Almah & Bittencourt Project: review de show no Manifesto

Resenha - Almah & Bittencourt Project (Manifesto, São Paulo, 19/11/2008)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Monica Fontes
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.










Quarta-feira de muito frio em São Paulo, véspera de feriado, e a fila na entrada do Manifesto Rock Bar já era bem grande antes mesmo do horário previsto de abertura da casa. Por volta das 22h30, o público pôde começar a entrar e em pouco tempo, o local estava completamente cheio.

Fotos: Monica Fontes

A expectativa era grande para conferir o trabalho solo de Rafael Bittencourt – Bittencourt Project – e o novo trabalho do Almah, de Edu Falaschi (ambos integrantes do Angra, que continua parado por problemas na Justiça) e que ainda contam com a participação do baixista Felipe Andreoli nas duas bandas.

Pouco depois da meia-noite, com a presença de Tito Falaschi e Ricardo Confessori na platéia, Rafael Bittencourt subiu ao palco acompanhado de Amon Lima (Família Lima) no violino, que por sinal, já está bem “enturmado” com os fãs do Angra. Inclusive até brincou com o público tocando um trechinho de “The Four Seasons – Spring”, de Vivaldi, sendo muito aplaudido. Carismático e atencioso, tem sido constantemente abordado pelos fãs. O restante do grupo foi composto por Marcell Cardoso (Karma) na bateria, Fabrizio Di Sarno (Karma) nos teclados, e Felipe Andreoli (Almah/Angra), no baixo.

A noite começou com “Dedicate My Soul”, que tem tido uma boa aceitação dos fãs, seguida por “The Underworld”, “Torment Of Fate”, “Comendo Melancia” e “Millennium Sun” (instrumental). Essa última contou com a participação marcante do público que cantou a música inteira, em um bonito acompanhamento à banda, que fazia somente a parte instrumental. O show continuou com “Nightfly” e “Nacib Véio” que vem agradando muito por sua letra bem característica (em português) e pela interpretação irreverente de Bittencourt. A parte final contou com “Out Of This World” (faixa bônus do álbum “Aurora Consurgens”), “Santa Teresa”, “Holding Back The Fire”, encerrando com “The Voice Commanding You”, do Angra, na voz de Rafael Bittencourt.

Uma pequena pausa para os ajustes no palco e por volta das 2h00, o Almah começou sua apresentação com “Birds Of Prey”, faixa que abre o segundo álbum da banda intitulado “Fragile Equality”. Na sequência, “Take Back Your Spell” e “Children Of Lies”, ambas do primeiro álbum, seguidas pela linda balada “Bleeding Heart”, do Angra, que é sempre muito aplaudida. O entrosamento e a qualidade da banda ao vivo, com os solos marcantes de Paulo Schroeber e Marcelo Barbosa, e com Edu Falaschi cantando totalmente à vontade e com muita personalidade, foram os pontos fortes da noite. Desde o início, a banda dominou o público que respondia sempre de forma muito positiva. O show continuou com a banda intercalando as músicas de seus dois álbuns, com destaque para “You’ll Understand”, a primeira música do “Fragile Equality” a ser divulgada no MySpace da banda e que tem sido executada ao vivo com perfeição. Em seguida anunciaram “Nova Era” para delírio dos fãs que têm sentido falta do Angra. E para encerrar, nada melhor que a arrasadora “King”.

Ainda no palco, o vocalista Edu Falaschi comunicou que a banda voltaria em seguida para os autógrafos e fotos com os fãs, o que fez com que o local permanecesse cheio mesmo após o término dos shows. Alguns minutos mais tarde, os integrantes das duas bandas atenderam a todos conforme tinham anunciado.

Dois ótimos shows! Grande noite!

E que venham outros assim.

Bittencourt Project:
Rafael Bittencourt – Violão/Guitarras/Vocais
Fabrizio Di Sarno – Teclados
Amon Lima – Violinos
Marcell Cardoso – Bateria
Felipe Andreoli – Baixo

Set List:
Dedicate My Soul
The Underworld
Torment Of Fate
Comendo Melancia
Millennium Sun
Nightfly
Nacib Véio
Out Of This World
Santa Teresa
Holding Back The Fire
The Voice Commanding You

http://www.rafaelbittencourt.com
http://www.myspace.com/bittencourtproject

Almah:
Edu Falaschi – Vocais
Paulo Schroeber – Guitarra
Marcelo Barbosa – Guitarra
Marcelo Moreira – Bateria
Felipe Andreoli – Baixo

Set List:
Birds Of Prey
Take Back Your Spell
Children Of Lies
Bleeding Heart
Beyond Tomorrow
Scary Zone
Breathe
You’ll Understand
Nova Era
King

http://www.almah.com.br
http://www.myspace.com/almahedufalaschi

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

AngraAngra
Banda reage à tragédia com Adrenaline Mob

1747 acessosAngra: Os primórdios de Angel's Cry antes da Demo Reaching Horizons911 acessosAngra: mais um vídeo das gravações do novo álbum1876 acessosBlind Guardian e Rhapsody: Como seria Hansi e Lione cantando juntos?2630 acessosAngra: Uma rara versão acústica de "Carry On" com Andre Matos0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

CoversCovers
Blog elege Top 5 por bandas brasileiras de Rock/Metal

MegadethMegadeth
Mustaine feliz em apresentar Kiko Loureiro ao mundo

AngraAngra
Fabio Lione mostra seus talentos como tenor

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Almah"0 acessosTodas as matérias sobre "Rafael Bittencourt"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

King DiamondKing Diamond
Alguém já viu Kim Petersen sem a maquiagem?

Axl RoseAxl Rose
Um dos vocalistas com maior alcance

Death MetalDeath Metal
Menina de 6 anos detona no America's Got Talent

5000 acessosSteve Vai: O dia em que ele foi humilhado por Chimbinha5000 acessosTotal Guitar: os melhores e piores covers da história5000 acessosPaulo de Castro: Baixos, guitarras, calcinhas, e pinball do Kiss?5000 acessosRevolver Magazine: Os 20 melhores álbuns de 20145000 acessosMetal: alguns dos melhores guitarristas do Brasil em vídeo5000 acessosArch Enemy: técnica vocal e vegetarianismo

Sobre Monica Fontes

Mônica Fontes - Carioca, nascida em 1968, vive no Rio de Janeiro e é tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por música, leitura e cinema, começou a ouvir rock aos 13 anos, já tendo presenciado grandes shows e eventos desse gênero. Além do rock, também se interessa por outros estilos, como o Pop e MPB. Led Zeppelin, Deep Purple, Black Sabbath, Pink Floyd, U2 e Guns N'Roses são algumas de suas bandas preferidas, sem deixar de prestigiar as excelentes bandas e artistas nacionais. Acessa o Whiplash há alguns anos e começou a colaborar por gostar de traduzir os diversos assuntos relacionados no site.

Mais matérias de Monica Fontes no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online