Guns N' Roses: baixista fala sobre o "Chinese Democracy"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Luciana Callefe Donadio, Fonte: ChineseDemocracy.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 22/03/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

De acordo com o site ChineseDemocracy.com, a edição de abril de 2009 da revista Bass Player conta com uma extensa entrevista feita com o baixista do GUNS N’ ROSES, Tommy Stinson, na qual ele fala sobre o processo de produção e gravação do álbum “Chinese Democracy”, entre outros temas.

2706 acessosMetal e Hard: os álbuns mais vendidos nos EUA no 1º semestre5000 acessosPink Floyd - Perguntas e Respostas

Bass Player: Como você entrou para a banda?

Stinson: "Meu amigo Josh Freese tocava bateria no Guns N’ Roses. Ele disse que Duff [McKagan] tinha saído da banda e em seguida me perguntou se eu conhecia algum baixista. Nós quase que rimos sobre aquilo, porque me pareceu engraçado ensaiar com o Guns N’ Roses. Eles não faziam meu estilo. Mas pensei que pelo menos seria divertido tocar com Josh. Aprendi cinco ou seis músicas para o teste. Nós basicamente só improvisamos, e foi realmente divertido. Eles precisavam muito de um baixista, então me convidaram para tocar na banda".

Bass Player: Porque você acha que era o cara certo para tocar no Guns N’ Roses?

Stinson: "A única coisa que eu poderia pensar sobre isso é que eu tenho as influências de punk rock que Duff tinha. Por outro lado, ele é diferente de mim".

Bass Player: Você e Duff se conhecem?

Stinson: "Eu o conheci há alguns anos atrás, e ele me pareceu um cara muito legal. Nós não tínhamos nenhum problema um com o outro – acho que ele não queria mais a vaga".

Bass Player: Fale um pouco sobre o processo de produção do “Chinese Democracy”

Stinson: "Todos estavam começando lentamente a ter idéias. Iniciamos um negócio com a Rumbo Recorders, um grande estúdio no meio do nada. Trabalhar naquele tipo de ambiente – éramos pessoas completamente diferentes – foi uma loucura, nunca trabalharia daquela forma, mas foi legal".

Bass Player: Como você administrou suas idéias?

Stinson: "Nós tínhamos que ter um motivo por gostar ou não gostar de algo que fizéssemos – não podíamos só julgar. Tivemos que funcionar como uma democracia, ou acabaríamos nos odiando. Acho que aprendemos muito sobre colaboração".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Metal e HardMetal e Hard
Os álbuns mais vendidos nos EUA no 1º semestre

1360 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's1512 acessosFabio Lima: 13 músicas pelo Guns N' Roses1707 acessosGuns N' Roses: turnê com rappers N.W.A. quase rolou; Axl era fã1321 acessosWeezer: River Cuomo incorpora Axl Rose em festival0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

FotosFotos
E se o Slash aparecer acenando no fundo?

Duff McKaganDuff McKagan
Escolhendo entre Led Zeppelin e Black Sabbath

MetalMetal
As oito maiores tretas entre músicos do gênero

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

Pink FloydPink Floyd
Perguntas e respostas e curiosidades

HumorHumor
As 101 regras para ser um fã da NWOBHM

Courtney LoveCourtney Love
"Parei com drogas e fodi como um coelho"

5000 acessosRobert Plant: "quase saí do Led quando meu filho morreu"5000 acessosBlack Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward5000 acessos"Cê tá de brincadeira, né?": quando grandes nomes vacilam5000 acessosMetallica: sobre o que fala "For Whom The Bell Tolls"5000 acessosGuns N' Roses: "Welcome To The Jungle" em divulgação de séries de heróis5000 acessosMarty Friedman: saiba porquê ele não quer apertar sua mão

Sobre Luciana Callefe Donadio

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Luciana Callefe Donadio no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online