Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemGene Simmons faz passagem de som antes de show do Kiss com roupa inusitada

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemRegis Tadeu explica porque o vinil e o Spotify vão despencar e o CD vai bombar

imagemBill Hudson comenta sobre falta de público de Angra e outras bandas nos EUA

imagemMax Cavalera e o conselho dado por Ozzy Osbourne: "ambos nos sentimos traídos"

imagemJames Hetfield se emociona profundamente no show de BH e é amparado pelos amigos e fãs

imagemDez grandes músicas do Iron Maiden escritas pelo vocalista Bruce Dickinson

imagemDave Mustaine mostra a forma curiosa como se aquece antes de um show do Megadeth

imagemMax Cavalera é criticado por ucranianos pelo apoio a Rússia em 2014

imagemConheça a "melhor banda com as melhores músicas" para Robert Smith, do The Cure

imagemAbba e a imensa importância do Deep Purple na sonoridade de suas músicas clássicas

Marcello Pompeu: ele conta por que não se posiciona politicamente, apesar de cobranças

imagemQueen e a artimanha infantil de Roger Taylor pra ganhar mais dinheiro que os outros

imagemBlind Guardian divulga capa, nomes e duração das faixas de seu novo álbum


Stamp

After Forever: Mágico! É que se pode dizer sobre o show no Brasil!

Resenha - After Forever, Rio de Janeiro (27/07/2005)

Por Antonio Cesar
Em 15/08/05

Mágico. É que se pode dizer sobre o primeiro show do After Forever no Brasil. Mágico sobre vários aspectos; seja pelas grandes composições, pelo instrumental perfeito ou pela belíssima e possante voz de Floor Jansen.

Fotos: Antonio Cesar
Colaboração: Yuri Lira

O set list estava mais voltado para o álbum Invisible Circus (2004), porém não foram deixadas de lado as músicas do primeiro álbum, Prision of Desire (2000), e ainda fomos presenteados com duas canções do próximo álbum, "Remagine", pela primeira vez tocadas ao vivo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Antes do show, havia uma fila gigantesca embaixo dos Arcos da Lapa, o que dava a sensação de que não caberiam tantas pessoas dentro do Circo Voador. Na abertura do portão houve uma pequena confusão, rapidamente solucionada. Após uma espera de aproximadamente quarenta minutos, a banda entra no palco e executa "Childood in Minor", "Beautiful Emptiness", "Between Love and Fire" e "Sins of Idealism", as quatro primeiras músicas de Invisible Circus, levando o público ao delírio.

Em seguida, mesclaram músicas do álbum Decipher, Prision of Desire e uma do inédito álbum Remagine, "Being Everyone". Um dos momentos altos da apresentação aconteceu ao tocarem "The Evil That Men Do", cover da conhecidíssima música do Iron Maiden, com o refrão cantado aos berros pelo público.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Show teve seus momentos leves, como na balada "Eccentric", mas logo voltaram ao "trabalho pesado", como disse Floor antes de tocarem "Digital Deceit", mais uma música do álbum Invisible Circus. É uma tarefa muito difícil dizer em qual música o público vibrou mais, pois a energia foi muito intensa do início ao fim do show.

Generosa, a banda voltou ao palco duas vezes, ainda fazendo uma brincadeira - tocaram um instrumental de "La Bamba" - e se despediram depois de muito agradecer ao público e prometer voltar logo. Floor disse também várias vezes durante o show que esse era o público mais louco pra quem já haviam tocado, e ainda registraram vídeos para serem lançados em um futuro DVD. Sem dúvida foi uma apresentação marcante, tanto para os antigos como para os novos fãs.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quem foi ao Circo Voador naquela noite, viu uma grande banda com um repertório excelente e uma vocalista muito carismática. Ou seja, tudo perfeito... ou quase; até hoje não entendo o porquê da falta da área de imprensa na frente do palco do Circo. Lá há um certo descaso com os profissionais dessa área, visto que sequer recebemos uma credencial, o que faz com que o fotógrafo ou repórter seja facilmente confundido com um fã, tornando ainda mais difícil a cobertura de um evento. Espero que essa situação mude em breve pois, pela quantidade de pessoas que se dirigiram ao local em plena quarta-feira, o Circo provou ser um bom local para shows de metal, tornando-se um grande candidato a futuro palco para outras bandas nacionais e internacionais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Aguarde em breve uma galeria de fotos do show.

Set List:

Childhood in Minor
Beautiful Emptiness
Between Love and Fire
Sins of Idealism
My Pledge of Agliance
Beyond Me
Being Everyone
Yield to Temptation
The Evil That Men Do
Come
Eccentric
Digital Deceit
Through Square Eyes
Forlorn Hope
Line of Thoughts
Monolith of Doubt
Follow in the Cry

(colaboração de Jullie Oliveira)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Antonio Cesar

Antonio Cesar é designer, fotógrafo, ilustrador e manipulador de imagens para o mercado publicitário. Estudou Publicidade, Design Gráfico e Desenho de Propaganda, além de desenhar à mão livre desde os nove anos e pintar à oleo desde os doze. Hoje utililiza os poderosos recursos das ferramentas digitais, como o Photoshop e o Painter, aprimorados com a versatilidade do Tablet, para desenvolver capas e encartes de CD's e DVD's de grandes bandas de Rock e Metal nacionais e internacionais.

Mais matérias de Antonio Cesar.