Sebastian Bach: emoção de ouvir "Chinese Democracy" em LP

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Gregory, Fonte: GunnersBrasil.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 28/11/08. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O vocalista SEBASTIAN BACH, ex-Skid Row, comentou em seu site oficial sobre a sensação de ouvir 'Chinese Democracy'. Veja abaixo:

5000 acessosChester Bennington: Slash comenta a morte do vocalista5000 acessosMetallica: a lista de exigências da banda em 1983

"Vamos falar sobre o áudio. Assim como você e o resto do planeta, desde domingo eu passei todo e qualquer momento escutando o 'Chinese Democracy'. Recentemente eu comprei uma nova vitrola, em parte por ela ter um cabo USB para você fazer MP3 de seus álbuns. Engraçado, eu ainda não fiz nenhum MP3 desde que eu a comprei. O fato é que qualquer ouvido pode perceber que esses álbuns soam mais ricos, claros e mais naturais que as MP3 e até mesmo que CDs comuns. Assim que comecei a ouvir meus LPs novamente, a única utilidade que encontrei para as MP3 foi a sua portabilidade. É definitivamente maneiro carregar toda sua coleção por aí no seu bolso, mas por mais longe que o som vá, o analógico acaba com o digital, não há o que contestar.

O que me leva até o 'Chinese Democracy'. Peguei o meu álbum duplo em vinil de 180 gramas e também o CD para ouvir no carro. Esse é o primeiro álbum novo que eu compro em mais de 15, possivelmente 20 anos. Tudo o que posso dizer é, nós fãs de música perdemos muito com a chamada (prematura? eu espero) aposentadoria do LP. Assim que eu corri minha unha pela lateral, separando o celofane, e abri o encarte, eu sabia que teria uma experiência rock'n'roll completa com esse LP. Eu puxei o Disco 1 e fiquei imediatamente pasmo com o quão 'pesado' aquele vinil é. Era como a cópia original de 'Led Zeppelin 2' do meu pai. Não frágil e leve como o que se transformou o vinil no final da década de oitenta. 'Chinese Democracy' é um disco pesado, grosso. Mal podia esperar para rodá-lo.

Meu sistema de som consiste em um toca-discos 'Ion' ligado à um amplificador Pioneer VSX-52, interligado com um equalizador AudioControl C-101, com poweramps da Adcom. Minhas caixas de som são JBL Control 10's com um sub-woofer Velodyne em um piso de madeira. Sim, eu posso literalmente fazer minha casa tremer se eu quiser, e sim, as luzes chegam a piscar por um segundo quando eu ligo tudo isso. Eu curto isso. Em resumo, é do caralho.

Assim que eu coloquei a agulha em 'Chinese Democracy', fui cativado pelo som desse disco, o talento, o trabalho e o cuidado colocados nessa obra, por parte de todos os envolvidos. A força, clareza, separação e produção dessas músicas não é nada menos que incrível. Por mais alto que esteja, eu ainda consigo ouvir os vocais, guitarras e tudo mais perfeitamente claro, com o baixo chacoalhando as minhas entranhas (e mais abaixo) como deveria. Quando Axl entra na frase 'even with an iron fist' na primeira música, o sangue em minhas veias começa a ferver e a intensidade não diminui até o final do Disco 4. O que eu ouço nesse disco é inacreditavelmente passional, 100% do coração e alma de Axl para todos nós ouvirmos.

Quando ele canta uma música como 'Street Of Dreams' é como se fosse o melhor de Janis Joplin, com um pouco de 'Melody Is King' de Quincy Jones trabalhando para um efeito completo. As melodias nesse álbum me arrancam o coração. Ouvi-las cantadas pelo lindo/mortal instrumento que é a voz de Axl, é algo que, para mim é realmente especial, sem mencionar que é muito bom poder estar apto a me sentir atordoado quando eu quiser. Quatro vezes por dia até agora, mas quem conta?! Eu não consigo parar de ouvir esse álbum. 'Scraped', 'Riad N' The Bedouins', 'Street Of Dreams', 'IRS', toda vez que eu ouço eu tenho uma nova favorita. Brain, Bumblefoot, Robin Finck, todos no disco dão tudo de si; a produção é estelar, eu ainda não cheguei nas letras, ainda estou muito abalado pela sonoridade para falar disso... ainda! O álbum é, acima de tudo: Original. Sentimental. Descompromissado. Quantos discos você pode descrever honestamente dessa forma hoje?

É diferente de tudo o que eu já ouvi. E eu mal posso esperar para ouvi-lo de novo. O que, para mim, é a definição do excelente rock'n'roll de verdade".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Chester BenningtonChester Bennington
Slash comenta a morte do vocalista

1712 acessosGuns N' Roses: os 30 anos de Appetite na capa da nova Kerrang!2624 acessosWagner Nascimento: Tocar como o Slash?? Muito fácil!!0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Guns N RosesGuns N' Roses
A banda mais perigosa do mundo perdeu o apetite para a destruição

Guns N RosesGuns N' Roses
Alcione usa rosto de Axl Rose no RIR e ele agradece

Guns N RosesGuns N' Roses
Stinson tocava música solo para Axl usar oxigênio

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"0 acessosTodas as matérias sobre "Sebastian Bach"

MetallicaMetallica
A lista de exigências da banda em 1983

O tempo, ah o tempo!O tempo, ah o tempo!
Rockstars nos anos oitenta e hoje

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1986

5000 acessosAutismo: rockstars famosos autistas, ou com suspeita de autismo5000 acessosDerek Riggs: "Eddie vende mais do que Mickey Mouse"5000 acessosNot Troo: João Gordo posta foto com James Hetfield na Disney5000 acessosPink Floyd: a banda sustentou a família da atriz Naomi Watts5000 acessosSeparados no nascimento: Tarja Turunen e Laura Muller4632 acessosMachine Head: a experiência de abrir para o Metallica

Sobre Gregory

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Gregory no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online