Hangar: banda fala sobre repercussão do novo álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Eduardo Macedo, Fonte: Portal Novo Metal
Enviar correções  |  Ver Acessos

Seguem trechos de entrevista com o HANGAR publicada no site Novo Metal:

Slash: chapação, a louca e atraente Fergie e Axl RoseCannibal Corpse: o pescoço gigante de George Fisher

Este novo CD é com certeza o orgulho da banda, um indefectível disco de Heavy Metal (para não nos aprofundar em rotulações) e está sendo considerado por muitos veículos (incluindo o Novo Metal) como um dos melhores lançamentos de 2007. Este reconhecimento superou as expectativas de vocês? O que mudou para a banda em relação aos fãs?

Fábio Laguna: Quando fazemos um disco é difícil saber quem ele agradará. Mas se ele não for bom para quem fez, dificilmente terá credibilidade para um ouvinte. A gente sabia que esse seria nosso melhor trabalho pela forma como foi concebido e produzido. Quando o TROYC ["The Reason of Your Conviction"] ficou pronto, não tive a mesma sensação que ocorre muitas vezes quando eu finalizo um disco, tipo, poderia ter ficado melhor. Tanto é que depois que termino um disco, geralmente eu enfio ele na gaveta e só vou ouvir de novo depois de alguns meses. Isso não aconteceu com o TROYC. Desde que ficou pronto ouço toda semana e fico muito satisfeito com o que fizemos. Esse disco não me cansa. É bom do começo ao fim.

Nando Mello: Agradeço as suas palavras. Quando você lança um trabalho é natural que você pense em ter reconhecimento, porém a resposta que o TROYC está tendo tem sido um estimulo maior para que continuemos a levá-lo o mais longe possível. Os fãs do HANGAR estão empenhados em divulgá-lo também e isto tem acontecido, eles fazem parte desta historia e deste CD.

Eduardo Martinez: Como fã de Metal que sou sempre fui muito crítico com tudo que ouvi, e discos absolutamente clássicos como "Reign in Blood" [Slayer] ou "Powerslave" [Iron Maiden] sempre assim me pareceram. Ouço o TROYC pelo menos uma vez por dia e ele tem ainda uma qualidade única que eu espero que transcenda nossa época.

Nando Fernandes: Trabalhamos duro pra estar entre os melhores e conseguimos o nosso espaço. Nossa relação com nossos fãs é a melhor possível, porque em todos os shows, logo após o término, trocamos rapidamente de roupas e vamos lá encontrar com todos eles para autógrafos e fotos e, podemos ouvir de suas próprias bocas o que acharam do CD e do nosso show, e digo que até hoje nossa aprovação foi ótima.

Aquiles Priester: Cada vez que escuto esse disco e isso acontece sempre que estou dentro do carro, eu penso: Caralho!!! Como vamos nos superar agora? Tenho medo de soar pretensioso, mas vamos ter que lançar um disco ainda melhor que o TROYC. As primeiras idéias de novas composições já estão me assustado, pois pensei que seria mais difícil, tem fluido muito bem.

Leia a entrevista na íntegra no link abaixo.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Hangar"


Aquiles Priester: Procurando autora de carta de 30 anos atrásAquiles Priester
Procurando autora de carta de 30 anos atrás

Aquiles Priester: fotos que contam a história do bateristaAquiles Priester
Fotos que contam a história do baterista


Slash: chapação, a louca e atraente Fergie e Axl RoseSlash
Chapação, a louca e atraente Fergie e Axl Rose

Cannibal Corpse: o pescoço gigante de George FisherCannibal Corpse
O pescoço gigante de George Fisher


Sobre Eduardo Macedo

Teve a felicidade de descobrir o Metal com um álbum de um grupo nacional, Theatre Of Fate dos paulistanos do Viper. Atuante no cenário nacional, Eduardo Macedo administra a empresa de assessoria de imprensa MS Metal Press, juntamente com seu trabalho de redator para o site Portal Novo Metal e para a revista Lucifer Rising, esta última voltada ao que existe de melhor no Metal extremo mundial. Amante de todas as vertentes do Metal, Eduardo tem como foco o cenário brasileiro, onde já contribuiu como vocalista das bandas Tharsis e Veuliah, além de ser um colecionador incondicional de todo material lançado por bandas tupiniquins.

Mais matérias de Eduardo Macedo no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336