Bruce Dickinson comenta fama, aviões e Ozzfest

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Régis Paiva Lourenço, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em entrevista conduzida por Cameron Adams, do australiano Herald Sun, em 2007, Bruce Dickinson, vocalista do IRON MAIDEN, comenta sobre pilotar aviões, Reality Shows e outras coisas.

285 acessosIron Maiden: Iron Maiden Ex Libris aborda as letras da donzela5000 acessosNinguém é perfeito: os filhos "bastardos" de pais famosos

Sobre o trabalho como piloto na Astraeus Airlines:

"A maioria das minhas férias são planejadas de forma que eu possa sair em turnê com o Iron Maiden. Nós fazemos muitos trabalhos fretados, por exemplo, levando trabalhadores da indústria petrolífera para alguns lugares implacáveis".

Se isso significa que os fãs do Maiden que têm vontade de voar com o seu 'Metal God' para conhecê-lo nem precisem se dar ao trabalho.

"As pessoas podem vir até mim depois que já tivermos pousado mas, obviamente, com a questão da segurança, elas não podem simplesmente ir até a cabine. Eu não tenho como pilotar um avião enquanto assino autógrafos. A menor distração já é o suficiente para causar um bom estrago".

Sobre pilotar aviões:

"Eu pensava que você tinha de ser algo como um cientista espacial para poder voar, mas nada pode estar mais distante da verdade do que isso. A primeira vez em que pilotei um avião, aquilo foi como uma revelação. Logo, me inclinei no sentido de me tornar piloto comercial. Essa nunca foi a minha intenção quando comecei a voar, eu apenas achava que poderia voar ocasionalmente para um show. Mas existem similaridades entre as duas coisas. Quando você está no palco, você tem que tentar manter as pessoas todas juntas, enquanto todos querem se libertar".

Sobre ser o frontman de uma banda que já vendeu cerca de 80 milhões de discos, mas estar mais feliz por deixar que sua música tenha se tornado famosa, e não ele próprio:

"Eu cortejo a fama se for por algo útil, como vender um disco. Mas o conceito todo de fama é, na verdade, algo bem idiota. Ser famoso apenas por ser famoso é algo que eu considero nauseante, nojento. Eu não assisto a Reality Shows. Não tenho como dizer a você, por exemplo, quem está no 'Big Brother'".

Quanto perguntado se ele já foi convidado a participar de algum programa no estilo "The Osbournes" ou algum Reality Show:

"Já existiram algumas ofertas. Eles vêm principalmente até mim, pois sou o cantor. Eles imaginam, 'OK, ele provavelmente vai querer fazer isso'. Já me ofereceram entrar no 'Celebrity Big Brother' ou outras coisas do tipo". Eu não me importaria se fosse pra fazer algo em um Reality Show que fosse divertido. Se o History Channel me procurasse querendo me levar para voar num Spitfire, eu faria isso".

Sobre a já lendária polêmica com Sharon Osbourne no Ozzfest 2005:

"Ela é famosa apenas por ser famosa. Esse é o mundo dela. As pessoas diziam, 'Sharon Osbourne está chateada com você'. Por mim, tudo bem. Isso provavelmente tornou-se um 'cavalo de batalha' no mundo dela, não no meu".

Sobre os rumores envolvendo Nikki Sixx, do Mötley Crüe, e a esposa de Dickinson:

"Mötley Crüe... a mesma coisa, famosos por serem famosos. Você ouve, 'oh, Mötley Crüe, os caras são bad boys que fizeram isso e aquilo'. Grande coisa. Por exemplo, garotos mal comportados? Isso não é novidade. Eu não vejo o que há de tão grande coisa nisso. Vá a algum clube de Rugby então. O sex vídeo de Tommy Lee e Pamela Anderson, aquilo era quase que um circo de horrores, 'venham e vejam o abominável homem deformado'. Eu prefiro que as coisas se limitem ao âmbito da música".

Focando na questão da música:

"Não há mais bandas como o Iron Maiden por aí. O Maiden não apenas continua firme até hoje como ainda continua crescendo. Nós conquistamos três gerações de fãs, desde os primeiros, e tudo na base do corpo a corpo. A quantidade de mídia que nós temos...nunca tivemos grande espaço na mídia, não somos vistos como 'cool', só que todas as bandas que tiveram toda a atenção se foram e nós ainda estamos aqui. Os fãs entendem isso e eles fizeram isso acontecer".

A entrevista completa pode ser vista neste link.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Iron MaidenIron Maiden
Show do Ghost é melhor, diz reportagem

285 acessosIron Maiden: Iron Maiden Ex Libris aborda as letras da donzela379 acessosThunderstick: ex-batera do Samson e Iron Maiden lançará novo disco0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Iron MaidenIron Maiden
Artista croata recria capas da banda com Minions

AconteceAcontece
Cinco vezes em que a voz de grandes cantores falhou (ou quase)

Iron MaidenIron Maiden
Como soa a voz de Bruce Dickinson isolada?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"0 acessosTodas as matérias sobre "Bruce Dickinson"

Ninguém é perfeitoNinguém é perfeito
Os filhos "bastardos" de pais famosos

Guns N RosesGuns N' Roses
O que ninguém deve fazer ao se tornar um rockstar

Zodíaco TrueZodíaco True
Os perfis de cada signo em versão Headbanger

5000 acessosOzzy Osbourne: "O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!"5000 acessosSeparados no nascimento: Dave Mustaine e Mika Hakkinen5000 acessosGosto duvidoso: As piores capas da história do Rock e Heavy Metal5000 acessosExodus: o Metallica é, de longe, a maior banda de Metal do mundo4893 acessosMúsicas Cover: quando uma versão sai terrivelmente errada5000 acessosTom Araya: ele vendeu a alma para o Slayer, valeu a pena?

Sobre Régis Paiva Lourenço

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Régis Paiva Lourenço no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online