New York Dolls: detalhes sobre o novo álbum de estúdio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Diego Fadel, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

A lendária banda NEW YORK DOLLS anunciou "Cause I Sez So" como título do seu novo álbum, que será lançado no dia 5 de maio pela Atco label, com distribuição pela Warner Brothers.

Legião Urbana: a versão de Renato Rocha sobre a sua saída

Slash: "Sweet Child" é a coisa mais gay que alguém poderia compor

Depois de trabalhar no primeiro disco da banda, NEW YORK DOLLS' de 1973, o grupo se reuniu novamente com o produtor Todd Rundgren para gravar o novo disco, no estúdio de Rundgren em Kauai, Hawaii.

"Cause I Sez So" traz onze composições originais e uma nova versão de "Trash", que foi gravada originalmente no primeiro álbum da banda de 73. "Foi maravilhoso trabalhar com Rudgren novamente, acho que conseguimos evocar o mesmo som especial do primeiro disco e puxa-lo pelo cabelo para o presente", fala o vocalista David Johansen.

Antes do lançamento do novo álbum, o NEW YORK DOLLS - David Johansen (vocal); Sylvain Sylvain (guitarra); Steve Conte (guitarra); Brian Delaney (bateria); e Sami Yaffa (baixo) - se apresentará no South By Southwest (SXSW) Music Conference and Festival em Austin, Texas.

O grupo brilhou na cena Nova-Iorquina do começo dos anos 70, influenciando a geração com a sua subversiva mistura de "Rock Alto Decibéis" e androginia. A banda original gravou dois álbuns essenciais para a história do rock mundial - "New York Dolls" (1973) e "Too Much Too Soon" (1974) - antes de se separar em 1977. Os membros sobreviventes reuniram-se novamente em 2004, porém perderam o baixista Arthur Kane para a leucemia no mesmo ano. Dois anos depois, Johansen e Sylvain se reuniram novamente para gravar o terceiro álbum do NEW YORK DOLLS, "One Day It Will Please Us To Remember This".

Segue o track listing de "'Cause I Sez So":

01. 'Cause I Sez So
02. Muddy Bones
03. Better Than
04. Lonely So Long
05. My World
06. Ridiculous
07. Temptation To Exist
08. Making Rain
09. Drowning
10. Nobody Got No Bizness
11. Trash
12. Exorcism Of Despair




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Punk Rock: os 25 melhores discos segundo o site IGNPunk Rock
Os 25 melhores discos segundo o site IGN

Discos: 5 clássicos do rock que não tiveram boas vendasDiscos
5 clássicos do rock que não tiveram boas vendas


Legião Urbana: a versão de Renato Rocha sobre a sua saídaLegião Urbana
A versão de Renato Rocha sobre a sua saída

Slash: Sweet Child é a coisa mais gay que alguém poderia comporSlash
"Sweet Child" é a coisa mais gay que alguém poderia compor


Sobre Diego Fadel

Diego Fadel, 31 anos, residente em Curitiba - PR, é administrador de empresas e um eterno apaixonado por música. Trabalhou como produtor musical de 1997-2004, acompanhando de perto a efervescente cena musical curitibana. Suas lembranças musicais datam de 1983, com a primeira passagem do Kiss pelo Brasil e a compra de seu primeiro LP (Kiss - Destroyer). Fã de todos os estilos musicais, mas suas maiores paixões são Aerosmith e The Grateful Dead.

Mais matérias de Diego Fadel no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin