Axl Rose: "Reunir-me com os membros originais não é fácil!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Here Today Gone To Hell, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 04/12/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Axl Rose Se Pronuncia! Nova Entrevista para Jornal Coreano

5000 acessosChester Bennington: Slash comenta a morte do vocalista5000 acessosPhil Anselmo: mandou um "White Power" mas nega ser racista

Entrevistador: Seo Jeong Min do Hangyorae News

Linkado através do Here Today Gone To Hell (site não-oficial do GNR) a Axl via E-mail.

Publicado originalmente no link abaixo:

http://www.hani.co.kr/arti/culture/music/391143.html

No dia 13 de dezembro, o GUNS N' ROSES, que desfrutou de fama explosiva durante o fim dos anos 80 e o começo dos 90, irá fazer sua primeira apresentação ao vivo na Coreia no Parque Olímpico de Seul. A banda entrou em hiato de suas atividades normais depois do lançamento de seu terceiro disco, "Use Your Illusion", em 1991, mas em novembro do ano passado eles retornaram após 17 anos com um novo álbum entitulado "Chinese Democracy". O único antigo membro, entretanto, é Axl Rose, com os outros membros Slash, Duff McKaan, Matt Sorum, etc. ocupados trabalhando com outra banda, o VELVET REVOLVER. Nós entrevistamos o vocalista do GUNS N' ROSES, Axl Rose via e-mail..

Depois da banda ter sido formada 24 anos atrás, como é vir à Coreia pela primeira vez? Deve haver muitos fãs que querem ouvir suas canções antigas.

Axl: "Com o show se aproximando, nós temos recebido muitos comentários no MySpace e em nossa homepage dos fãs coreanos. Também há pedidos para nos certificarmos que toquemos canções em específico. Na verdade, nós planejamos cantar algumas canções que não foram incluídas nas performances ao vivo no começo da turnê. A Coréia é um país que nós sempre quisemos visitar, e agora estamos aqui. Mal podemos esperar para encontrar os fãs".

No novo disco, "Chinese Democracy", você criticou a rigidez ferrenha da China e a opressão de Falun Gong. A China opôs-se ferozmente ao disco e ele foi banido das vendas, então faz sentido que eles fosse excluídos de sua turnê asiática. Você previu esse tipo de oposição da China?

Axl: "Esse álbum não foi apenas sobre criticar um país enorme como a China; foi sobre criticar certas ações não – democráticas feitas pelo governo. Vários movimentos democráticos estão acontecendo na China. Esses movimentos estão começando a receber atenção e resultados estão sendo produzidos por causa de nossas canções. Claro que tínhamos previsto que seríamos excluídos da China. Nós também previmos que nem todo mundo poderia ouvir nossas canções, (risos). É uma pena que nós não possamos ser bem-sucedidos na China porque nós queriamos ir lá durante nossa turnê asiática".

Você gosta dos novos membros da banda?

Axl: Os membros que estão conosco nessa turnê são absolutamente os melhores. Especialmente o guitarrista, DJ Ashba, que tem acumulado muita experiência desde que ele abria pro Kiss e pro Ozzfest, turnê com Marilyn Manson, etc. Durante a turnê ele toca alternadamente com cerca de 10 guitarras diferentes durante a apresentação".

Há muitos fãs que esperam ver você reunido com os membros antigos. Você já quis tocar com Slash, Duff McKagan, Matt Sorum, Izzy Stradlin de novo?

Axl: "Reunir-me com os membros originais não é uma coisa fácil. Os membros antigos estão todos devotados a sua própria música, e eu os apóio de coração em suas empreitadas. Eu diria que o importante agora é apoiar os membros atuais e criar o melhor ambiente de modo que possamos continuar fazendo música. A única coisa rolando agora é o Guns N' Roses".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Chester BenningtonChester Bennington
Slash comenta a morte do vocalista

1800 acessosGuns N' Roses: os 30 anos de Appetite na capa da nova Kerrang!2682 acessosWagner Nascimento: Tocar como o Slash?? Muito fácil!!0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

EsquisiticesEsquisitices
Algumas exigências bizarras de astros para shows

Guns N RosesGuns N' Roses
Banda se separou por causa de Michael Jackson, diz empresário

NovelasNovelas
10 clássicos do Rock que a Globo ajudou a popularizar

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

Phil AnselmoPhil Anselmo
Mandou um "White Power" mas nega ser racista

20 Filmes Mais Punk20 Filmes Mais Punk
"Rock N Roll High School" em primeiro

Iron MaidenIron Maiden
As 20 melhores músicas da "Era de Ouro"

5000 acessosPhil Anselmo: mandou um "White Power" mas nega ser racista5000 acessos20 Filmes Mais Punk: "Rock N Roll High School" em primeiro5000 acessosIron Maiden: as 20 melhores músicas da "Era de Ouro"5000 acessosCopa do Mundo: Mojo elege as 15 canções mais incríveis do Brasil5000 acessosSlash: irmão diz que Axl é um bastardo gordo e reunião é besteira3593 acessosGuitarras: os 25 melhores riffs para iniciantes

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online