a Call
Best of You

[an error occurred while processing this directive]

Também se apresentaram no "NME Awards Big Gig" as bandas NO AGE (Los Angeles), BAND OF HORSES (Seattle) e o rapper CEE LO GREEN (Atlanta).

[an error occurred while processing this directive]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2

Metallica: Dave Grohl responde sobre carta aberta à banda

Frances Cobain: "O Twitter deveria banir minha mãe"

Foo Fighters: veja a modesta lista de exigências para camarim

RHCP: Kiedis não quer trabalhar com Axl Rose e nem com Dave Grohl


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Adriana Farias

Nascida em São Paulo, Adriana Farias é jornalista pela PUC-SP e autora do livro-reportagem ¨London Calling - histórias de brasileiros em Londres¨. A jornalista já foi produtora na RedeTV! e repórter da emissora PlayTV na área cultural, locais em que coleciona entrevistas importantes com grandes nomes do heavy/rock nacional e internacional, como Joey DeMaio (Manowar), David Bryan (Bon Jovi), Crashdïet, Kings of Leon, The Dickies, Kid Vinil, Angra, Sepultura entre outros. Com apenas 16 anos a autora deu início a sua colaboração ao Whiplash!, entre suas reportagens mais importantes constam os textos analisando a grande imprensa no quesito heavy/rock e a cobertura de mega shows no Brasil e na Europa. Atualmente, a jornalista tem uma dupla jornada como editora de texto na TV Cultura e repórter na Folha de S.Paulo. Entre em contato com a jornalista no blog meonthestreet.
Mais matérias de Adriana Farias.