Kiko Loureiro no Megadeth: Meses depois, algo de bom saindo de uma noite desastrosa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marcello Cohen, Fonte: Blog Coração de Metal
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Bem, antes de mais nada, o boom da noticia de Kiko no Megadeth já passou faz tempo, mas nos últimos dias me dei conta de algo novo nessa história, lendo a Roadie Crew de maio, que acho válido compartilhar com vocês. Kiko cita que sua indicação para a banda partiu do baixista David Ellefson, e a dupla se conheceu (ao menos de forma oficial e séria) no fatídico show do Metal All Stars, em São Paulo, no mês de novembro passado. Bem, o resto é história, mas como estava lá, posso contar o que vi no palco aquele dia, que seguramente contribuiu bastante para sua entrada na banda liderada por Mustaine.

1455 acessosMegadeth: por que "Dystopia" é tão diferente de "Super Collider"5000 acessosAvril Lavigne: Aprenda com Rihanna como fazer um meet & greet

O show foi o maior desastre que já presenciei num palco. Fiz resenha na época, mas em poucas palavras, metade do time de estrelas cancelou na última hora, e quem ficou apresentou ao público um bailão metálico muito mal ensaiado. Surpreendentemente, Kiko apareceu por lá para cobrir as lacunas, e honestamente, fez um trabalho magnífico. Me chamou atenção como ele segurou a onda de um time perdido musicalmente em vários momentos, sendo de longe o maior destaque, provando ser um musico ótimo. Talvez a versatilidade apresentada por Kiko, que além de ser capaz de tocar diferentes estilos, fez tudo em cima da hora, tenha sido decisiva para a escolha no futuro.

David viu tudo que aconteceu de perto, e seguramente guardou para ele as informações de um novo grande guitarrista que viu em ação. O processo de troca no Megadeth durou bastante tempo, com uma quase reunião da melhor formação da sua história, e um final surpreendente para muitos que não entenderam porque Kiko foi o escolhido.

O velho companheiro de Mustaine foi consultado, e se lembrou daquela noite desastrosa no Brasil, salva pela inspiração de um guitarrista. Na época foi revoltante viajar para ver aquilo, mas o tempo fez sair algo de bom do tal Metal All Stars. A história acontece sem que possamos prever quase nada, e uma mudança tão radical na vida do musico era absolutamente impensável naquela data. Tinha algo de diferente na performance de Kiko ali, e no final, foi a história do Rock N'Roll sendo contada em tempo real. Vamos aguardar o resultado do tão esperado novo disco, e por enquanto, é isso.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

MegadethMegadeth
Por que "Dystopia" é tão diferente de "Super Collider"

906 acessosMegadeth: Novas esculturas lançadas pela KnuckleBonz983 acessosMegadeth: em vídeo, uma compilação de gargalhadas de Mustaine0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

Dave MustaineDave Mustaine
Como a Internet mudou a indústria musical

MegadethMegadeth
Quatro clássicos da banda em formato acústico

MegadethMegadeth
Mustaine diz que novo álbum tem riffs do demônio

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 24 de maio de 2015
Post de 26 de maio de 2015

0 acessosTodas as matérias da seção Opiniões0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Kiko Loureiro"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

Avril LavigneAvril Lavigne
Aprenda com Rihanna como fazer um meet & greet

Blink 182Blink 182
Travis Barker teria sido chamado para o Slayer?

Raul SeixasRaul Seixas
Paulo Coelho, a Sociedade Alternativa & a Lei de Thelema

5000 acessosSlayer: o que acontece quando tentam tocar com um violão?5000 acessosNinguém é perfeito: os 25 piores álbuns feitos por bandas lendárias5000 acessosMegadeth: as pérolas mais polêmicas ditas por Mustaine5000 acessosHeavy Metal: diagrama explica a origem dos nomes de bandas5000 acessosPantera: Loudwire elege as 10 melhores músicas da banda5000 acessosSlipknot: "Ogro" desvenda enigma da capa de "All Hope Is Gone"

Sobre Marcello Cohen

Carioca de nascimento, Marcello é apaixonado por Rock desde seus 12 anos, quando aprendeu a gostar de Beatles, Rolling Stones, Queen, AC/DC, Metallica, Iron Maiden e Black Sabbath, bandas que até hoje são as suas preferidas. Amante de bandas de variados estilos de Heavy Metal, Hard Rock e Classic Rock, escreve no blog Coração de Metal, nome que rende homenagem ao pioneiro Stress.

Mais matérias de Marcello Cohen no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online