Megadeth: "que dia horrível", sobre a morte de Michael

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Emanuel Seagal, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 26/06/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Glen Drover, ex-guitarrista do MEGADETH escreveu à revista BW&BK com seus pensamentos a respeito da morte do rei do pop, Michael Jackson.

3424 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosGuns N' Roses: Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl Rose

"Que dia horrível foi ontem. Se não fosse suficiente ouvir que Farrah Fawcett perdeu sua batalha contra o câncer, parece que algumas horas após perdemos um grande talento, Michael Jackson.

Devo concordar com Jeff (Young) (ex-membro do Megadeth) sobre a mídia. Eu (assim como a maioria das pessoas no mundo) estava trocando de canais na TV ontem vendo a cobertura da mídia e vendo-os louvar Michael, logo após seu falecimento, essas pessoas fizeram ele soar como um molestador de crianças. Eu pessoalmente nunca acreditei e acho que foram apenas cuzões tentando extorquir dinheiro dele e claro, a mídia, que acredito que fez essa bagunça de sua vida com tudo isso. Eu acho que Michael foi demais. Apenas ouça álbuns como 'Off The Wall'.

Cara, eu lembro de ver um vídeo algum tempo atrás com Michael, e ele estava falando sobre como você sempre pode reconhecer um bom músico, comparando um músico com um dançarino, dizendo 'Um dançarino não deve contar os passos, mas sim sentir a música. Sinta a guitarra, bateria, etc. O mesmo se aplica a um músico. Não pense tanto quando tenta sentir a música, toque e cante o que deve tocar e cantar. Eu trabalhei com pessoas assim no passado, que pensam demais, e deveriam realmente tentar sentir a música que estão gravando ou apresentando. Sentir é a chave!'

Isso sempre permaneceu comigo e ele estava tão certo. Deus te abençoe, Michael Jackson".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

3080 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa519 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3525 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

Dave MustaineDave Mustaine
Os dez álbuns que mudaram a sua vida

Dave MustaineDave Mustaine
James Hetfield, eu, Malcolm Young e Rudolf Schenker somos os melhores

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Foto pagando mico em karaokê com Dave Mustaine

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Michael Jackson"

Guns N RosesGuns N' Roses
Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl Rose

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
No Rock In Rio, má impressão sobre o Brasil

SlipknotSlipknot
Banda trolla repórter da Multishow antes de show no RIR

5000 acessosMulheres: as bandas mais famosas em suas versões femininas5000 acessosManowar: A vida real e nada épica dos Reis do Metal?5000 acessosRockstars: as filhas mais lindas dos astros do rock4329 acessosIron Maiden: os álbuns da banda, do pior para o melhor4681 acessosMegadeth: "nosso sucesso é abençoado por Deus"5000 acessosMamonas Assassinas: Capa era homenagem aos seios de Mari Alexandre

Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com clássicos como Iron Maiden e Black Sabbath. Hoje em dia, entre outros gêneros musicais, e sem se limitar a rótulos, ouve principalmente doom, viking e folk metal. Sempre que possível está em busca de novas bandas que tenham algo a transmitir alem de clichês, e mesmo em meio a tantas novidades não dispensa pérolas como o bom e velho Candlemass. Acompanha o Whiplash! desde os primórdios, tendo iniciado sua vida de internauta no mesmo ano de criação do site (1996). Há algum tempo está envolvido com metal, seja trabalhando com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa, na tentativa de contribuir de alguma forma para o crescimento desse que é um dos segmentos mais apaixonantes da música, o metal.

Mais informações sobre Emanuel Seagal

Mais matérias de Emanuel Seagal no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online