Megadriver: Metal de videogame na Campus Party

Resenha - Megadriver (Campus Party, São Paulo, 30/01/2010)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Pedro Zambarda de Araújo, Fonte: Bola da Foca
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Fazer um espetáculo com música de videogame, no Brasil, é pra poucos. A banda Megadriver, que abriu shows para o espetáculo Video Game Live (VGL) ano passado, fez uma apresentação aberta dia 30, na Campus Party, área da Petrobrás. Nino lidera essa banda que mescla heavy metal e clássicos dos games ao lado da guitarra base discreta de Ricardo, a bateria de Jeff, o baixo de Rubão e o estreante vocalista Allan Big Thunder. Antes de começarem o espetáculo, foi apresentados aos presentes pelo músico internacional Tommy Tallarico, que lidera a VGL em turnê pelo mundo todo e que se mostrou admirador da música dos garotos.
5000 acessosRammstein: "Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!", diz Till Lindemann5000 acessosVídeo: ex-rockeiro explica o real significado da mão chifrada

Mas os caras não apenas executaram versões de "Greenhill", do game Sonic, ou a música-tema de Metal Gear Solid. Buscaram uma interação diferente com a platéia. Durante a performance de "Mad Racer", do jogo Top Gear do Super Nintendo, um convidado tocou a música no software Frets on Fire, uma espécie de Guitar Hero, open source, simulando em game uma guitarra. Na execução de temas de Street Fighter, outro espectador foi chamado para enfrentar o personagem Ken num simulador do game Street Fighter II. Os presentes vibravam tanto com a música quanto com o combate na telona.

Durante a execução de temas de Final Fantasy, o telão mostrou um apanhado de todos os games. Enquanto acontecia o espetáculo de cenas nostálgicas, Nino fez solos improvisados, enquanto Ricardo executou o tema original na íntegra, sendo um dos ápices do show.

Em pouco mais de uma hora, vimos temas de jogos como Castlevania, Golden Axe e várias passagens de rock pesado criadas pela própria banda. Allan Big Thunder estreou com um vocal muito semelhante ao de bandas de heavy metal melódico, abusando da potência de agudos e outras variações de voz.

A platéia estava sentada no chão e deitada nas redes da bancada da Petrobrás no inicio do show. Nino conseguiu convocar todas as pessoas a levantarem e vibrarem com ele e a banda. "Vamos gente, vamos fazer o show aqui na frente, pulando" disse o frontman, convencendo seu público.

Sua guitarra, que possui o corpo com o rosto do Sonic, atraiu a atenção de boa parte dos presentes, incluindo fotógrafos e cinegrafistas. A banda começou por conta das modificações de instrumentos que Nino fez, criando uma guitarra com a carcaça de um console Megadrive. Hoje já é uma banda de heavy metal com reconhecimento internacional pela VGL.

Na Campus Party, após a apresentação, os músicos venderam exemplares autografados do CD "Metalhog", com temas de Sonic. Apesar desse comércio para ajudar a banda, você pode acessar hoje mesmo o site dos caras e baixar gratuitamente as MP3, sem gastar nada e prestigiando esse projeto que exalta os games. Os jogos eletrônicos encontram melodia e peso na música do Megadriver.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Mega Driver"

Rock e GamesRock e Games
5 bandas e músicos que você deveria conhecer

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Mega Driver"

RammsteinRammstein
"Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!"

VídeoVídeo
Ex-rockeiro explica o real significado da mão chifrada

GuitarristasGuitarristas
E se os mestres esquecessem como se toca?

5000 acessosLayne Staley do Alice in Chains encontrado morto5000 acessosDuff McKagan: Anestesias não funcionam mais no baixista5000 acessosTop 10: dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idade5000 acessosSystem Of a Down: Impressionante versão de "Aerials" com cello5000 acessosGuns N' Roses: como era a dura vida na estrada em 19875000 acessosAC/DC: empresário recorda exigências inusitadas da banda

Sobre Pedro Zambarda de Araújo

Nascido em 1989. Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo, Pedro foi apresentado ao heavy metal através da banda Blind Guardian, em meados de 2004. Ouve e aprecia outros estilos do rock, como o punk, o indie e vertentes mais variadas. Gosta de assistir e cobrir shows.Toca muito mal guitarra, mas aprecia vários tipos de instrumentos musicais.

Mais matérias de Pedro Zambarda de Araújo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online