Metallica: "hoje em dia gosto ainda mais do que faço"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Douglas Morita, Fonte: Metallica Remains
Enviar correções  |  Comentários  | 

O baterista do METALLICA, Lars Ulrich, conversou com Lisa Wilton da Sun Media recentemente sobre diversos tópicos. Alguns trechos da conversa podem ser conferidos abaixo:

4601 acessosMetallica: Lars Ulrich lamenta a morte de Chester Bennington5000 acessosO futuro do Rock nacional: bandas autorais devem "se tocar"

Sun Media: Você diria que o novo álbum, “Death Magnetic”, é um retorno as origens para o Metallica?

Ulrich: "Eu não concordo nem discordo disso. Quanto mais eu ouço as pessoas falarem que eles estão de volta e eles retornaram as origens, eu meio que sento, coço a cabeça e imagino, 'bem, nós nunca fomos a lugar algum'. E da última vez que eu conferi, os últimos vários anos foram bem sucedidos, shows esgotados e assim por diante. Mas então eu também entendo que talvez, de alguma forma, nós estamos fazendo algo que é um pouco mais daquilo que as pessoas veem como o Metallica clássico. É difícil para mim chegar nessa categorização. Para mim, é tudo um único tipo de trilha ou jornada ou seja lá o que for. Mas há, obviamente, um monte de boa vontade, muito amor ao Metallica. Há muita energia positiva e tem sido ótimo para nós em todos os aspectos".

Sun Media: O que você pensa quando está sentado lá, em frente a 17 mil pessoas?

Ulrich: "Eu sento lá e penso, 'não esqueça a próxima parte que está por vir'. Então é um tipo de energia bem focada".

Sun Media: Você ainda gosta de estar no Metallica?

Ulrich: "Sabe, eu acho que gosto do que estou fazendo ainda mais atualmente".

A entrevista completa pode ser lida, em inglês, clicando aqui.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MetallicaMetallica
Lars Ulrich lamenta a morte de Chester Bennington

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

Kirk HammetKirk Hammet
"Lulu' é uma das melhores coisas que já fizemos"

MetallicaMetallica
James explica por que Kirk não compôs pro "Hardwired"

BateristasBateristas
Os dez melhores em vídeo, com algumas surpresas

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

O futuro do Rock nacionalO futuro do Rock nacional
Bandas autorais devem "se tocar"

MetalMetal
As bandas mais expressivas surgidas nos últimos 15 anos

SemelhançaSemelhança
Alguns vocalistas de rock com vozes quase iguais

5000 acessosAC/DC: "Chuck Berry foi o maior babaca que já vi na vida"5000 acessosGene Simmons: declarações polêmicas sobre bandas de sucesso5000 acessosStephanie Seymour: ex de Axl Rose mostra ótima forma aos 445000 acessosSlayer: semelhança com a "galinha marylou" do Ultraje a Rigor?5000 acessosMike Portnoy: Jam do Dream Theater com bateria isolada5000 acessosGuns N' Roses: Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl Rose

Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online