Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemGene Simmons compartilha tweet com meme da ex-presidente Dilma Rousseff

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemDave Mustaine, do Megadeth, inicia vida de youtuber e mostra o ônibus de turnê da banda

imagemMetade das pessoas com menos de 23 anos desconhecem Pink Floyd, David Bowie e Bon Jovi

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemEvanescence coloca baixista no cargo de guitarrista e anuncia nova baixista

imagemAdrian Smith conta como Iron Maiden permaneceu forte e era grunge passou

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagemO dia que Serguei fez um react do clipe de "Recomeçar", o hit do Restart


Stamp

Mustang: gravação do novo CD chamado "Santa Fé"

Por Carlos Lopes
Em 02/07/08

O quarto CD do trio carioca MUSTANG foi gravado no reformado estúdio Staccato no bairro da Tijuca no Rio de Janeiro no final de junho de 2008. As 24 horas do dia (e da noite) foram dedicadas apenas ao parto e gestação desse álbum.

Desde o início, a idéia era escrever sobre fortes valores pessoais. Palavras como fé, sinceridade, princípios e autenticidade. O som mais orgânico possível foi registrado com o auxílio luxuoso dos técnicos Marcelo Vicente e Daniel Augusto. A bateria foi reafinada para obter um belo som com tons, caixa e bumbo vintage. A guitarra foi gravada com dois amplificadores ligados simultaneamente: um Marshall JCM 800 e um Fender Pro Reverb de 1973. O baixo utilizado foi um Fender Precision original. Ser vintage não é o objetivo final. Com os timbres certos, o resultado fica melhor ainda. Então, afinar a voz em qualquer plug in foi descartado desde o início.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Como em nenhum outro disco do MUSTANG, o repertório exibe versatilidade: mod, hard, groove, baladas rock, country, música brasileira, glam, soul e punk. Se a imprensa diz que o rock no Brasil vive uma crise, essa crise não se instalou no seio do Mustang. E isso faz toda a diferença.

Repertório do CD Santa Fé: Sai Dessa Cruz / Esperança / Eu Não Faço / Pouca Chance / Lugar Distante / Guarda Chuva / Tudo Eu, Tudo Meu / Terceiriza a Culpa / Peso Morto / Doktor Alhzeimer / Amor / 10 Horas da Manhã

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Carlos Lopes

Carlos Lopes é jornalista, músico, produtor e escritor. No início dos anos 80, ele fundou uma das bandas de metal mais populares do Brasil, a Dorsal Atlântica, onde era guitarrista, compositor e vocalista. Foi a primeira banda da América do Sul a fundir punk e metal. Entre 1981 e 2001, gravou oito discos com a Dorsal, sendo o último produzido na Inglaterra. Em 2005 regravou o primeiro álbum da Dorsal (Antes do Fim), que foi eleito pelos leitores da revista Rock Brigade como um dos melhores trabalhos da temporada. Há seis anos comanda duas bandas de rock, a Mustang e a Usina Le Blond, cada uma já com três CDs de estudio. Como jornalista e escritor, colaborou desde cedo com desenhos e textos para várias publicações e fanzines. Formou-se em Jornalismo na Faculdade da Cidade no Rio de Janeiro. Desde 2006, edita o site www.omartelo.com.

Mais matérias de Carlos Lopes.