Schmier, do Destruction, remonta o Headhunter

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Demian Filipe Ferreira da Silva, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 08/08/07. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O baixista/vocalista do DESTRUCTION, Marcel "Schmier" Schirmer, trouxe sua velha banda, HEADHUNTER, de volta à vida. Ele originalmente fundou o grupo no fim dos anos oitenta durante seu tempo fora do DESTRUCTION e lançou três álbuns aclamados pela crítica - "Parody of Life" (1990), "A Bizarre Gardening Accidente" (1992) e "Rebirth" (1994) - com uma formação que incluiu Jörg Michael (SAXON, STRATOVARIUS) na bateria e Schmuddel na guitarra. Estes álbuns ficaram fora de catálogo por um longo tempo e estavam sendo vendidos por preços extremamente altos no eBay. Agora cada um dos LPs será relançado através da AFM Records no dia 7 de setembro com um som remasterizado e um novo encarte com fotos, notas e letras.

3746 acessosThrash Metal: os melhores álbuns de 1983 a 20165000 acessosYngwie Malmsteen: primeira namorada fala sobre o guitarrista

Schmier comenta: "Por esde anos nós falamos sobre trazer o Headhunter de volta à vida e agora nós finalmente o fizemos! Os velhos álbuns do Headhunter que estiveram fora de estoque há um longo tempo serão relançados como CDs 'nice Price' com um som remasterizado".

"Um monte de fãs me pediu para reativar esta banda durante nossos shows com o Destruction ou pela Internet, mas na hora era impossível fazê-lo acontecer por causa do calendário cheio do Destruction. Para evitar esta horrível palavra 'fora de estoque', eu gastei meu tempo para preparar os relançamentos do Headhunter com cuidado. Agora, mesmo os fãs mais novos têm a possibilidade de ouvir as músicas do Headhunter, que são 'Thrashy' de fato, mas um pouco mais melódicas comparando com material que nós fazemos com o Destruction. Algo como: NWOBHM encontra o Thrash!"

Além de cuidar dos relançamentos do HEADHUNTER, Schmier reagrupou a formação original da banda e está planejando um álbum novo. Ele explica: "na medida em que nós preparamos o processo de remasterização, eu redescobri minha relação com canções mais melódicas e em um simples sopro, eu tive um monte de novas idéias que não se encaixam com o Destruction. Eu nunca perdi o contato com Jörg e Schmuddel, então eu perguntei a eles se estavam interessados em fazer material novo. A reação deles foi bem positiva, então nós estamos prontos para ressuscitar a mágica do começo dos anos noventa! Qualquer um que veja isso como uma outra reunião dispensável estará completamente errado. O principal foco de todos vai para nossas bandas principais, mas com o Headhunter nós temos a possibilidade de nos divertir com a música com a qual nós crescemos e tocar sem nenhum estresse ou pressão. Nos anos noventa, o nome Headhunter se manteve como 'Metal de mentes independentes' e todos que perguntarem sobre o sentido desta reunião encontrarão a resposta que será empacotada com toneladas de hinos e quebra-pescoços! Nós prometemos!", diz, e por último adiciona: "Eu me sinto como se eu tivesse 20 anos... hehe - não se preocupem... Eu não tomei nenhuma droga!"

Schmier teceu ainda os seguintes comentários sobre os três primeiros lançamentos do HEADHUNTER: "Nós fizemos o primeiro álbum do Headhunter, 'Parody of Life', logo após minha separação do Destruction. Eu originalmente escrevi algumas das idéias para o álbum do Destruction 'Cracked Brain', mas depois da separação eu usei algumas delas para o álbum do Headhunter. Talvez, essa é a razão porque 'Parody of Life' é o álbum que soou mais pesado do Headhunter então!"

"'A Bizzarre Gardening Accident' vem com um certo conceito atípico de Metal. É muito diversificado e incluí elementos pesados tanto quanto idéias melódicas. As idéias diferentes de Schmuddel e minhas [acopladas] com o estilo de bateria de Jörg Michael formaram o típico estilo do Headhunter - algo entre Thrash, Power e NWOBHM - Metal!"

"Para mim, 'Rebirth' é o álbum mais maduro do Headhunter em termos de som e composições. É meu álbum favorito do Headhunter. Depois de todos os anos, as versões remasterizadas soam realmente como frescas. Elas realmente detonam!"

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Thrash MetalThrash Metal
Os melhores álbuns de 1983 a 2016

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Destruction"

AlemanhaAlemanha
As dez maiores bandas de Metal do país

Thrash MetalThrash Metal
Os melhores álbuns de 1983 a 2016

Kai HansenKai Hansen
Escolhendo as dez maiores bandas de metal da Alemanha

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Destruction"0 acessosTodas as matérias sobre "Headhunter"

Yngwie MalmsteenYngwie Malmsteen
Primeira namorada fala sobre o guitarrista

Rock In RioRock In Rio
Por que ladrões agiram menos no dia do Metal?

NirvanaNirvana
Ronaldinho Gaúcho em homenagem a Nevermind

5000 acessosSeparados no nascimento: Dave Mustaine e Mika Hakkinen5000 acessosPapai Truezão: astros do Heavy Metal em fotos com seus filhos5000 acessosRush: Alex Lifeson lista seus três melhores solos5000 acessosGuns N' Roses: Bumblefoot diz não se arrepender pelo período na banda5000 acessosJimi Hendrix: em texto emocionante, músico revela a sua missão neste planeta5000 acessosHeavy Metal: as melhores músicas para meditar

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Demian Filipe Ferreira da Silva

Nascido na desconhecida cidade de Cornélio Procópio no Paraná, em 1989, começou a se interessar pelo Rock e Heavy Metal através de bandas como Iron Maiden, Metallica, Megadeth, Slayer e não parou mais, tendo interesse por blues a thrash metal. É guitarrista da banda de Heavy Metal Nightstalker e colecionador de discos de vinil e fitas VHS de filmes trash.Atualmente cursa Jornalismo na Universidade Estadual de Londrina.Apoia o blog sobre bandas undergrounds Garagem do Metal (http://garagemdometal.blogspot.com)

Mais informações sobre Demian Filipe Ferreira da Silva

Mais matérias de Demian Filipe Ferreira da Silva no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online