Heaven & Hell: Bill Ward explica sua ausência da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Diego Camara, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Uma nova entrevista com Bill Ward, baterista do BLACK SABBATH, foi conduzida pela Rock Radio da Grã-Bretanha e está disponível para audição no site da rádio.

Rock Nation: rádio elege "melhor do Hard Rock dos 80s"

50 a menos: Cientistas descobrem que o Número da Besta é 616

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Conversando com o DJ Tom Russell, Ward revelou o motivo dele ter deixado o HEAVEN & HELL antes da banda gravar as três novas músicas para a compilação do BLACK SABBATH "The Dio Years".

Ward declarou: "Havia uma música em que fiquei desconfortável. Tentei acomodar os desejos de vários dos membros da banda, e eu não sou muito bom nisto - não sou este tipo de baterista. A maneira que os rapazes queriam que fosse as batidas, eu não era capaz de ver daquela maneira.

Durante todo o caminho por aquele projeto, todos tiveram uma mente aberta - nós não sabíamos se isso daria certo. Eu queria fazer a melhor música que eu podia, mas foi uma daquelas coisas musicais que eu não pude fazer.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Eu nunca falei publicamente sobre isto - na época foi dito que eu teria outros compromissos para cumprir. Não era o caso. Foi um desentendimento com a música, eu estava desconfortável com algumas coisas em torno do projeto, e foi isso, eu saí fora.

Penso que Vinny Appice foi uma escolha muito melhor - ele é habilitado a acomodar o tipo de coisas que estavam sendo feitas, e eu não. Eu reflito, Vinny toca bateria, há uma grande diferença".

Iommi concordou em grande parte com os sentimentos de Ward, embora de um ângulo diferente. Em uma entrevista com a Rock Radio, ele explicou: "A gravadora estava pedindo pelas músicas, e Bill queria mais tempo para fazê-las. Nós pensamos, provavelmente será melhor que não façamos elas com Bill - ele estava se sentindo desconfortável. Se sentiu ainda mais desconfortável quando nós falamos com ele sobre a possibilidade de excursionar por um ano - ele quase teve um ataque! Ele não faz isso há um bom tempo, então disse 'Eu não acho que ficarei bem excursionando por tanto tempo'".

Falando sobre o retorno de Appice, Iommi disse: "Vinny tocou mais álbuns com Ronnie do que Bill, que somente fez o 'Heaven and Hell', enquanto Vinny fez todas os trabalhos ao vivo".




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Rock Nation: rádio elege melhor do Hard Rock dos 80sRock Nation
Rádio elege "melhor do Hard Rock dos 80s"

50 a menos: Cientistas descobrem que o Número da Besta é 61650 a menos
Cientistas descobrem que o Número da Besta é 616


Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.

Mais informações sobre Diego Camara

Mais matérias de Diego Camara no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline