Ricardo Confessori produz CD da banda Satisfire

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Por Cleyton Lutz
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 10/12/06. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

A banda de Guarapuava (PR) começa nessa semana a gravação do seu primeiro CD. As sessões ocorrem no estúdio Via Musique, localizado na capital paulista. O disco de estréia do SATISFIRE vai ter produção de Ricardo Confessori, baterista do Shaman. O processo de gravação deve demorar de dois a três meses. A pré-produção do disco aconteceu há uma semana, em Guarapuava.

Com influências predominantes de Thrash Metal, o SATISFIRE existe desde 2002, e é formado atualmente por Daniel Gonzalez (vocal), Estevão Zeni (guitarra), Anderson Sávio Ferreira (baixo) e Alessandro Küster (baixo). A banda lançou sua primeira demo em 2005, com seis músicas. Algumas delas devem entrar no primeiro CD. Para a gravação do álbum, o SATISFIRE trabalha com 15 músicas, embora ainda não esteja definido se todas vão entrar no disco. Três músicas da banda podem ser ouvidas no www.tramavirtual.com.br/satisfire.

5000 acessosKrisiun: "Edu Falaschi não viveu o underground"5000 acessosBeatles: por que Tolkien vetou a versão de Senhor dos Anéis?

Durante a pré-produção, o SATISFIRE recebeu elogios de Confessori: “São bons músicos, independente do estilo, com a cabeça bastante aberta. O som deles tem de tudo um pouco, é melódico com vocal gutural, virtuose e possui ainda groove brasileiro”, destaca o músico. O baixista Anderson completa: “Procuramos ser o menos linear possível, escutamos tudo, desde música brasileira a Death Metal”.

O SATISFIRE participou recentemente do Orquídea Negra Rock Festival, realizado em Lages (SC). Antes disso, a banda foi responsável pela organização do Hard n’ Fire, festival que reuniu bandas de Guarapuava e que arrecadou alimentos para serem distribuídos a entidades beneficentes da cidade.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Shaman"

Luís MariuttiLuís Mariutti
Pelos fãs e meus filhos eu faria algo com o Angra

Capas GêmeasCapas Gêmeas
As infelizes coincidências nas artes dos álbuns

ShamanShaman
Fernando Quesada desabafa sobre cena brasileira

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Satisfire"0 acessosTodas as matérias sobre "Shaman"


KrisiunKrisiun
"Edu Falaschi não viveu o underground"

BeatlesBeatles
Por que Tolkien vetou a versão de Senhor dos Anéis?

Separadas no nascimentoSeparadas no nascimento
Björk e Anette Olson, do Nightwish

5000 acessosGrunge: Restou apenas um herói5000 acessosGibson: a história por trás de Stairway To Heaven5000 acessosAs I Lay Dying: Banda cristã explica a proximidade com o Behemoth5000 acessosTradução - Killers - Iron Maiden4562 acessosAvenged Sevenfold: caso de respeito e carinho com o Pantera5000 acessosKurt Cobain: a carta em que ele se refere a MTV como "Empty TV"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Cleyton Lutz

Estudante de Jornalismo, mora em Guarapuava, PR. Adora escrever sobre futebol e rock 'n' roll. Sobre música, adora o Hardão Setentista (Grand Funk, Uriah Heep, Deep Purple, Led Zeppelin) e o progressivo (Yes, Jethro Tull, Focus). Para música acha que nasceu pelo menos uns 30 anos atrasado. Das bandas atuais gosta de White Stripes, Wolfmother e Hellacopters. Mas sua paixão é o som trascendental do Pink Floyd. Os seus grandes sonhos são ver ao vivo uma reunião dos quatro novamente, como ocorreu no Live 8, além de comprar uma moto com a primeiro dinheiro que ganhar com o jornalismo.

Mais matérias de Cleyton Lutz no Whiplash.Net.