Slayer: Tom Araya "mal pode esperar pelas reações"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Karina Detrigiachi, Fonte: Metal Sucks, Tradução
Enviar Correções  

Tom Araya, do SLAYER, recentemente concedeu uma entrevista na qual falou sobre o próximo álbum da banda, a atual turnê e outros assuntos. Abaixo podem ser conferidos alguns trechos da conversa:

Como está indo a turnê?

Araya: "Bem".

Como você ainda consegue encontrar ânimo para fazer isso depois de tanto tempo? Você alguma vez começou a se sentir como "Se eu tiver de tocar ‘Angel of Death’ mais uma vez eu acho que mato alguém?"

Araya: "[risos] Não. Eu adoro tocar essa música. É uma ótima música. Eu gosto de todas as músicas do SLAYER no geral. As que tocamos são as que queremos ouvir. As favoritas dos fãs são as minhas favoritas também. Muitas das favoritas fui eu que escrevi, então eu adoro tocar minhas músicas [risos]."

publicidade

Vocês estão apresentando alguma música nova durante esta turnê?

Araya: "Apenas uma, 'Psychopathy Red'. Temos tocado esta na Europa também".

E qual está sendo a reação dos fãs?

Araya: "Boa. Pois acho que será o que as pessoas estão aguardando especialmente com 'Psychopathy Red'" já que trata-se de uma música muito intensa. Tenho certeza que você já a ouviu na internet…"

publicidade

Sim.

Araya: "Ao vivo ela é um música muito intensa. É uma daquelas que te acerta como uma pancada na cabeça, sabe?"

Com a mistura de diferentes bandas nesta turnê, você sente que estão ganhando novos fãs ou você acha que é mais do tipo você liderando o coro, por assim dizer?

Araya: "Não. Acho que estamos firmando algo. Não sei o que [risos]. Pois trata-se de um público realmente forte. São jovens que fazem parte dessas novas e futuras bandas que possuem fãs que talvez não estejam familiarizados conosco. Talvez eles tenham somente escutado falar sobre nós. Então esta é a oportunidade deles nos verem e esperamos firmar novos fãs".

publicidade

Além do óbvio – com o Dave Lombardo voltando para a banda - você acha que tem alguma coisa que aconteceu ou mudou com estes dois últimos álbuns que contribuíram para esse renascimento do SLAYER que vocês estão enfrentando agora?

Araya: "Dave está de volta, então este é o elemento que faltava nos outros álbuns".

Certo.

Araya: "Estou falando sério. Essa é a única diferença, que Dave está de volta comandando as baquetas. Isso é SLAYER, nós quatro juntos. Então é o que você ouvirá. Parece SLAYER antigo pois o Dave esta de volta à banda, cara! [risos]".

publicidade

Neste album, há algo de diferente em particular?

Araya: "Não muito diferente. É apenas SLAYER. Eu só quero ver quais serão as reações, pois é SLAYER clássico. Eu não quero que você tenha a idéia errada, o que você vai ouvir é SLAYER. Mal posso esperar pelas reações. Acho que serão boas".

Para ler a entrevista completa (em inglês) acesse este link.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Iron Maiden: pastor evangélico tem 172 tatuagens da bandaIron Maiden
Pastor evangélico tem 172 tatuagens da banda

Ultimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rockUltimate Classic Rock
Os 100 maiores clássicos do rock


Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin