Mustang: gravação do novo CD chamado "Santa Fé"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Carlos Lopes
Enviar correções  |  Ver Acessos

O quarto CD do trio carioca MUSTANG foi gravado no reformado estúdio Staccato no bairro da Tijuca no Rio de Janeiro no final de junho de 2008. As 24 horas do dia (e da noite) foram dedicadas apenas ao parto e gestação desse álbum.

Papai Truezão: astros do Heavy Metal em fotos com seus filhosMetallica: ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicos

Desde o início, a idéia era escrever sobre fortes valores pessoais. Palavras como fé, sinceridade, princípios e autenticidade. O som mais orgânico possível foi registrado com o auxílio luxuoso dos técnicos Marcelo Vicente e Daniel Augusto. A bateria foi reafinada para obter um belo som com tons, caixa e bumbo vintage. A guitarra foi gravada com dois amplificadores ligados simultaneamente: um Marshall JCM 800 e um Fender Pro Reverb de 1973. O baixo utilizado foi um Fender Precision original. Ser vintage não é o objetivo final. Com os timbres certos, o resultado fica melhor ainda. Então, afinar a voz em qualquer plug in foi descartado desde o início.

Como em nenhum outro disco do MUSTANG, o repertório exibe versatilidade: mod, hard, groove, baladas rock, country, música brasileira, glam, soul e punk. Se a imprensa diz que o rock no Brasil vive uma crise, essa crise não se instalou no seio do Mustang. E isso faz toda a diferença.

Repertório do CD Santa Fé: Sai Dessa Cruz / Esperança / Eu Não Faço / Pouca Chance / Lugar Distante / Guarda Chuva / Tudo Eu, Tudo Meu / Terceiriza a Culpa / Peso Morto / Doktor Alhzeimer / Amor / 10 Horas da Manhã




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Mustang"


Papai Truezão: astros do Heavy Metal em fotos com seus filhosPapai Truezão
Astros do Heavy Metal em fotos com seus filhos

Metallica: ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicosMetallica
Ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicos


Sobre Carlos Lopes

Carlos Lopes é jornalista, músico, produtor e escritor. No início dos anos 80, ele fundou uma das bandas de metal mais populares do Brasil, a Dorsal Atlântica, onde era guitarrista, compositor e vocalista. Foi a primeira banda da América do Sul a fundir punk e metal. Entre 1981 e 2001, gravou oito discos com a Dorsal, sendo o último produzido na Inglaterra. Em 2005 regravou o primeiro álbum da Dorsal (Antes do Fim), que foi eleito pelos leitores da revista Rock Brigade como um dos melhores trabalhos da temporada. Há seis anos comanda duas bandas de rock, a Mustang e a Usina Le Blond, cada uma já com três CDs de estudio. Como jornalista e escritor, colaborou desde cedo com desenhos e textos para várias publicações e fanzines. Formou-se em Jornalismo na Faculdade da Cidade no Rio de Janeiro. Desde 2006, edita o site www.omartelo.com.

Mais matérias de Carlos Lopes no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336