Pop-Rock nacional em show no Tom Brasil

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Moreno Machado, Fonte: IG Último Segundo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 08/01/05. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

SÃO PAULO - Brava, Jay Vaquer, Leela e Luiza Possi mostram nesta quarta (10), às 22h, no Tom Brasil - Vila Olímpia, "Que Porra é Essa?", show que pretende unir forças desses artistas que desejam revelar ao público uma nova safra do pop-rock.

5000 acessosPhotoshop: Luan Morrison, Ivete Osbourne, Axl Teló e mais5000 acessosFolk Metal e Música Celta

Em comum, os artistas têm trabalhos ainda pouco conhecidos do grande público e, como o mercado é bastante "louco", como afirmam, resolveram unir forças e apresentar seus trabalhos porque "desapercebidos, esse pessoal não vai passar nunca".

Brava

Procurando por um nome curto, forte e feminino é que surgiu o nome 'Brava'. A explicação do baterista Galvão para a escolha do nome do sexteto carioca pode servir tranqüilamente para definir o som do grupo. Em seu primeiro disco, "Brava", Paula Marchesini (voz), Bark (guitarra e violão), Raphael Nurow (guitarra e violão), Fábio Escovedo (teclado e voz), Bruno H. (baixo) e Galvão (bateria e voz) produzem um Pop-Rock enxuto. Com produção de Paul Ralphes, o CD reúne 12 faixas, incluindo "Todo mundo quer cuidar de mim", tema da trilha sonora da novela Malhação.

O "feminino" citado na frase de Galvão fica por conta das letras de Paula, uma estudante de filosofia de 22 anos que escreve desde a infância e compõe desde a adolescência. O 'Brava' foi formado em 2001. Na época, o sexteto se chamava Magnólia, mas o nome teve que ser mudado quando os cariocas descobriram que uma banda do Sul já o havia registrado.

Entre as influências, a banda - que já abocanhou prêmios nos festivais London Burning e Rock Festival - destaca Dave Matthews Band, Sting, Paralamas do Sucesso, Lulu Santos, Rush, black music, Prince, Beatles, entre outros.

"Brava", o disco, é a base do show apresentado pelo grupo durante o evento Que Porra é Essa. Uma coleção de melodias sobrepostas a uma base redonda, executada por músicos que jogam para o time. Ou, no caso, tocam para a música.

Jay Vaquer

Com harmonias simples e melodias mais elaboradas, somadas às estruturas mais freqüentes de seu trabalho, acaba dentro do que se convencionou chamar de "pop", mas eventualmente usa guitarras mais pesadas de rock e elementos eletrônicos, sempre com discurso direto e simples, mas brincando com imagens cujas interpretações podem ser diversas.

Filho de músicos, teve a possibilidade de estar familiarizado com a profissão desde sempre, ator formado protagonizou o espetáculo "Cazas de Cazuza" sucesso de crítica e público e sempre procura aliar suas grandes paixões teatro e cinema com sua música.

Seu trabalho já rendeu dois CD´s "Nem Tão São" e "Vendo a Mim Mesmo", ambos independentes e três clipes, "Aponta de um Iceberg" e "A Miragem", esse concorreu a categoria Escolha da Audiência no VMB em 2001 e ainda o mais recente " Pode Agradecer" que ficou durante 4 meses na parada do Top 20 da MTV sendo indicado também como Escolha da Audiência no VMB 2004.

Recém contratado pela EMI (onde está trabalhando seu mais recente CD "Vendo a Mim Mesmo"), Jay Vaquer e sua banda vão mostrar a todos "Que Porra é Essa" e mostrar a quem quiser ver ao que vieram!

Leela

A banda Leela é fruto direto e amadurecido de um caminho de experimentações sonoras que já vem sendo executadas há cerca de três anos e que teve como primeiro resultado a banda Polux. Formada por Bianca Jhordão (voz e guitarra), Rodrigo Brandão (guitarra), Luciano Grossman (bateria) e Tchago (baixo), o Leela traduz o que o underground do Rio de Janeiro contém.

Representando o cenário alternativo carioca, a banda Leela gravou seu primeiro demo em janeiro de 2001. Em janeiro de 2003, a banda assinou um contrato de cinco anos com o selo Arsenal Music e está em estúdio finalizando o disco para o lançamento. A produção do disco será de Rick Bonadio e Rodrigo Castanho no estúdio Midas em São Paulo.

Em maio, o grupo, que segue influências de Nirvana, Pixies, Smashing Pumpkins, Bealtes e Weezer, foi eleita banda Revelação no Prêmio Dynamite de Música Independente, com cerca de 10 mil votos. O som da banda é definido pela vocalista e líder Bianca, que já tocou com Fausto Fawcet, como Rock de guitarras.

Entre as músicas apresentadas durante o "Que Porra é Essa?" estão Romance Fugitivo, Ver o que eu Faço, De Vez e Nenhuma Palavra.

Luiza Possi

A história de Luiza Possi é recente. Convocada ao palco do Canecão, no Rio de Janeiro, pela mãe, a cantora Zizi Possi, em 2002, Luiza carregava o nervosismo natural de uma iniciante e que hoje, obviamente, está longe de transparecer em suas apresentações.

Um mês após esta aparição, ela debutaria com "Eu Sou Assim", disco e música título que se equilibrava entre baladas soul e temas pop-rock. Agora, aos 20 anos, presenteada por canções inéditas, como a do novato Leo Maia, o filho do Tim, ou relendo com personalidade alguns antigos sucessos, Luiza consegue reforçar e aprimorar a direção do começo da carreira em seu novo disco.

Boa parte das canções atesta a disposição de Luiza em gravar sua geração, mas ela também está disposta a jogar luz sobre faixas de artistas que admira, perdidas em décadas passadas. A produção é do mesmo Rick Bonadio e do pai, o produtor Líber Gadelha.

Durante a apresentação no show "Que porra é essa?", Luiza Possi apresenta os grandes sucessos do primeiro disco, as já conhecidas do segundo trabalho e algumas canções inéditas. Tudo isso, sempre acompanhado de uma maturidade conquistada entre dedicação e autocrítica.

Que Porra é Essa
Dia 10 de novembro - quarta-feira
22h
TOM BRASIL- VILA OLÍMPIA www.tombr.com.br
Rua das Olimpíadas, 66 - Vila Olímpia

Informações e compra de ingressos:
Bilheterias do Tom Brasil (seg a sáb das 12h às 22h e dom e feriados das 12h às 20h) :
Tom Brasil-Vila Olímpia - Rua das Olimpíadas, 66
Tom Brasil-Nações Unidas - Rua Bragança Paulista, 1281
ou
Compra por telefone - Ingresso Rápido (seg a sáb das 9h às 22h e dom das 9h às 20h)
Tel: (011) 2163-2000
Taxa de entrega em domicílio varia entre R$ 7,00 e R$ 12,00 (atende São Paulo e Grande São Paulo)

Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show. Os ingressos sem desconto podem ser comprados nas bilheterias das duas casas ou por telefone através do Ingresso Rápido.

Preços
Camarote R$ 40,00
Frisas R$ 30,00
Pista R$ 20,00

Capacidade: 2.500 lugares
Estacionamento com manobrista R$ 15,00
Aceita todos os cartões e dinheiro / não aceita cheque
Acesso para deficientes físicos
Ar-condicionado
Censura: 12 anos.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Leela"

PhotoshopPhotoshop
Luan Morrison, Ivete Osbourne, Axl Teló e mais

InfluênciasInfluências
Folk Metal e Música Celta

Bandas de rockBandas de rock
O logo pode ser tão memorável quanto o maior hit

5000 acessosCâncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson5000 acessosCinema: o melhor e o pior dos rockstars em filmes5000 acessosQueen: 10 coisas que você não sabe sobre Bohemian Rhapsody5000 acessosO Diabo é o pai do Rock5000 acessosU2: banda manda caixa de cerveja Guinness pro alcoólatra Slash5000 acessosRockstars: publicação elege os 100 maiores ainda vivos

Sobre Fernando Moreno Machado

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Fernando Moreno Machado no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online