Scott Ian fala sobre reunião do Anthrax

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Coutinho, Fonte: Rockdetector.com
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 13/03/06. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Scott Ian, guitarrista e mentor do ANTHRAX, falou há alguns dias com o editor do site Rockdetector.com, Bernard Doe, e afirmou: “Não quero ficar tocando os cinco mesmos álbuns por três anos”. Confira os principais excertos do bate-papo logo a seguir:

1820 acessosManowar, Joan Jett e outros: gravando Rap antes do New Metal?5000 acessosÁlbuns: os vinte piores discos de todos os tempos

Rockdetector.com — Algumas pessoas dizem que esta reunião é estranha. Especialmente após o último trabalho de estúdio, “We’ve Come For You All”, considerado por muitos como o melhor álbum do ANTHRAX em anos.

Scott Ian — Mas esta era a única oportunidade para isso acontecer. Se não tivéssemos anunciado tudo isso no ano passado, provavelmente nada teria acontecido.

Rockdetector.com — Acredito que Joey Belladonna e Dan Spitz queriam que essa turnê rolasse, não?

Scott Ian — Sim, tivemos uma decisão que chegaria ao ponto para nós cinco. Além disso, foi fácil pegar o telefone, todos concordaram e saímos para nos divertir. Se tivesse sido difícil fazer isso, provavelmente pararíamos tudo e começaríamos a compor o próximo álbum.

Rockdetector.com — Reuniões são comuns hoje em dia, mas você mesmo decidiu acabar com a “formação clássica”, em 1992, quando você o despediu. Mas se ele não era legal para o ANTHRAX naquela época, o que mudou para que ele fosse o homem correto para o grupo hoje? Ou vocês estão apenas tentando reviver os dias gloriosos?

Scott Ian — Não, não mesmo. Reviver os dias gloriosos? Nem sei o que isso quer dizer! Eu sequer me lembro o que era fazer parte do ANTHRAX em 1987! Mas agora foi uma chance de nós cinco ficarmos juntos, fazer alguns shows e ver como tudo sairia. E tudo foi muito bem e reatamos nossa amizade, então no fim do dia, se nada mais saísse disso, pelo menos agora somos todos amigos.

Rockdetector.com — Você afirmou que John Bush e Rob Caggiano ainda fazem parte do ANTHRAX quando esta reunião foi anunciada. E isso ainda está de pé?

Scott Ian — Bem, você não leu nada diferente na Internet que disse algo diferente, certo?

Rockdetector.com — Bem, nada vindo do campo do ANTHRAX, mas há, obviamente, muita especulação acerca do assunto.

Scott Ian — Bem, especulação é uma palavra perigosa.

Rockdetector.com — Bem, você também disse que não haveria mais ANTHRAX sem reunião. Mas o que você quis dizer exatamente com isso? Até porque, você não explicou isso.

Scott Ian — E nunca explicarei porque isso vai para um lado dos negócios e ninguém fora do campo dos negócios... simples assim. Se as pessoas querem saber o que eu quis dizer com isso, elas podem ir e fazer o seu trabalho de casa. É verdade, não teríamos ido lá e feito outro álbum se essa turnê não tivesse acontecido.

Rockdetector.com — Mas você me disse no início desta entrevista que se os cinco membros não tivessem concordado com a reunião, vocês seguiriam em frente e gravariam outro álbum do ANTRAX.

Scott Ian — Veja, as pessoas podem especular sobre o que quiserem. Porque isso é tudo que elas ouvirão de mim.

Rockdetector.com — Talvez, mas você não acha que muitos dos fiéis fãs do ANTHRAX não ficarão confusos ao você se recusar a responder esta pergunta e se explicar? Nem todos estão por dentro do lado político e financeiro da indústria musical. E, obviamente, você se importa com seus fãs.

Scott Ian — Mas o que isso importa para nossa performance ao vivo, as faixas que compomos ou os álbum que gravamos? Os fãs não precisam saber a cor da merda que eu cago pela manhã. Eu me importo com todos os fãs desta banda. Não estaríamos fazendo isso em 2006 se não fosse por eles e nosso público. Mas o ponto é que eu não vou à casa deles perguntar quanto seu pai ganha, ou como é fazer sexo com sua esposa ou namorada. Algumas coisas são estritamente profissionais. Sinto muito, mas as coisas funcionam assim.

Rockdetector.com — Entendo o que você está dizendo, Scott, mas nesta era da Internet, soltar um pronunciamento oficial como você fez e não se explicar depois vai sempre deixar as pessoas se perguntando por aí.

Scott Ian — Bem, elas podem ficar se perguntando pelo resto de suas vidas, mas não é minha responsabilidade responder todas as questões. Talvez em um fórum público, mas não sou um político. Toco na porcaria de uma banda e eu devo me divertir com ela. Sempre fui fã deles desde quando tinha nove anos de idade, e nunca quis saber a razão pelo qual Eddie Van Halen e David Lee Roth não se dão bem. Eu não dou a mínima! Apenas quero ouvir os álbuns deles. Então, só posso levar tudo isso para este ponto de vista, e algumas vezes negócios são negócios e pessoas são pessoas. E a menos que você esteja nesta banda ou seja o empresário, não precisa saber dessas coisas.

Para ler a entrevista na íntegra, em inglês, clique aqui.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Manowar, Joan Jett e outrosManowar, Joan Jett e outros
Gravando Rap antes do New Metal?

2050 acessosLoudwire: as 10 melhores bandas americanas de Metal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Anthrax"

MotorheadMotorhead
Nem queda de avião consegue abalar a calma de Lemmy

Thrash MetalThrash Metal
A história contada pelos próprios músicos

MetalMetal
Você acredita na "lenda do terceiro álbum"? - Parte 1

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Anthrax"

ÁlbunsÁlbuns
Os vinte piores discos de todos os tempos

Collectors RoomCollectors Room
A imensa coleção do apresentador Vitão Bonesso

Papai TruezãoPapai Truezão
Astros do Heavy Metal em fotos com seus filhos

5000 acessosDream Theater: semelhanças na capa de álbum?5000 acessosMr Catra: Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)5000 acessosMetallica: Jason Newsted, 14 anos de humilhação5000 acessosNightwish: Steve Harris novamente se declara fã da banda5000 acessosRush: Análise vocal de Geddy Lee5000 acessosRockstars: algumas imagens de momentos pessoais emocionantes

Sobre Thiago Coutinho

Formado em Jornalismo, 23 anos, fanático por Bruce Dickinson e seus comparsas no Maiden. O heavy metal surgiu na minha vida quando ouvi o vocalista da Donzela de Ferro em "Tears of the Dragon", em meados de 1994. Mas também aprecio a voz de pato bêbado do controverso Dave Mustaine, a simplicidade do Ramones, as melodias intrincadas do Helloween, a belíssima voz de Dio ou os gritos escabrosos de Rob Halford. A Whiplash apareceu em minha vida sem querer, acho que seus criadores são uns loucos amantes de rock e acredito que este seja o melhor site de rock do país, sem qualquer demagogia!

Mais matérias de Thiago Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online