Matérias Mais Lidas

imagemPrika Amaral esclarece por que contratou apenas mulheres europeias para a Nervosa

imagemA opinião de Dave Mustaine sobre a clássica "The Unforgiven", do Metallica

imagemLegião Urbana e a surpreendente música que serviu de base para "Ainda é Cedo"

imagemAudioslave: Tom Morello recorda seu sinistro primeiro encontro com Chris Cornell

imagemCinco músicos que começaram vida nova após saírem de grandes bandas de heavy metal

imagemJames Hetfield e esposa Francesca se divorciam após 25 anos de união

imagemVocalista do Anvil afirma que Rob Halford e Ian Gillan são personagens

imagemNando Reis relembra curioso único game que jogou na vida, durante gravação dos Titãs

imagemNando Reis e a linda música que Samuel Rosa dispensou por ter recebido na hora errada

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemAs seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

imagemO show do Black Sabbath que acabou em tumulto por conta de uma garrafa

imagemO comovente relato de Kiko sobre como foi gravar em meio ao câncer de Mustaine

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemAs 10 melhores versões metal de músicas pop dos anos 1980, em lista da Metal Hammer


Dream Theater 2022

Doro: por qual motivo não ocorre uma reunião do Warlock?

Por Daniel Faria
Fonte: BraveWords
Em 04/01/09

Carl Begai, repórter da Brave Words & Bloody Knuckles, recentemente conversou com a vocalista DORO PESCH sobre seu novo álbum, "Fear No Evil", e sua carreira de 25 anos, que começou no inicio dos anos 80 com a lenda do metal alemão, WARLOCK. Abaixo segue uma parte da entrevista, com Doro comentando sobre o legado duradouro do WARLOCK e os pedidos perpétuos de fãs de longa data para reverem uma reunião completa.

"Eu ouço essa pergunta sobre uma reunião o tempo todo, mas eu nunca tive a intenção de ter uma carreira solo", diz Doro. "Eu sempre fui uma jogadora de equipe e nunca quis fazer algo sozinha. É por isso que Nick Douglas (baixo), Joe (Taylor, guitarra) e Johnny (Dee, bateria) têm tocado comigo por mais de 15 anos. Nick e eu trabalhamos juntos faz 19 anos. Foi realmente de partir o coração quando não pudemos tocar sob o nome Warlock (por questões legais). Mas agora que eu tenho o nome de volta e posso usá-lo, o que é bom, mas... eu acho que as pessoas encontram algo no Warlock porque foi uma grande época para o Metal. O gênero era algo tão grande, era como se tivesse algo no ar. É difícil comparar com o dia de hoje, e é difícil recriar a coisa inteira que foi o Warlock."

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Ter a opção de usar o nome Warlock outra vez é uma grande vitória, mas já pensaram em realmente fazer isso? Ou é um assunto morto pra você depois de todo esse tempo?

"É uma boa pergunta, mas nós temos feito isto por tanto tempo como a banda Doro que eu não consigo nos ver fazendo isso (mudar de nome). Eu gostaria de tocar todas aquelas músicas antigas do Warlock, e eu sinto freqüentemente que é tudo uma coisa só. E tem muitas pessoas que só me conhecem ou me conhecem melhor como Doro do que a vocalista do Warlock. Para alguns deles o álbum 'Calling The Wild' foi a primeira exposição deles à minha música, e isso foi em 2000. (Para) os fãs que cresceram conosco talvez o material do Warlock é mais importante, e para os novos fãs isso é só uma coisa histórica."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Aguarde a matéria completa na edição 114 do BW&BK. Como já foi relatado antes, Doro vai lançar seu novo álbum, "Fear No Evil", dia 23 de janeiro pela AFM Records.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

A sincera opinião de Bill Hudson sobre como foi trabalhar com Doro Pesch

Doro Pesch: ela tinha uma queda por Hetfield, mas depois conheceu Mustaine...

Doro Pesch: quando Lemmy a deixou bêbada e estragou um show

A sincera opinião de Bill Hudson sobre como foi trabalhar com Doro Pesch

Iron Maiden: Perguntas e respostas e curiosidades diversas

King Diamond: O que significa ser Satanista?


Sobre Daniel Faria

Nascido em 1977, cresceu em um lar onde rock progressivo dominava as ondas do ar. Aos 12 anos, com a compra de "Paranoid" (Black Sabbath) tudo mudou e o metal gradualmente passou a ser o som predominante em casa. Estudou Computer Science / Applied Science pela Concordia University (Montreal, Québec, Canada) e hoje vive em um vilarejo rural em Simcoe County, centro-sul de Ontario, Canada.

Mais matérias de Daniel Faria.