Joe Lynn Turner e Yngwie Malmsteen na Rússia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marco Néo, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nos idos de 1989, JOE LYNN TURNER e YNGWIE MALMSTEEN fizeram mais de uma dúzia de shows com casa lotada em Leningrado e Moscou, na Rússia. Dezessente anos depois, os legendários vocalista e guitarrista foram convidados de volta à capital da Rússia pelo Primeiro Ministro para uma performance para seu gabinete e seu pessoal no dia russo da independência.

Johnny Depp: a banda que poderia ter desbancado o GunsAnthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foi um show intimista para 75 pessoas, mas o prestigioso ambiente do restaurante não impediu que a casa agitasse! Este episódio também plantou a semente para uma reunião que muitos fãs de rock esperavam dese que Malmsteen e Turner se separassem não muito tempo depois desses shows históricos no final dos anos 80. JLT e Yngwie fizeram apresentações separadas mas é claro que no final da noite os dois se juntaram para uma jam session no palco. Tocaram algumas músicas do DEEP PURPLE e alguns clássicos da "era Turner" de Malmsteen, incluindo a balada "Dreaming", do álbum "Odyssey", de 1988.

De acordo com Turner, o episódio também foi memorável pelo que aconteceu nos bastidores. Disse o vocalista: "eu fui tratado como um rei por alguns dias, com acomodações nababescas. Tive uma limusine Mercedes com um motorista à disposição para me levar às compras ou para qualquer lugar que eu quisesse. Também fiquei muito satisfeito pelos presentes extravagantes que recebi de pessoas que se disseram tocadas pela minha música".

Fãs de ambos os artistas sabem que a dupla superou suas diferenças em 1996, quando eles se juntaram para tocar algumas músicas do PURPLE no álbum "Inspiration", de Malmsteen; esta foi, contudo, a primeira vez, desde os anos 80, que os dois tocaram juntos no mesmo palco. Joe já esteve várias vezes na Rússia depois da fatídica turnê com Malmsteen, há quase vinte anos, e inclusive gravou lá um álbum com Glenn Hughes (DEEP PURPLE, BLACK SABBATH) e com o "Prefeito Tenente dos Homens de Mikhail de Moscou".

Turner descreveu a noite como sendo "mágica" e disse que não desconsidera a possibilidade de trabalhar novamente com Malmsteen no futuro: "o gelo (entre ambos) foi quebrado".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Yngwie Malmsteen"Todas as matérias sobre "Joe Lynn Turner"


Yngwie Malmsteen: guitarristas, Ferraris, vídeo-games, e maisYngwie Malmsteen
Guitarristas, Ferraris, vídeo-games, e mais

Yngwie Malmsteen aos 22 anos: o heavy metal deveria ser extintoYngwie Malmsteen aos 22 anos
O heavy metal deveria ser extinto


Johnny Depp: a banda que poderia ter desbancado o GunsJohnny Depp
A banda que poderia ter desbancado o Guns

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo


Sobre Marco Néo

Nascido na primeira metade dos anos 70, teve seu primeiro contato com sons pesados quando o Kiss veio para o Brasil, em 83, mas não compreendeu bem o que era aquilo. A contaminação efetiva ocorreu um ano depois, quando conheceu Motörhead, Judas Priest, AC/DC, Iron Maiden. Desde então, tornou-se um apaixonado colecionador de tudo o que se refere a Metal e Rock'n'Roll, independentemente de subestilos.

Mais matérias de Marco Néo no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336