Professor demitido de escola por ser músico de Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marco Néo, Fonte: The Local, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O jornalista sueco David Landes, do jornal "The Local", informa que um professor roqueiro que foi despedido sem nem mesmo ter colocado os pés em uma sala de aula protocolou uma reclamação de discriminação junto à ouvidoria da Justiça da Suécia.

Separados no nascimento: Synyster Gates e Luan SantanaSlayer: quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No começo de junho, Emil Koverot, 30, que atende pelo nome artístico Yxmarder, como membro da banda de Death Metal BLODSRIT ("Rito de Sangue") recebeu uma proposta de trabalho - aceita - como professor de estética no Colégio Hammargymnasiet, em Västervik, na Suécia.

A reputação de Koverot como guitarrista era do conhecimento de todos na comunidade no sul da Suécia. Sua banda inclusive foi mencionada durante a entrevista de emprego com o diretor da escola, Sven Torstensson. "Ele achava bom que eu fizesse parte de uma banda", explicou Koverot ao jornal. "Há vários alunos da escola que gostam de rock e ele achava que com isso eu iria me relacionar melhor com eles."

Koverot acabou de se formar como professor e estava ansioso para começar a ministrar suas aulas em agosto. Ele já tinha até recusado outras propostas de emprego após receber a oferta de trabalho da Hammargymnasiet.

Mas passada uma semana, Torstenssonhad mudou de idéia e achou que não seria mais conveniente que Koverot atuasse como professor. "Ele me demitiu alegando que o problema era a participação na banda, algo que poderia não ser aceito pelos demais dirigentes ou até mesmo pelos pais dos alunos", disse Koverot.

A matéria completa (em inglês) está no link abaixo.

http://www.thelocal.se/20080624/12626




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Notícias

Separados no nascimento: Synyster Gates e Luan SantanaSeparados no nascimento
Synyster Gates e Luan Santana

Slayer: quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxoSlayer
Quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxo


Sobre Marco Néo

Nascido na primeira metade dos anos 70, teve seu primeiro contato com sons pesados quando o Kiss veio para o Brasil, em 83, mas não compreendeu bem o que era aquilo. A contaminação efetiva ocorreu um ano depois, quando conheceu Motörhead, Judas Priest, AC/DC, Iron Maiden. Desde então, tornou-se um apaixonado colecionador de tudo o que se refere a Metal e Rock'n'Roll, independentemente de subestilos.

Mais matérias de Marco Néo no Whiplash.Net.

adGoo336