Manson "fechará" shows de turnê com Slayer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Por Marco Néo, Fonte: Brave Words, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 20/06/07. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

A reportagem a seguir é de autoria de Chris Harris, da MTV.com:

82 acessosSlayer: em vídeo, dez maiores covers feitas por outras bandas5000 acessosMetallica: garoto de 10 anos destrói com Enter Sandman em programa de TV

O guitarrista Kerry King nem consegue se lembrar da última vez em que sua banda - o redemoinho Speed Metal que atende pelo nome de SLAYER - tocou em um show sem ser a atração principal. Isso porque, com mais de 25 anos de estrada, já faz algum tempo que o grupo é a atração principal. Depois que o SLAYER toca, ninguém mais toca. Ou pelo menos era assim até a banda decidir fazer uma turnê conjunta com MARILYN MANSON.

A turnê de verão que o SLAYER vai fazer com Manson começará em 25 de julho, em West Palm Beach, na Flórida, e percorrerá 25 cidades antes de sua conclusão, no dia 1.º de setembro, em San Antonio.

"Estivemos planejando esta turnê por uma boa parte deste ano, e começou quando planejamos fazer outra 'Unholy Alliance' neste verão", disse King sobre o festival itinerante, que, além de sua banda, apresentou MASTODON, LAMB OF GOD, CHILDREN OF BODOM e THINE EYES BLEED no ano passado. "Daí, quando soubemos que provavelmente faríamos uma turnê com o Manson, ele não queria chamá-la 'Unholy Alliance'. Nós então dissemos 'tudo bem, vamos sair e fazer uma grande turnê então'. Ele basicamente disse que não é mais a cara dele fazer festivais itinerantes, e nós dissemos 'tudo bem'. Não fez muito sentido pra mim, mas eu acho que isso é o que ele é hoje em dia".

Apesar dessa turnê estar sendo divulgada como sendo "co-headliner" (shows em que há duas bandas principais, cada uma tocando um set completo), King disse que em todas os shows da turnê quem fechará será o Manson.

"É totalmente 'co-headlining', exceto pelo fato de que ele quer fechar todos os dias. Nós falamos pra ele, 'ei, se liga'", disse King. "Já estivemos em várias situações desse tipo, às vezes é melhor não ser a última banda a tocar. Nós até que ficamos felizes com isso. Eu não tenho esse problema de ego - e eu não estou dizendo que o Manson tem - de ter que fechar todo show que faço. O nosso show vai durar a mesma coisa e vamos poder dar uma relaxada depois, só pra variar um pouco".

Mas, enquanto alguns especulam que as duas bandas têm uma base de fãs muito diferente, King disse que a união faz sentido para ele. E se Manson for esperto, pode não ter que testemunhar um êxodo de fãs do SLAYER assim que o show da banda terminar.

"Definitivamente vai ser estranho", admite ele. "O que eu quero dizer é que, dependendo do que o Manson tocar, nossos fãs ficam ou não. Se ele começar a tocar 'Tainted Love', metade do lugar vai sair. Sem ofensa a Manson - só estou dizendo o que vai acontecer. Eu quero que ele detone, eu sou um fã das antigas. Ele pode se dar muito bem nesta turnê se escolher o repertório certo".

Leia mais na www.mtv.com.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Riffs parecidosRiffs parecidos
ZZ Top, Motorhead, Slayer, Metallica, A7X e outros

82 acessosSlayer: em vídeo, dez maiores covers feitas por outras bandas1703 acessosPantera: em vídeo de 1989, tocando Slayer com Kerry King0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slayer"

MetallicaMetallica
Lars queria ser Dave Lombardo, mas se contentou em ser Phil Rudd

WikimetalWikimetal
As melhores duplas do Metal

Sempre a mesma coisaSempre a mesma coisa
12 bandas que nunca mudam

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"0 acessosTodas as matérias sobre "Marilyn Manson"


MetallicaMetallica
Garoto de 10 anos destrói com Enter Sandman em programa de TV

PittyPitty
Segundo a cantora, 2013 foi o pior ano de sua vida

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Joe Satriani e Lord Voldemort

5000 acessosRockstars: as histórias por trás de seus nomes artísticos5000 acessosZakk Wylde: guitarrista lembra de testes para o Guns N' Roses5000 acessosRock In Peace: As mortes mais marcantes do Rock/Metal5000 acessosLed Zeppelin: A controvérsia sobre as origens do nome da banda5000 acessosSeparados no nascimento: Paul Stanley e Ioná Magalhães5000 acessosKing Diamond: relato das gravações para Guitar Hero

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Marco Néo

Nascido na primeira metade dos anos 70, teve seu primeiro contato com sons pesados quando o Kiss veio para o Brasil, em 83, mas não compreendeu bem o que era aquilo. A contaminação efetiva ocorreu um ano depois, quando conheceu Motörhead, Judas Priest, AC/DC, Iron Maiden. Desde então, tornou-se um apaixonado colecionador de tudo o que se refere a Metal e Rock'n'Roll, independentemente de subestilos.

Mais matérias de Marco Néo no Whiplash.Net.