Michael Anthony: o momento mais marcante com o Van Halen

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathalie Delahousse, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos


O baixista Michael Anthony (ex-VAN HALEN), falou com Joe Matera do Ultimate-guitar.com em 2009 sobre vários assuntos. Seguem alguns trechos extraídos dessa conversa.

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosChester Bennington: a tocante carta que ele escreveu para Chris Cornell

Ultimate-guitar.com: Com todos os seus anos de VAN HALEN, qual você considera ter sido sua lembrança mais querida do seu tempo com a banda?

Anthony: "Provavelmente foi quando nós entramos no palco em Southern California no US festival in 1983. Haviam umas 300.000 ou 400.000 pessoas lá enquanto entrávamos naquele palco. Tipo fiquei de boca aberta. Para mim era como Woodstock vezes 10."

Ultimate-guitar.com: Pessoalmente meu álbum favorito do VAN HALEN de todos os tempos é o "Fair Warning".

Anthony: "Legal, Fair Warning é o meu álbum favorito da era Roth."

Ultimate-guitar.com: Eu realmente acho que aquele trabalho foi muito subestimado por todos estes anos. Olhando para trás agora, o que você se lembra sobre o processo de gravação do álbum?

Anthony: "Depois de ter feito alguns discos do Van Halen, nós estávamos obviamente nos sentindo muito mais confortáveis no estúdio. Eu creio que naquele ponto, enquanto músicos, nós estávamos nos tornando mais disciplinados e também estávamos tocando melhor do que nunca como uma unidade e como uma banda. Eu apenas lembro que tudo era bom naquela época.

Uma outra coisa boa sobre todo aquele material do início, é que nós nunca, ou muito raramente usamos overdubs, overdubs de guitarra. Nós sempre quisemos tocar ao vivo, como fazíamos no palco, porque era como terminaríamos tocando para as pessoas de uma forma ou de outra. Naquele ponto, nós estávamos também aprendendo um monte de coisas técnicas, toda a magia e tudo o mais, tudo o que você pode jogar nas coisas no estúdio, mas nós sempre quisemos manter aquele tipo de som cru, Eu acho que naquele ponto, nós estávamos provavelmente detonando enquanto banda".

O artigo completo (em inglês) está neste link.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Van Halen"Todas as matérias sobre "Chickenfoot"Todas as matérias sobre "Michael Anthony"


Sammy Hagar: os caras do Van Halen não pensam nos fãsSammy Hagar
"os caras do Van Halen não pensam nos fãs"

Van Halen: ouça o teste de Mitch Malloy para vocal em 1996Van Halen
Ouça o teste de Mitch Malloy para vocal em 1996


The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos

Chester Bennington: a tocante carta que ele escreveu para Chris CornellChester Bennington
A tocante carta que ele escreveu para Chris Cornell


Sobre Nathalie Delahousse

Nathalie Delahousse é Designer, Assistente de produção em shows e aficcionada pelo bom e velho Rock'n'roll e suas vertentes... Uma verdadeira Rocklady...

Mais matérias de Nathalie Delahousse no Whiplash.Net.

adGooILQ