Aquaria: "não ligo a mínima para essas classificações"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Eduardo Macedo, Fonte: Portal Novo Metal, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Em recente entrevista ao Novo Metal, o vocalista Vitor Veiga (AQUARIA) falou sobre o lançamento de "Shambala", mudanças na formação e a entrada de Bruno Agra no comando da bateria do REVOLUTION RENAISSANCE, dentre outras coisas. Leia abaixo um trecho da entrevista.

Aquaria: Estréia de canal oficial no YouTube

Pink Floyd: a história por trás de "Animals"

Portal Novo Metal - Como a banda recebeu a notícia de que Bruno Agra tinha sido escolhido para ser o baterista do Revolution Renaissance?

Vitor Veiga: "Nós encaramos isso com muita naturalidade uma vez que todos no Aquaria possuem outros projetos próprios. O Bruno é uma das almas do Aquaria e nós temos que ter orgulho pois mostra que os músicos brasileiros estão entre os melhores do mundo, não só dentro deste gênero, como em outros também".

Portal Novo Metal - Ainda existe a comparação do som de vocês com o Angra? O que vocês acham disso?

Vitor Veiga: "Seria muito natural a comparação uma vez que exploramos o mesmo campo musical que o Angra explorou em diversos trabalhos. Na verdade, o que realmente acontece é que gostamos da ousadia de misturar diversos elementos étnicos em nossa música. Nunca ouvi alguém falar que música sacra mineira parece com Angra, mas o Angra tem muito dela, assim como nós também temos. Somos brasileiros, logo, compomos músicas brasileiras. Mas o Aquaria tem um ideal de ser desapegado a estilos, ou seja, existe uma maior liberdade criativa e uma maior aceitação para o experimentalismo que me atrai muito".

Portal Novo Metal - Com o surgimento de vários subgêneros do heavy metal, como você classificaria o som do Aquaria atualmente? Já tentaram rotular a banda de uma forma absurda no ponto de vista de vocês?

Vitor Veiga: "Sinceramente, eu não ligo a mínima para essas classificações. Sei que serve para definir melhor a grande variedade de estilos, mas eu não tenho essa forma de abordagem. Fazemos aquilo que gostamos. Esta é a nossa forma de transmitir as histórias imaginárias que se passam em nossa música às pessoas".

A entrevista na íntegra pode ser conferida nesse link.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Aquaria: Estréia de canal oficial no YouTube

Aquaria: Alberto Kury tocará suas canções em uma live

Aquaria: banda lança novo single "The Time Traveller"


Pink Floyd: a história por trás de AnimalsPink Floyd
A história por trás de "Animals"

Slash: guitarrista fala sobre a origem da sua cartolaSlash
Guitarrista fala sobre a origem da sua cartola


Sobre Eduardo Macedo

Teve a felicidade de descobrir o Metal com um álbum de um grupo nacional, Theatre Of Fate dos paulistanos do Viper. Atuante no cenário nacional, Eduardo Macedo administra a empresa de assessoria de imprensa MS Metal Press, juntamente com seu trabalho de redator para o site Portal Novo Metal e para a revista Lucifer Rising, esta última voltada ao que existe de melhor no Metal extremo mundial. Amante de todas as vertentes do Metal, Eduardo tem como foco o cenário brasileiro, onde já contribuiu como vocalista das bandas Tharsis e Veuliah, além de ser um colecionador incondicional de todo material lançado por bandas tupiniquins.

Mais matérias de Eduardo Macedo no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin