RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele

imagemMustaine tentou fazer hit radiofônico e acabou escrevendo a "música mais idiota" do Megadeth

imagemSaiba mais sobre o último álbum de estúdio dos Engenheiros do Hawaii

imagemOs 4 fatores determinantes que levaram Renato Russo a dependência química

imagemMike Portnoy escolhe os álbuns preferidos de sua adolescência

imagemA nostálgica canção de Raul Seixas que propõe abolir a divisão entre o bem e o mal

imagemGlenn Hughes virá ao Brasil no final deste ano, informa José Norberto Flesch

imagemO clássico da banda Evanescence que a vocalista Amy Lee odiava

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemPaul Gilbert lançará álbum tributo a Dio em abril; confira detalhes e versão de "Holy Diver

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical


Stamp

Pixies encerra festival com show antológico

Fonte: Folha Online
Postado em 10 de maio de 2004

Finalmente o público brasileiro pôde presenciar na madrugada de domingo uma apresentação histórica da banda americana Pixies, que volta aos palcos com uma turnê mundial depois de 12 anos de separação.

Muito bem humorados, Black Francis/Frank Black (vocal e guitarra), Kim Deal (baixo e vocais), Joey Santiago (guitarra) e David Lovering (bateria) mostraram por quê são reverenciados em todo o mundo como uma das mais influentes bandas alternativas da história.

Esta foi a primeira apresentação do grupo americano em solo brasileiro --a banda foi fundada em 1986, em Boston--, e é a única da América Latina nesta turnê que começou no dia 13 de abril, em Minneapolis (EUA), passando por Europa e Estados Unidos.

O Brasil é a primeira escala da banda depois da participação no festival de Coachella, na Califórnia, no último final de semana, para um público de 50 mil pessoas.

Com alguns quilos a mais e muitos cabelos a menos, os Pixies provaram que a imagem estereotipada dos "roqueiros" nunca serviu para a banda. Um vocalista obeso com cara de nerd, um guitarrista filipino e uma baixista que, apesar de bela, nunca tentou parecer sexy no palco, formam, junto ao baterista David Lovering -que nas horas vagas é ilusionista--, uma equipe que fez muito mais pelo rock'n'roll do que a maioria das novas bandas indie, que dedicam demasiado tempo produzindo seu figurino.

Subindo ao palco pontualmente à 0h de domingo, os Pixies foram ovacionados pelo público procedente de várias partes do Brasil, e até mesmo de países vizinhos, que vieram para conferir o acontecimento inédito.

Muito sorridente, o quarteto abriu a noite com uma versão de "Bone Machine" que não deixou nada a dever para a energia da gravação original do disco "Surfer Rosa", de 1988.

Depois, na seqüência, "Cactus", "Nimrod's Son" e "U-Mass".

Durante as 28 músicas executadas no show de cerca de uma hora e meia, a banda não disse absolutamente nada para a platéia, mas nem por isso pareceu antipática. Kim Deal -que esteve na primeira edição do CPF, em 2003, com sua banda Breeders-- venceu no quesito simpatia, sempre rindo, inclusive dos próprios erros. David Lovering também estava animado e tirou fotos do público ao final do show.

A banda parecia se divertir bastante frente ao público de aproximadamente 9.000 pessoas que lotou a Pedreira Paulo Leminski, segundo a organização do evento. Todos os ingressos foram vendidos.

O público vibrava a cada música, com destaque para os hits "Monkey Gone to Heaven", "Here Comes Your Man" e "Velouria".

Depois de encerrar o set com "Where Is My Mind", o quarteto voltou para um bis com quatro músicas: as clássicas "Gigantic" e "Debaser", e "Into The White" e "Planet of Sound".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Exilio Angel

Massachusetts: 15 grandes bandas que surgiram no estado de nome complicado

Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 1989

Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 1988


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal