Andre Matos: "Sempre procuro uma motivação para compor!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Karina Detrigiachi, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 02/02/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O vocalista ANDRE MATOS (ex-ANGRA/SHAMAN) concedeu uma entrevista ao site SpazioRock e abaixo podem ser conferidos alguns trechos da conversa.

1037 acessosAngra: Rafael comenta nova fase, novo álbum e legado (vídeo)5000 acessosIron Maiden: em 1985, show "secreto" com Adrian no vocal

Eu gostaria de começar falando sobre o ‘Mentalize’. Ele parece mais calculado do que o ‘Time To Be Free’ e um pouco mais difícil de digerir. Você quis criá-lo com a mesma atitude que o anterior, ou neste você se sentiu mentalmente mais livre?

Matos: “Bem, quando você começa a compor músicas para um novo álbum, você nunca sabe quais músicas surgirão. Sempre nesta situação, eu estava com os meus colegas de banda e costumávamos compor e escrever as músicas juntos... Então, nós tecnicamente decidimos por não nos preocuparmos muito com o que iria surgir. Nós temos essa filosofia de ‘faça apenas aquilo que você é capaz de fazer e o que sair que seja de uma forma espontânea’. Então, acho que este álbum é de alguma forma mais espontâneo e mais natural do que o primeiro. Não quero dizer que o primeiro não seguiu a mesma filosofia, mas talvez, devido ao fato de ter sido o primeiro lançamento da minha banda solo e carreira solo, é claro que você se preocupa com o resultado. Você quer fazer o seu melhor, você quer colocar todas as suas ideias ao mesmo tempo. Então, acho que de alguma forma o ‘Mentalize’ foi construído de forma mais simples, mas a atmosfera, a substância das canções e as idéias não são menos intensas. Tudo ainda está lá. Nós sempre acreditamos que deve haver algum tipo de desenvolvimento e aprimoramento de um álbum para o outro e, pelo menos, os álbuns são diferentes um do outro, mas ainda mantêm a mesma atitude."

Perfeito! Creio eu que agora você realmente se sente mais livre.

Matos: “Sim, sabe, o primeiro álbum foi intitulado como ‘Time To Be Free’ e aquela era realmente a procura da auto-expressão, da liberdade e libertação, e talvez isso tenha sido confirmado no segundo álbum. Eu acho que é um ponto positivo: podemos realmente falar para fora de nossas mentes, podemos realmente compor o que está em nossas almas e que virá sempre através da música e nós vamos atingir as pessoas com esta mensagem. Isso é liberdade na música, basicamente, não significa que não me importo com o que as pessoas pensam do seu trabalho, mas que você não faz algo somente para satisfazer o gosto de outra pessoa. É também tentar ousar e buscar novos elementos e idéias: isso sempre foi muito importante para mim. Em toda minha carreira, sempre tentei encontrar uma motivação para escrever canções, e não só porque eu tinha que liberar alguma coisa.”

Para ler a matéria completa (em inglês) acesse o link abaixo:

http://www.spaziorock.it/intervista.php?&id=159&eng=1

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

AngraAngra
Rafael comenta nova fase, novo álbum e legado da banda (vídeo)

849 acessosAngra: Fabio Lione tem poderes! (making of do novo álbum)1942 acessosLione: "Nos últimos anos não vi novas bandas com ideias legais"601 acessosAngra: Fabio Lione queria ser Médico? Zoólogo?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Álbuns ConceituaisÁlbuns Conceituais
Blog elege o top 10 do Metal

Andre MatosAndre Matos
Covers de Iron e Manowar com Dreadnox e Tribuzy em 95

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Ele tem medo da "maldição do terceiro show"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Andre Matos"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

Iron MaidenIron Maiden
Em 1985, show "secreto" com Adrian no vocal

Black SabbathBlack Sabbath
Os vocalistas misteriosos da banda

InfluênciasInfluências
Folk Metal e Música Celta

5000 acessosGaleria - Tatuagens em homenagem ao Iron Maiden (I)5000 acessosMustaine: por que ele perdeu seu emprego no Metallica?5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19823962 acessosOzzy Osbourne: ele chorava o dia todo após morte de Randy Rhoads5000 acessosMetallica: Trujillo teve que refinar técnica para tocar na banda5000 acessosBandas britânicas: As 10 melhores de acordo com o WatchMojo

Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online