Showmaster fala sobre adiamente do MOA

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Fonte: Masters Open Air
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em primeiro lugar, gostaríamos de agradecer a todas as pessoas que acreditaram nesse evento, montando caravanas, comprando seus ingressos, espalhando a notícia para os amigos, etc.

Marilyn Manson: "perdi tudo por causa de Columbine"Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anos

O Masters Open Air, antes de mais nada, é um projeto audacioso, pois se há mais de 6 anos nenhuma produtora realizou um Festival de bandas de rock pesado em nosso país, é porque realmente não é algo simples de ser feito e trata-se de um grande desafio. E como todo desafio, podem sim surgir dificuldades no caminho.

Porém, isso não significa que estamos desistindo de trazer ao Brasil um evento do porte que o nosso país merece, afinal, aqui estão os fãs mais ardorosos do rock pesado, e isso não somos nós que estamos dizendo, são as próprias bandas que tocam por aqui e divulgam isso em todo o mundo. Nosso trabalho não se concretizou da maneira como planejamos, e devido a esse incidente, ele ainda não terminou. Não é justo deixarmos que algo tão válido e necessário como o Masters Open Air não aconteça. Compreendemos o sentimento de frustração e revolta por parte dos fãs, e estamos trabalhando para que esse sentimento se converta em algo digno de orgulho, um evento que traga de volta a magia dos grandes festivais. Algo que está esquecido há muitos anos, um evento que realmente faça a diferença.

Lamentamos as palavras do vocalista do Uriah Heep, indevidamente publicadas por um repórter do jornal Estado de São Paulo, onde num momento de frustração compreensível, fez afirmações incorretas sobre a organização do evento, dizendo que a banda não tinha vistos, passagens e garantias de pagamento. Os vistos encontram-se a disposição do grupo desde o dia 13 de julho no Consulado do Brasil em Londres e são válidos por 90 dias. As passagens estavam devidamente reservadas e estariam disponíveis para retirada do grupo 48 horas antes do embarque. Isso só não ocorreu devido ao adiamento do Festival. Quanto à garantia de pagamento, além do contrato firmado, um adiantamento já estava depositado na conta do grupo desde o dia 1° de julho conforme comprovante que temos em mãos. Sobre este episódio da publicação desta matéria, estaremos acionando nosso departamento jurídico para entrar com processo contra o referido Jornal, tendo em vista que em momento algum fomos procurados para dar os esclarecimentos devidos e apenas a versão do vocalista foi publicada, causando um enorme dano moral à nossa empresa.

As pessoas que já haviam adquirido ingressos antecipadamente poderão devolvê-los nos mesmos locais onde foram comprados à partir do dia 23 de julho, ou guardá-los para a nova data que estaremos anunciando logo que possível.

Sendo assim, a Showmaster agradece à todos aqueles que estão nos apoiando no sentido de fazer do Masters Open Air um ícone do rock pesado nacional, pois o festival voltará ainda mais forte em sua nova data, também agradecemos a compreensão de todos pelo adiamento temporário do espetáculo. E acreditem, estamos trabalhando para fazer valer a máxima do mundo dos espetáculos: "O SHOW NAO PODE PARAR!".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Masters Open Air"


Marilyn Manson: perdi tudo por causa de ColumbineMarilyn Manson
"perdi tudo por causa de Columbine"

Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anosAxl Rose
A primeira ficha policial aos 18 anos

Angra: Kiko Loureiro relembrando o tempo de DominóAngra
Kiko Loureiro relembrando o tempo de Dominó

Simone Simons: a nudez na capa de Divine ConspiracySimone Simons
A nudez na capa de Divine Conspiracy

Bruce Dickinson: O Iron Maiden é melhor que o MetallicaBruce Dickinson
"O Iron Maiden é melhor que o Metallica"

Cover x autoral: a vitória do consagrado sobre a criatividadeCover x autoral
A vitória do consagrado sobre a criatividade

Corey Taylor: sonhando com sexo grupal com Lita Ford e Doro PeschCorey Taylor
Sonhando com sexo grupal com Lita Ford e Doro Pesch