Angra e Sepultura: guitarristas comentam estereótipo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Emanuel Seagal, Fonte: Kzuka
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 02/06/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Em entrevista para o Kzuka, Kiko Loureiro e Andreas Kisser, guitarristas do ANGRA e SEPULTURA, falaram sobre diversos temas, entre eles o estereótipo do metaleiro; confira alguns trechos:

942 acessosAngra: Rafael comenta nova fase, novo álbum e legado (vídeo)5000 acessosHeavy Metal: os vinte melhores álbuns da década de 80

Kzuka: E o estereótipo do metaleiro? Todo o cara que curte muito heavy metal é visto como meio revoltado. É só pra fazer tipo ou é o estilo mesmo?

Andreas: "Acho que esse estereótipo existe, mas é muito ultrapassado. Pô, o cara na escola que é heavy metal muitas vezes é taxado como revoltado, excluído. Só que se esse cara é assim, ele é por orgulho, sabe. As pessoas também têm uma visão agressiva do metal. Mas por exemplo, em shows do Iron Maiden, com 60 mil pessoas, nunca foi registrado nenhuma briga ou incidente. Nos nossos shows também não. Os caras vão pra curtir a música, zoar. É só comparar com o Carnaval... Vemos várias imagens negativas, tem cara que vai lá só pra brigar, que quase mata de pancada um outro nada a ver no meio da multidão. Acho que no fim, esse estereótipo do heavy metal se inventa por gente que teme em conhecer o desconhecido".

Kzuka: Como vocês eram no tempo de colégio?

Andreas: "Ah, eu posso dizer que era um pouco mais magro, com o cabelo mais curto, mais jovem... (risos). Não, mas eu ia bem no colégio sim, não posso dizer que era malandro nem CDF, mas tirava notas boas sim. Tudo normal. Só comecei a ir um pouco pior e a tirar notas menores quando comecei com essa de entrar pra música, tocar..."

Kiko: "Pô, eu ficava tocando guitarra, meu... No colégio, nossa, até uns 14 anos eu era da galera do fundão, daí depois eu comecei a me dedicar bastante a música, a guitarra, daí fiquei mais centrado, menos bagunceiro. A música me colocou no eixo".

Kzuka Kiko, como você definiria o metal melódico, o gênero onde a banda ficou conhecida no Brasil?

Kiko: "Não é... Cada um fala uma coisa na verdade. Mas gostamos de falar que na real fazemos o heavy metal tradicional. A coisa melódica veio de que bandas como Sepultura mesmo, outros estilos, que são trash metal, um pouco diferente de nós. Então, a nossa música tem mais melodias, daí fica heavy metal 'melódico'".

Leia o artigo completo no link abaixo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

AngraAngra
Rafael comenta nova fase, novo álbum e legado da banda (vídeo)

822 acessosAngra: Fabio Lione tem poderes! (making of do novo álbum)1922 acessosLione: "Nos últimos anos não vi novas bandas com ideias legais"597 acessosAngra: Fabio Lione queria ser Médico? Zoólogo?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Angra e DetonatorAngra e Detonator
"Sem nenhuma dúvida, esse cara comprou a mídia!"

Kiko LoureiroKiko Loureiro
O encontro com DJ Ashba na Polônia

MegadethMegadeth
Tocar com Kiko e Adler é como um grupo de 4 rockstars

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"0 acessosTodas as matérias sobre "Sepultura"

Heavy MetalHeavy Metal
Os vinte melhores álbuns da década de 80

ReligiãoReligião
Os rockstars que se converteram

Oops!Oops!
Dez erros eternizados em gravações

5000 acessosGaleria - Tatuagens em homenagem ao Kiss5000 acessosSlayer: Kerry King acha que Black Metal norueguês é uma merda5000 acessosFotos de Infância: Jon Bon Jovi4061 acessosGene Simmons: "Tenho inveja de Deus. Eu quero tudo!"4368 acessosBruce Dickinson: "Poucas vezes na vida podemos fazer parte de algo realmente grande"5000 acessosMarilyn Manson: eleito o artista mais assustador do mundo

Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com clássicos como Iron Maiden e Black Sabbath. Hoje em dia, entre outros gêneros musicais, e sem se limitar a rótulos, ouve principalmente doom, viking e folk metal. Sempre que possível está em busca de novas bandas que tenham algo a transmitir alem de clichês, e mesmo em meio a tantas novidades não dispensa pérolas como o bom e velho Candlemass. Acompanha o Whiplash! desde os primórdios, tendo iniciado sua vida de internauta no mesmo ano de criação do site (1996). Há algum tempo está envolvido com metal, seja trabalhando com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa, na tentativa de contribuir de alguma forma para o crescimento desse que é um dos segmentos mais apaixonantes da música, o metal.

Mais informações sobre Emanuel Seagal

Mais matérias de Emanuel Seagal no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online